Cloroquina e patinetes? Pesquisadores enviam estudo falso e desmascaram revista ‘científica’

Um grupo de pesquisadores franceses resolveu testar os critérios de revisão da revista Asian Journal of Medicine and Health ao enviar um artigo sobre a eficiência da hidroxicloroquina na diminuição de acidentes de patinete.

Publicado no veículo no último dia 15 de agosto, poucas semanas após a OMS suspender todos os testes com a substância no combate ao coronavírus, o estudo cumpriu a missão de desmascarar periódicos acadêmicos com pouco ou nenhum rigor científico.

Com trechos que lembram a famosa receita de miojo presente no desenvolvimento de uma redação do ENEM de 2013, o artigo “Sars-Cov-2 was Unexpectedly Deadlier than Push-scooters: Could Hydroxychloroquine be the Unique Solution?” (“Sars-Cov-2 foi inesperadamente mais letal que patinetes: poderia a hidroxicloroquina ser a única solução?”, em tradução livre) inclui referências e conclusões absurdas e até rizíveis.

Como ressaltou o site “Olhar Digital“, a publicação incluiu, por exemplo, uma citação quase idêntica à uma do filme “Batman: O Cavaleiro das Trevas” (2008). “A hidroxicloroquina é a heroína que o mundo merece, mas não a que ele precisa neste momento. Então os detratores vão caçá-la. Porque a hidroxicloroquina pode aguentar. Porque não é nossa heroína. É nossa guardiã silenciosa, nossa protetora vigilante. Uma cavaleira das trevas”, escreveram os autores.

Escolhida por ter aceito o artigo da endocrinologista e ginecologista Violaine Guérin — quem escreveu um estudo falho (e amplamente negado por respeitados periódicos científicos) para exaltar a hidroxicloroquina no tratamento da COVID-19 —, a Asian Journal of Medicine and Health deixou passar falhas gravíssimas de metodologia no artigo dos patinetes.

Segundo a “Rádio França Internacional“, a revista é conhecida no meio por publicar estudos mediante pagamento, sem priorizar revisões sérias, feitas a partir de critérios científicos.

Indignados com o alcance da publicação do artigo falacioso de Guérin, um grupo de jovens pesquisadores resolveu se unir para escrever um novo estudo irônico e, assim, testar a revista. Com o intuito de tornar o artigo o mais caricato possível, os cientistas espalharam pistas da falsidade das informações durante todo o texto.

Além da relação ridícula entre o uso da hidroxicloroquina e da azitromicina com a redução de acidentes de patinete em Marselha — cidade francesa escolhida pelo grupo por ser a moradia do professor Didier Raoult, cientista que iniciou o movimento a favor da hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus —, os jovens deram créditos a um suposto autor chamado Manis Javanica, que, na verdade corresponde ao nome científico do pangolim, animal que teria iniciado o ciclo de contágio do vírus.

Ainda entre os autores, consta Nemo Macron, que é o nome do animal de estimação do presidente da França, Emmanuel Macron, de 42 anos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Guerra Fria 2.0 entre EUA e China será uma batalha tecnológica, dizem especialistas

A batalha mundial pelo domínio da alta tecnologia está cada vez mais centrada em EUA e China. Com confronto aberto no caso da Huawei, especialistas do clube Valdai alertam para uma longa guerra fria tecnológica …

Combate à corrupção reduz mortalidade infantil, aponta estudo

Auditorias anticorrupção realizadas em municípios brasileiros entre 2003 e 2015 reduziram a mortalidade infantil. Esta é a principal conclusão de um estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que relacionou o …

2.300 maneiras de prevenir o Covid-19 foram mapeadas por universidade brasileira

Está disponível online a Plataforma das Universidades contra COVID-19 organizada pelo Projeto Ciência Popular e desenvolvida em parceria com a Empresa Júnior de Sistemas de Informação da EACH/USP (Síntese Jr.). Em setembro havia sido publicado o …

Debate nos EUA: Trump não disse nada de novo para reverter vantagem de Biden, diz historiador

O segundo e último debate entre o presidente americano, Donald Trump, e seu rival democrata Joe Biden, nesta quinta-feira (22), em Nashville, foi mais civilizado do que a primeira confrontação entre os dois candidatos …

Mais humanos estão evoluindo para ter três artérias nos braços; entenda porquê

Não se engane ao achar que o corpo humano não está em constante evolução. Pesquisadores australianos descobriram recentemente que o nosso organismo parece estar, aos poucos, desenvolvendo uma nova artéria no braço: a artéria mediana. Esse …

Tesla supera expectativas e apresenta quinto trimestre consecutivo de lucros

A Tesla divulgou nesta quarta-feira (21) seus resultados financeiros relativos ao terceiro trimestre de 2020. E as notícias foram boas: além de apresentar lucros pelo quinto trimestre consecutivo, a montadora elétrica apresentou os três meses …

Bitcoin alcança valor máximo anual após anúncio do PayPal

Nesta quarta-feira (21), o PayPal anunciou que vai lançar um sistema que permite efetuar compras e vendas em moedas digitais. Nesta quarta-feira (21), o bitcoin alcançou seu valor máximo neste ano, acima de US$ 13.200 (R$ …

Papa Francisco defende união civil homossexual

Pela primeira vez desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, pontífice se manifesta a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo. "Gays têm direito a ter família, são filhos de Deus", diz …

Obama faz campanha para Biden e tenta ganhar votos republicanos com evento drive-in na Pensilvânia

Em seu primeiro evento presencial do ano, o ex-presidente Barack Obama vai participar de uma campanha drive-in na noite desta quarta-feira (21) na Pensilvânia. A expectativa é que Obama conquiste eleitores negros no sul …

Cientistas acabam de descobrir um órgão misterioso escondido no centro da cabeça humana

Cientistas fizeram uma descoberta anatômica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana que de alguma forma passaram despercebidas até agora. Essa “entidade misteriosa” foi identificada acidentalmente …