Cientistas ressuscitam vírus da varíola com DNA comprado pelo correio

npmeijer / Flickr

Bactérias Staphylococcus aureus numa placa de Petri

Bactérias Staphylococcus aureus numa placa de Petri

Uma equipe de cientistas da Universidade de Alberta, no Canadá, conseguiu usar técnicas de manipulação genética para recriar um vírus que estava extinto. E, de forma notável, a proeza foi realizada com amostras de DNA que podem ser compradas pelo correio.

Os cientistas canadenses resgatou da extinção o “horsepox”, um vírus que causa uma versão da varíola que infecta cavalos e gado, e que tinha sido dado como erradicado na década de 1980.

Erradicar a varíola, uma das mais mortíferas enfermidades da História, com 30% de mortalidade, levou décadas e custou milhares de milhões de dólares. Mas trazê-la de volta não foi difícil, nem particularmente caro. Segundo a Science Mag, as amostras de DNA usadas para o fazer foram recebidas pelo correio e custaram cerca de 100 mil dólares.

Segundo David Evans, autor principal do estudo, financiado pela farmacêutica Tonix, a pesquisa teve como objetivo criar um vírus modificado que ataque especificamente tumores, permitindo um novo tipo de terapia contra o câncer.

Para conseguir “reverter a extinção” do vírus, os cientistas misturaram diversos fragmentos de DNA com o genoma do vírus e inseriram a mistura resultante em uma célula que se transformou em um tipo de “fábrica” do vírus extinto e começou a criar cópias do DNA desenvolvido pelos cientistas.

No entanto, o estudo de Evans também tem consequências preocupantes porque mostra que é possível recriar um vírus extremamente perigoso usando recursos que podem ser adquiridos de maneira relativamente fácil e barata.

A situação levou duas revistas científicas a rejeitar a publicação do artigo de Evans, com receio de que pessoas mal-intencionadas usem o conhecimento divulgado para recriar um vírus perigoso e usá-lo para fins criminosos ou terroristas.

O cientista reconhece que isso é possível, mas não considera que a publicação do seu trabalho aumente as probabilidades de isso acontecer. “Será que aumentei o risco de alguém o fazer ao mostrar como é possível recriar o vírus? Não sei. Talvez sim. Mas a verdade é que o risco sempre existiu“, conclui.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A China diz ter identificado uma nova doença muito mais mortal do que o Covid-19

A embaixada da China no Cazaquistão alertou sobre uma nova pneumonia desconhecida que seria ainda mais mortífera do que o coronavírus (Sars-CoV-2) causador Covid-19, de acordo com o South China Morning Post (SCMP). “A taxa de …

The Sims ganhará reality show para premiar jogadores em US$ 100 mil

A longeva franquia The Sims, onde gamers gerenciam todos os aspectos da vida de avatares virtuais, vai ganhar um reality show. Veiculado pela emissora norte-americana CBS, a atração se chamará “Spark’d” e deve ir ao ar …

Nudes de 100 anos encontrados dentro de parede são avaliados em milhares de dólares

O senso comum sugere que as gerações passadas eram mais conservadoras que as atuais, especialmente no que diz respeito à sexualidade. Basta escavarmos um pouco a memória – ou as paredes de nossas casas – para …

Presidente interina da Bolívia testa positivo para covid-19

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, revelou nesta quinta-feira (09/07) que foi infectada pelo novo coronavírus e que iniciará um período de quarentena. "Junto com toda a minha equipe, temos trabalhado pelas famílias bolivianas durante …

Após Bolsonaro tirar máscara em entrevista, ABI entra com ação contra presidente no STF

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) apresentou nesta quinta-feira (9) uma queixa criminal ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro, depois que ele tirou a máscara em uma entrevista em que anunciou …

A quantidade de nitrogênio emitida pela pecuária já ultrapassou os limites seguros

A quantidade de nitrogênio emitida pela criação de animais para abate é superior ao que o planeta pode aguentar. Cientistas alertam que é necessário diminuir o consumo de carne e laticínios. As principais fontes de nitrogênio …

França vai adotar teste de saliva nos aeroportos para evitar 2ª onda de Covid-19

O governo francês anunciou nesta sexta-feira (10) a implementação de testes a base de saliva em seus aeroportos. A medida, que tem como objetivo evitar uma segunda onda de contaminação pelo coronavírus, visa principalmente os …

De 4.200 anos? Arqueólogos desvendam em Israel 'emoji' mais antigo do mundo

Arqueólogos israelenses encontraram evidências de arte rupestre sem precedentes em dólmens de 4.200 anos. O novo projeto de pesquisa faz parte de um estudo de dólmens (monumentos megalíticos tumulares construídos por humanos) na Alta Galileia e …

Governo remarca Enem para janeiro e fevereiro de 2021

O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira (08/07) as novas datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, adiado em razão da epidemia de covid-19. As provas em papel serão aplicadas em 17 …

Steve Jobs dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus e, consequentemente o isolamento social, muitas pessoas conseguem continuar trabalhando normalmente de forma remota. Mesmo dentro de casa, felizmente, algumas empresas conseguem manter o contato com seus funcionários …