Cloroquina e patinetes? Pesquisadores enviam estudo falso e desmascaram revista ‘científica’

Um grupo de pesquisadores franceses resolveu testar os critérios de revisão da revista Asian Journal of Medicine and Health ao enviar um artigo sobre a eficiência da hidroxicloroquina na diminuição de acidentes de patinete.

Publicado no veículo no último dia 15 de agosto, poucas semanas após a OMS suspender todos os testes com a substância no combate ao coronavírus, o estudo cumpriu a missão de desmascarar periódicos acadêmicos com pouco ou nenhum rigor científico.

Com trechos que lembram a famosa receita de miojo presente no desenvolvimento de uma redação do ENEM de 2013, o artigo “Sars-Cov-2 was Unexpectedly Deadlier than Push-scooters: Could Hydroxychloroquine be the Unique Solution?” (“Sars-Cov-2 foi inesperadamente mais letal que patinetes: poderia a hidroxicloroquina ser a única solução?”, em tradução livre) inclui referências e conclusões absurdas e até rizíveis.

Como ressaltou o site “Olhar Digital“, a publicação incluiu, por exemplo, uma citação quase idêntica à uma do filme “Batman: O Cavaleiro das Trevas” (2008). “A hidroxicloroquina é a heroína que o mundo merece, mas não a que ele precisa neste momento. Então os detratores vão caçá-la. Porque a hidroxicloroquina pode aguentar. Porque não é nossa heroína. É nossa guardiã silenciosa, nossa protetora vigilante. Uma cavaleira das trevas”, escreveram os autores.

Escolhida por ter aceito o artigo da endocrinologista e ginecologista Violaine Guérin — quem escreveu um estudo falho (e amplamente negado por respeitados periódicos científicos) para exaltar a hidroxicloroquina no tratamento da COVID-19 —, a Asian Journal of Medicine and Health deixou passar falhas gravíssimas de metodologia no artigo dos patinetes.

Segundo a “Rádio França Internacional“, a revista é conhecida no meio por publicar estudos mediante pagamento, sem priorizar revisões sérias, feitas a partir de critérios científicos.

Indignados com o alcance da publicação do artigo falacioso de Guérin, um grupo de jovens pesquisadores resolveu se unir para escrever um novo estudo irônico e, assim, testar a revista. Com o intuito de tornar o artigo o mais caricato possível, os cientistas espalharam pistas da falsidade das informações durante todo o texto.

Além da relação ridícula entre o uso da hidroxicloroquina e da azitromicina com a redução de acidentes de patinete em Marselha — cidade francesa escolhida pelo grupo por ser a moradia do professor Didier Raoult, cientista que iniciou o movimento a favor da hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus —, os jovens deram créditos a um suposto autor chamado Manis Javanica, que, na verdade corresponde ao nome científico do pangolim, animal que teria iniciado o ciclo de contágio do vírus.

Ainda entre os autores, consta Nemo Macron, que é o nome do animal de estimação do presidente da França, Emmanuel Macron, de 42 anos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Emaranhamento quântico é transmitido a drones separados por 1 km de distância

Fótons emaranhados foram transmitidos entre dois drones pairando a um quilômetro de distância um do outro, demonstrando tecnologia que poderia ser a base de uma internet quântica. Quando dois fótons são emaranhados quanticamente, você pode deduzir …

Joe Biden empossado 46.º Presidente dos EUA

Joe Biden tomou posse, esta quarta-feira, como Presidente dos Estados Unidos, e Kamala Harris foi empossada a primeira vice-presidente norte-americana. No seu discurso, Biden disse que "este é o dia da América, da democracia …

Covid-19: Brasil deve enfrentar pior fase da pandemia nas próximas semanas

Nos últimos dias, a pandemia no Brasil foi marcada por imagens de dor e de esperança. De um lado, a falta de oxigênio em Manaus mostrou a tragédia causada pela falta de coordenação contra a …

Após meses, Jack Ma reaparece publicamente via vídeo em evento no interior da China

Sem aparecer publicamente desde o fim de outubro de 2020, Jack Ma faz sua primeira aparição em evento de bem-estar social para professores em área rural da China. O bilionário cofundador do grupo Alibaba, gigante do …

Donald Trump perdoa Steve Bannon e outros aliados

Nas suas últimas horas no cargo, o presidente dos EUA concede perdão a vários aliados e também políticos condenados por corrupção. Entre os perdoados está seu ex-estrategista-chefe. O presidente dos EUA, Donald Trump, usou suas últimas …

Máscara com nariz de fora rende eliminação de exame e prisão de candidato

Um homem de 49 anos foi preso no Japão após se recusar a utilizar corretamente uma máscara facial durante um exame de admissão para faculdade. Ele foi desqualificado da prova e acabou tomando as notícias …

Esconderijo moedas de ouro medievais são descobertas em uma fazenda na Hungria

No século XVI, um ataque do Império Otomano pode ter levado húngaros em pânico a enterrar um estoque de valiosas moedas de prata e ouro. Agora, arqueólogos descobriram este tesouro enterrado em uma fazenda moderna …

Vacina covid-19. As respostas para as 10 perguntas mais procuradas sobre vacinação nas últimas 24 horas

A aprovação da CoronaVac (Sinovac/Instituto Butantan) e da CoviShield (FioCruz/Universidade de Oxford/AstraZeneca) representou um enorme avanço para conter a pandemia de covid-19, que já vitimou quase 210 mil brasileiros. Essas duas vacinas são as primeiras …

Satélites Starlink agora são invisíveis a olho nu, mas não para telescópios

Quando a SpaceX lançou as primeiras 60 unidades da rede Starlink em maio de 2019, a comunidade científica expressou preocupações, prevendo que as observações astronômicas seriam afetadas pelo brilho das unidades que compõe a constelação …

Sites de Apostas Legalizados no Brasil: fique atento

Com o crescimento dos sites de apostas esportivas, é preciso ficar atento a quais deles atuam de maneira legal no mercado e quais estão trabalhando ilegalmente. Infelizmente, os novatos no mundo das apostas podem acabar tendo …