Um milhão de processadores: cientistas criam o “cérebro” mais potente do mundo

Cientistas acabaram de ativar o maior e mais rápido “cérebro” do mundo: um supercomputador com 1 milhão de núcleos de processamentos e 1.200 placas de circuitos interconectadas que operam em conjunto, simulando o funcionamento de um cérebro humano.

O supercomputador, construído por uma equipe de engenheiros da Universidade de Manchester, no Reino Unido, levou mais de dez anos até ser concluído e é agora o maior computador neuromórfico do mundo, revelou a instituição este mês.

Apelidado de Spiking Neural Network Architecture, or SpiNNaker, o computador que agora mora na universidade britânica tem a capacidade de realizar 200 trilhões de operações lógicas por segundo graças aos circuitos interligados e distribuídos entre as mais de mil placas de circuito.

O SpiNNaker “repensa a forma como os computadores convencionais funcionam”, explicou Steve Furber, membro da equipe de pesquisa e professor de Engenharia na Universidade de Manchester, em comunicado.

Na verdade, o supercomputador não só pensa como um cérebro como também é capaz de criar modelos de neurônios de cérebros humanos, simulando ainda mais neurônio em tempo real do que qualquer outro computador já criado na Terra.

“Sua principal tarefa passa por apoiar modelos cerebrais parciais: por exemplo, modelos de córtex, de gânglios da base ou múltiplas regiões tipicamente conhecidas como redes de ativação ou disparo de neurônios”, pode-se ler na nota.

University of Manchester

SpiNNaker, o “cérebro” mais potente do mundo

SpiNNaker vs computadores convencionais

Ao contrário dos computadores convencionais, que comunicam enviando grandes quantidades de informação de um ponto A para um ponto B através de uma rede padrão, o SpiNNaker emula a arquitetura de comunicação cerebral baseada na emissão maciça de picos de sinais eletroquímicos paralelos.

Dessa forma, o sistema neuromórfico utiliza seus circuitos eletrônicos de larga escala para enviar milhares de milhões de pequenos fragmentos de informação de forma simultânea, e para para milhares de “receptores” diferentes, de forma bastante semelhante ao funcionamento do cérebro.

Segundo os responsáveis pelo projeto, que levou 20 anos de desenvolvimento teórico e 12 para construção, pretendem no futuro expandir a capacidade do sistema, conseguindo ativar um sistema de funcionamento de bilhões de neurônios em tempo real.

E indicam ainda, a título de comparação, que o cérebro de um rato tem 100 milhões de neurônios, enquanto que nos humanos esse número é mil vezes maior.

O supercomputador já foi testado com sucesso para simular o processamento da informação dos sentidos em um segmento do córtex cerebral, permitindo, em particular, que um robô fosse capaz de interpretar informações visuais em tempo real.

O robô foi capaz de se mover em direção a determinados objetos, ignorando e contornando outros – de forma semelhante aos seres humanos.

Igualmente, os especialistas conseguiram imitar o funcionamento dos gânglios da base – região do cérebro afetada pelo mal de Parkinson –, para que a simulação possa ajudar futuramente no desenvolvimento de tratamentos contra a doença. “Essencialmente, criamos uma máquina que trabalha de uma maneira mais parecida com o cérebro” do que um computador comum, “o que é fantástico!”, concluiu Furber.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Este tipo de pesquisa só traz descrédito a comunidade cientifica. Nao sabemos ainda como funciona o cérebro, mas a chamada da notícia nos faz crer que criamos uma criatura superior. Dê a ele meia dúzia de imagens de animais, e aposto que ele confundirá um babuino com um rato em algum momento…

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Experiências de quase-morte: luz no fim do túnel pode ter explicação

Pessoas que estiveram à beira da morte afirmam ter visto uma luz branca brilhante no fim de um túnel e encontrado familiares ou animais de estimação. Apesar do tom sobrenatural, a ciência consegue explicar o …

Setenta anos depois, teste de DNA reúne mãe e filha pela primeira vez

Genevieve achava que sua bebê recém-nascida tinha morrido no parto. Mas não: foi adotada por uma família da Califórnia que mentiu sobre suas origens. Agora, mãe e filha se conheceram graças a um teste de …

“Lobisomem da Sibéria”: maior assassino em série da Rússia era policial e matou 78 mulheres

Um ex-policial russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado nesta segunda-feira (10) na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história …

Pacto Global para Migração da ONU é aprovado por mais de 150 países

O Pacto Global para uma Migração Segura, Ordenada e Regular das Nações Unidas (ONU) foi aprovado nesta segunda-feira (10) por mais de 150 países presentes na conferência intergovernamental da organização na cidade marroquina de Marraquexe. A …

Brasileiro é eleito para Associação Internacional de Seguridade Social

O secretário de Previdência Social do Ministério da Fazenda, Marcelo Abi-Ramia Caetano, foi eleito para o cargo de secretário-geral da Associação Internacional de Seguridade Social (2019-2024). Ele será o primeiro brasileiro a ocupar a posição. Em …

Professora diz aos alunos que o Papai Noel não existe (e é demitida)

Uma professora substituta, em uma cidade norte-americana, já não vai voltar a ser chamada para dar aulas – além do Papai Noel, ela também “matou” o Coelhinho da Páscoa e a Fada do Dente. Por todo …

Maior quebra-cabeças do mundo é uma ilha congelada na Rússia

Localizado entre o Oceano Ártico e os mares gelados do norte da Sibéria, o aglomerado de rochas, conhecidas como as Ilhas da Nova Sibéria, é frio e remoto. As ilhas são uma tela quase desabitada coberta …

O melhor amigo do homem é a solução para a depressão

Há muito tempo se ouve pessoas dizerem, mas a Ciência acaba de comprovar: o cão é mesmo o melhor amigo do homem, sobretudo quando este sofre de depressão. De acordo com um novo estudo, realizado por …

O arroz “esconde” um perigo para o corpo humano

O arroz, grão amplamente utilizado por todo o mundo como parte essencial da dieta alimentar humana, pode acumular grandes quantidades de arsênico e outras toxinas, a maioria das quais entra no corpo durante a digestão. A …

Teste experimental detecta câncer em apenas 10 minutos

Cientistas australianos desenvolveram um novo teste capaz de detectar câncer em apenas 10 minutos, utilizando o DNA obtido através de uma amostra de sangue. A detecção precoce tem melhorado significativamente o prognóstico do câncer. Por esse …