Cientistas desenvolvem holograma com som e toque iguais aos de Star Wars

(dr) Lucas Films

Rogue One: Uma História Star Wars

Quando pensamos em desenvolver tecnologias baseadas nos filmes de Star Wars, a primeira, segunda e terceira coisa que passa pela cabeça dos fãs é a criação de sabres de luz da vida real.

Mas, para os cientistas, existe uma tecnologia bem mais interessante que é usada a todo momento nos filmes: a comunicação por hologramas multisensoriais, como aquele famoso da Princesa Leia enviando um pedido de ajuda a Ben Kenobi e que inicia toda a aventura de Luke Skywalker em Uma Nova Esperança.

E, aparentemente, essa tecnologia está cada vez mais próxima da realidade: cientistas da Universidade de Sussex (Inglaterra) desenvolveram uma espécie de tela em 3D que consegue projetar simultaneamente áudio, vídeo e até mesmo a sensação de toque, algo que poderá revolucionar toda a tecnologia de realidade virtual e até mesmo permitir a criação de hologramas igual aos que vemos em Star Wars.

O projeto foi iniciado por uma equipe de cientistas da Universidade de Navarra (Espanha), chefiada por Asier Marzo, que criou uma primeira técnica para tentar adicionar som às atuais reproduções em 3D. Esta técnica consiste na projeção de luz sobre uma pequena “bolinha” de plástico, que se move rapidamente em um espaço do tamanho de uma xícara de café. Essa “bolinha” é movimentada pelos cientistas através de ondas ultra-sônicas.

Assim como as ondas sonoras, essas ondas também comprimem e descomprimem o ar ao redor delas durante a transmissão, criando regiões de baixa e de alta pressão. Então, quando diversas ondas de ultra-som convergem para o mesmo ponto, elas criam uma espécie de “armadilha” de baixa pressão que “prende” a bolinha e a deixa suspensa no ar.

Assim, com o uso de diversos alto-falantes controlados por computador ao redor dessa “bolinha”, os cientistas conseguem fazer com que ela continue se movimentando a velocidades de 9m/s (cerca de 32 km/h).

Então, com o uso de diodos de luz vermelha, verde e azul, os especialistas emitem luminosidade nesse sistema, de modo que os únicos feixes de luz que são vistos pelo olho humano são aqueles que refletem na “bolinha”. E, como todo esse processo ocorre numa velocidade maior do que o olho humano consegue perceber, passa-se a impressão de que há uma imagem 3D em movimento.

Esse experimento foi publicado em agosto na Applied Physics Letters, e foi a base para o trabalho da equipe de Sriram Subramanian em Sussex. Ao invés dos 60 alto-falantes usados no experimento de Marzo, a equipe de Subramanian utilizou 512 falantes, agrupados em torno da “bolinha”, que tinha um espaço do tamanho de uma torradeira para se movimentar.

Esse sistema consegue fazer com que a bolinha se movimente dez vezes mais rápido do que no experimento original, o que tornava a taxa de atualização da imagem muito mais rápida, e permite a transmissão de imagens mais complexas em movimento, como uma transmissão do movimento de rotação da Terra ou de borboletas voando.

Além disso, os cientistas também modificaram o tipo de ultrassom usado para manter a “bolinha” em movimento, permitindo que os falantes emitissem também frequências sonoras que poderiam ser reconhecidas pelo ouvido humano.

Eles também usaram uma ideia parecida para dar a sensação de toque para o holograma: quando um sensor infravermelho detecta que há uma mão se aproximando da imagem, ele envia um sinal para que várias ondas sonoras convirjam naquele exato local, criando uma maior pressão no ar que pode ser sentida na pele humana, dando assim a sensação de toque para a transmissão.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A China diz ter identificado uma nova doença muito mais mortal do que o Covid-19

A embaixada da China no Cazaquistão alertou sobre uma nova pneumonia desconhecida que seria ainda mais mortífera do que o coronavírus (Sars-CoV-2) causador Covid-19, de acordo com o South China Morning Post (SCMP). “A taxa de …

The Sims ganhará reality show para premiar jogadores em US$ 100 mil

A longeva franquia The Sims, onde gamers gerenciam todos os aspectos da vida de avatares virtuais, vai ganhar um reality show. Veiculado pela emissora norte-americana CBS, a atração se chamará “Spark’d” e deve ir ao ar …

Nudes de 100 anos encontrados dentro de parede são avaliados em milhares de dólares

O senso comum sugere que as gerações passadas eram mais conservadoras que as atuais, especialmente no que diz respeito à sexualidade. Basta escavarmos um pouco a memória – ou as paredes de nossas casas – para …

Presidente interina da Bolívia testa positivo para covid-19

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, revelou nesta quinta-feira (09/07) que foi infectada pelo novo coronavírus e que iniciará um período de quarentena. "Junto com toda a minha equipe, temos trabalhado pelas famílias bolivianas durante …

Após Bolsonaro tirar máscara em entrevista, ABI entra com ação contra presidente no STF

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) apresentou nesta quinta-feira (9) uma queixa criminal ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro, depois que ele tirou a máscara em uma entrevista em que anunciou …

A quantidade de nitrogênio emitida pela pecuária já ultrapassou os limites seguros

A quantidade de nitrogênio emitida pela criação de animais para abate é superior ao que o planeta pode aguentar. Cientistas alertam que é necessário diminuir o consumo de carne e laticínios. As principais fontes de nitrogênio …

França vai adotar teste de saliva nos aeroportos para evitar 2ª onda de Covid-19

O governo francês anunciou nesta sexta-feira (10) a implementação de testes a base de saliva em seus aeroportos. A medida, que tem como objetivo evitar uma segunda onda de contaminação pelo coronavírus, visa principalmente os …

De 4.200 anos? Arqueólogos desvendam em Israel 'emoji' mais antigo do mundo

Arqueólogos israelenses encontraram evidências de arte rupestre sem precedentes em dólmens de 4.200 anos. O novo projeto de pesquisa faz parte de um estudo de dólmens (monumentos megalíticos tumulares construídos por humanos) na Alta Galileia e …

Governo remarca Enem para janeiro e fevereiro de 2021

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (08/07) as novas datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, adiado em razão da epidemia de covid-19. As provas em papel serão aplicadas em 17 …

Steve Jobs dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus e, consequentemente o isolamento social, muitas pessoas conseguem continuar trabalhando normalmente de forma remota. Mesmo dentro de casa, felizmente, algumas empresas conseguem manter o contato com seus funcionários …