Chegaram as estradas de plástico; e é uma boa notícia

(dr) MacRebur Plastic Roads Company

Estrada construída a partir de resíduos plásticos em Londres

Uma empresa escocesa desenvolveu um granulado feito a partir de plástico reciclado, que depois é utilizado no processo de asfaltamento. As “estradas de plástico” já são uma realidade no Reino Unido, Canadá e na Austrália.

As estradas de plástico são uma das formas de aproveitar os resíduos plásticos que diariamente desperdiçamos. Esses resíduos, associados a graves problemas de poluição nos oceanos, podem agora ser utilizados para fazer estradas a partir de milhões de garrafas ou sacos de plástico.

O engenheiro escocês Toby McCartney e seus dois sócios andaram durante muito tempo testando a ideia: em uma panela, derreteram vários plásticos, como garrafas, fraldas e sacos de compras. McCartney procurava a receita perfeita para as estradas ecológicas, segundo a CNN.

“Fizemos entre cinco e seis centenas de designs diferentes de polímeros – substância criada através da junção de várias unidades similares – até encontrarmos um que realmente funcionasse”, contou o escocês.

A receita final de plásticos misturados é depois adicionada ao asfalto comum, criando uma estrada mais forte e duradoura. “Queremos resolver dois problemas mundiais. Por um lado, a chamada epidemia do lixo e, por outro lado, a má qualidade das estradas”, explicou.

Os resíduos plásticos são transformados peletizados, ou seja, são transformados em pequenos grânulos e substituem 20% do óleo pegajoso utilizado para selar as estradas tradicionais. Cada tonelada de asfalto contém, aproximadamente, 20 mil garrafas plásticas ou 70 mil sacos de compras descartáveis. Segundo o engenheiro, seu aditivo plástico é mais econômico e funciona como uma “cola” mais forte.

McCartney afirma que suas estradas de plástico são 60% mais fortes do que as estradas tradicionais, e os testes conduzidos em laboratório projetam que as rodovias podem durar até três vezes mais. No entanto, só o tempo poderá dizer como as estradas de plástico resistem ao desgaste.

Atualmente, os negócios de McCartney, a MacRebur Plastic Roads Company, forneceram grânulos de plástico para estradas no Reino Unido, Canadá e Austrália.

Inspiração veio da Índia

McCartney encontrou, pela primeira vez, plásticos nas estrada quando realizou uma viagem ao sul da Índia. De acordo com o escocês, os resíduos eram colocados nos buracos das estradas e depois incendiados, de forma a fundir os plásticos nas crateras, resolvendo assim o problema dos buracos.

Na verdade, a Índia usa o plástico na construção de estradas desde o início do século, seguindo um processo desenvolvido por Rajagopalan Vasudevan, professor de química na Universidade de Engenharia de Thiagarajar, na cidade de Madurai.

O processo de Vasudevan consiste em espalhar fragmentos de plástico picado sobre pedras quentes, formando um revestimento fino, uma espécie de primer. Só depois é adicionado ao betume, fazendo uma forte ligação.

Até o momento, o método foi aplicado em cerca de 100 mil quilômetros de estrada na Índia. Em novembro de 2015, o Ministério dos Transportes Rodoviários tornou obrigatória a construção de estradas a partir de resíduos plásticos na maioria das áreas urbanas. No entanto, alguns estados ainda não começaram a seguir as diretrizes.

“Caso as regras sejam seguidas, as estradas de plástico permitirão que uma cidade, estado ou mesmo todo o país se transforme em um espaço com zero resíduos, mas ainda está longe de acontecer”, disse fonte governamental da Índia.

Tanto Patel quanto McCartney acreditam que os plásticos colocados nas estradas não voltarão a entrar nos rios e oceanos através das chuvas. “Se o plástico estiver completamente espremido entre a pedra e o betume, não há risco para o ambiente“, concluiu.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Potência agrícola da Europa, Itália enfrenta falta de mão de obra para manter cadeia produtiva de alimentos

“Existe o risco de escassez de alimentos no mercado mundial, devido a perturbações derivadas da COVID-19 no comércio internacional e nas cadeias de suprimentos” . Este foi o alarme lançado na quarta-feira (1) em …

"Gangue" de cabras selvagens toma conta das ruas de uma cidade britânica em quarentena

Um rebanho de cabras selvagens simplesmente tomou as ruas desertas de Llandudno, no País de Gales, enquanto seus residentes ficam dentro de casa para limitar a propagação do coronavírus. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, …

Floresta tropical de mais de 90 milhões de anos é descoberta na Antártica

Os restos do que outrora teria sido uma floresta tropical na Antártica foram descobertos em uma amostra de gelo obtida no continente congelado. A floresta, que existiu há 90 milhões anos, quando os dinossauros ainda habitavam …

Há uma mensagem codificada no rover Perseverance, que será enviado a Marte

Em breve, a missão Mars 2020 levará, no rover Perseverance, três chips com os nomes de 10.932.295 pessoas ao Planeta Vermelho. Uma foto da placa onde os chips estão anexados foi divulgada, mas o que …

Brasil ruma para "tempestade perfeita" em meio a pandemia

Abril teria sido um mês ocupado para os hospitais brasileiros, de qualquer modo: enquanto a população ainda enfrentas o vírus da dengue, a estação da gripe vai começar a se manifestar. Em 2020, porém, o …

Empresa japonesa testa nova molécula contra a Covid-19

O grupo japonês Fujifilm anunciou nesta quarta-feira (1) o início de testes clínicos de seu medicamento antigripal Avigan para avaliar sua eficácia contra o novo coronavírus. Até o final de junho, o produto vai ser …

Razão pela qual tubarões caçam em torno da Europa e EUA é revelada

Tubarões e grandes prestadores marinhos evitam caçar em águas quentes equatoriais e preferem viver mais ao norte e ao sul, em zonas que compreendem a Europa, os Estados Unidos e a África do Sul. Os tubarões …

Os distanciamentos do coronavírus mudaram a maneira como a Terra se move

As pessoas têm ficado em casa para diminuir a velocidade com a qual o novo coronavírus se espalha. Mas essa atitude pode significar que o planeta também está se movendo um pouco menos. Pesquisadores que estudam …

Facebook não quis investigar desinformação vinda de site norte-americano

“Facebook” e “transparência” são duas palavras que geralmente estão juntas em pautas mais espinhosas, e desta vez não é diferente: segundo uma reportagem veiculada pelo jornal norte-americano The New York Times, a rede social mais …

Maduro denuncia navio turístico 'pirata' português que afundou embarcação da Marinha venezuelana

O presidente venezuelano Nicolás Maduro denunciou o ataque e afundamento de um barco da Marinha da Venezuela por um navio turístico "pirata", a noroeste da ilha de La Tortuga. Na noite de segunda-feira (30), o navio …