Brasil tem o 2° maior número de jornalistas mortos de Covid e ONG suíça pede que vacina seja prioritária para imprensa

(dr) MTST

Mais de 600 jornalistas morreram de Covid-19 em todo mundo, sendo mais da metade deles na América Latina, com destaque para Peru e Brasil, que lideram a lista. O alerta foi dado esta semana pela organização suíça Press Emblem Campaign (PEC). A entidade pede a vacinação prioritária dos profissionais da imprensa.

De acordo com as estatísticas da organização com sede em Genebra, 602 jornalistas morreram de Covid-19 desde março de 2020. A América Latina reúne mais da metade das vítimas (303 mortes). Na sequência estão Ásia, com 145 mortes, à frente de Europa (94), América do Norte (32) e África (28).

O Peru é o país com o maior número de mortes (93), segundo sua Associação Nacional de Jornalistas. O Brasil ocupa o segundo lugar, com 55 vítimas, à frente de Índia (53), México (45), Equador (42) e Bangladesh (41). Nos Estados Unidos, país com maior número de vítimas, houve 31 óbitos por Covid-19 nos meios de comunicação, ainda de acordo com a ONG.

A Itália é o país europeu mais afetado, com 37 jornalistas mortos. Na França, cinco mortes por Covid-19 foram relatadas na categoria profissional, segundo o comunicado.

O número real de vítimas no mundo é certamente maior, segundo a PEC, porque, às vezes, não se especifica a causa da morte, ou o óbito não é anunciado. E, em alguns países, não há informação confiável a esse respeito.

Jornalistas na linha de frente

O ONG também afirma que não é possível diferenciar os jornalistas contaminados pelo coronavírus no exercício de seu trabalho e aqueles que se infectaram em suas vidas privadas. Porém, a PEC explica que “devido à sua profissão, os jornalistas que saem para informar estão particularmente expostos ao vírus.

Alguns deles, especialmente ‘freelancers’ e fotógrafos, não podem trabalhar apenas de casa“, disse o secretário-geral da entidade, Blaise Lempen, em um comunicado.

Por esse motivo, a organização pede que os jornalistas sejam tratados como trabalhadores da linha de frente e tenham prioridade na vacinação, se assim solicitarem.

A contagem da PEC se baseia em informações dos veículos de comunicação locais, de associações (ou federações) nacionais de jornalistas e dos correspondentes regionais da organização. A ONG faz um levantamento do número de jornalistas mortos no mundo a cada ano e, desde o início da pandemia, também registra aqueles mortos por Covid-19.

A pandemia deixou pelo menos 1.869.674 mortos no mundo desde que o escritório da Organização Mundial da Saúde (OMS) na China informou o aparecimento da doença, em dezembro de 2019, conforme balanço da AFP elaborado nesta quarta-feira (6), com base em fontes oficiais. Desde início do surto, mais de 86.395.630 pessoas contraíram a Covid-19. Deste total, pelo menos 53.992.400 se recuperaram, segundo as autoridades.

Estes números se baseiam nos relatórios comunicados diariamente pelas autoridades sanitárias de cada país e excluem as correções feitas “a posteriori” pelos diferentes organismos, como na Rússia, na Espanha, ou no Reino Unido.

Desde o começo da atual crise sanitária, o número de testes realizados aumentou consideravelmente, e as técnicas de rastreamento de contato melhoraram, o que levou a uma alta nas infecções declaradas. Ainda assim, o número de casos diagnosticados reflete apenas uma parte da totalidade de contágios.

Os casos menos graves, ou assintomáticos, continuam sem serem detectados.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …