Brasil deve liderar 5G na América Latina até 2025, diz relatório da GSMA

Estudo publicado pela GSM Association (GSMA) – entidade que representa os interesses das operadoras de redes móveis em todo o mundo – aponta que o Brasil deve liderar a adoção do 5G na América Latina até 2025.

O relatório aponta que até o ano em questão, o país terá 18% da base total de conexões focadas na quinta geração de internet móvel, o que será o maior percentual da região.

A pesquisa da GSMA também prevê que o 5G responderá por quase 10% do número de conexões da América Latina até 2025. O leilão dos espectros para o 5G no Brasil está previsto para ocorrer ainda no primeiro semestre de 2021, mais precisamente entre abril e maio. Enquanto nosso país deve liderar a adoção em cinco anos, o México aparecerá na vice-liderança, com 12% do total de conexões no padrão na região. Na terceira colocação virá o Chile, com 8%, seguido pela Argentina (7%) e Colômbia e Peru (ambos com 6%).

4G ainda será dominante

Mesmo com o 5G ganhando escala, o fato é que o 4G continuará sendo o padrão dominante na América Latina daqui cinco anos. Segundo o estudo da GSMA, a quarta geração de internet móvel saltará de 49% a 67% das conexões mobile na região. No Brasil, essa participação passará de 76% a 81%, com o 2G e o 3G praticamente desaparecendo.

O uso de smartphones em território brasileiro também ampliará o seu domínio. O relatório da GSMA aponta que participação deste tipo de aparelho saltará de 85% para 89% no país. Já na América Latina de forma geral, essa evolução será de 69% para 80%. O Brasil terá 175 milhões de smartphones até 2025, também liderando nesse quesito. O México, mais uma vez, vem na segunda colocação (92 milhões de aparelhos), seguindo pela Colômbia (54 milhões).

Pandemia impactou a indústria mobile

A GSMA afirma também que a pandemia de Covid-19 teve um impacto significativo nas finanças e no desempenho da indústria mobile em 2020. Segundo o estudo, as receitas diminuíram em vários mercados na América Latina, refletindo os descontos oferecidos pelas operadoras em serviços móveis para apoiar os consumidores durante o pandemia.

Outros fatores em jogo incluíram maior uso de conectividade de banda larga fixa durante o lockdown, uma
diminuição nas vendas de dispositivos, em parte devido ao fechamento de lojas, e uma redução nos gastos do consumidor com a desaceleração na atividade econômica, que levou à perda de empregos, principalmente no setor informal.

Mercados com alta proporção de clientes pré-pagos têm sido particularmente vulnerável a gastos reduzidos. Enquanto o crescimento da receita para a região como um todo deve permanecer com números positivos, a previsão é de que o mercado registre baixa de um dígito para o futuro, algo previsível, já que as economias continuarão a lutar com as consequências econômicas da pandemia.

Paradoxalmente, a Covid-19 pode aumentar a necessidade de políticas e reformas regulatórias para desbloquear o potencial do 5G na América Latina. Os principais recursos desse padrão, incluindo velocidades superiores e latência ultrabaixa, podem permitir soluções para empresas que buscam maneiras de impulsionar a produtividade pós-pandemia.

No setor de manufatura, por exemplo, a Covid-19 destacou vários desafios, como escassez de mão de obra em meio a viagens e restrições sociais, além da necessidade de maior visibilidade operacional, inclusive na cadeia de suprimentos. O 5G e redes privadas oferecem uma das muitas rotas para conectar operações aos processos nas fábricas.

Além da manufatura, há uma tendência crescente para a implantação de redes privadas em setores como mineração e serviços públicos. Em julho de 2020, a Nokia e a Telefónica Brasil negociaram com a mineradora Vale para fornecer uma rede LTE privada para a Mina de Carajás – a maior mina de minério de ferro do mundo, localizada na região norte do Brasil.

Enquanto isso, no Chile, o Departamento de Telecomunicações realizou uma consulta 5G para avaliar o interesse no potencial redes para empresas, visando a mineração, porto e os setores agrícola, industrial e de transporte.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …