Com atos pelo Brasil, Grito dos Excluídos protestam contra reformas, privatizações e Temer

Valter Campanato / ABr

Neste feriado de 7 de setembro, movimentos populares e setores da igreja católica organizaram o tradicional Grito dos Excluídos em várias cidades pelo país. Na 23ª edição do ato, os manifestantes foram às ruas sob o lema: “Por direitos e democracia, a luta é todo dia”.

Em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Pernambuco, milhares de pessoas denunciaram o desemprego, a exclusão social e o ataque aos direitos trabalhistas e previdenciários promovidos pelo governo de Michel Temer.

Na capital paulista, cerca de 15 mil manifestantes caminharam da Praça Oswaldo Cruz, na Avenida Paulista, até o Monumento das Bandeiras, no Ibirapuera.

Segundo Raimundo Bonfim, coordenador da Central de Movimentos Populares (CMP), essa edição do Grito dos Excluídos foi marcada pela luta contra os retrocessos, entre eles o aumento da pobreza e da fome.

“Os estudos apontam que o Brasil já voltou para o mapa da fome, neste momento tem 14 milhões de desempregados. Nesse sentido, é com tristeza que nós estamos realizando este Grito dos Excluídos. Mas, ao mesmo tempo com esperança, porque nós estamos organizando os movimentos populares, fazendo um trabalho de base para que a gente possa fazer essa denúncia, desse ajuste fiscal, desse ataque aos direitos e ataque em todos os âmbitos”, afirmou Bonfim.

No Rio de Janeiro, o ato foi realizado no centro, após o desfile da parada militar. Além das pautas da conjuntura nacional, o Grito dos Excluídos denunciou a crise econômica e financeira do Estado, como afirma Tobias Farias, um dos coordenadores da manifestação:

“O Rio de Janeiro é marcado por um processo terrível de exclusão. A gente entende que é um laboratório da maldade que acontece, foi assim com a Copa, foi assim com as Olimpíadas, esse laboratório de maldade tinha Sérgio Cabral como mentor, hoje tem o Pezão que quer privatizar a nossa universidade estadual”, declarou.

Já em Brasília, os manifestantes se concentraram próximo a Esplanada dos Ministérios, enquanto Temer participava do desfile oficial do 7 de setembro junto a militares. Para Sueli Belato, da Comissão de Justiça e Paz, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o corte nos direitos dos trabalhadores do governo não tem precedentes.

“Nós não elegemos nenhum deputado, nenhum senador, nenhum presidente para fazer as reformas que estão sendo feitas e que prejudicam a classe trabalhadora, dentro de direitos que são seculares”, destaca Belato.

Cidades como Belém, Curitiba, Porto Alegre e Pernambuco também organizaram atos para denunciar atos do governo Temer.

Ciberia // Brasil de Fato

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Astrônomos continuam encontrando inexplicáveis anéis circulares misteriosos no céu

Nos últimos anos, astrônomos avistaram vários objetos de rádio gigantescos e quase perfeitamente circulares no universo distante. Embora ninguém tenha uma explicação para essas entidades misteriosas ainda, uma equipe adicionou recentemente outra ao seu catálogo, …

Conflito tem seu dia mais sangrento em Gaza

Bombardeios israelenses deixam pelo menos 42 palestinos mortos e elevam total de vítimas a 188. Netanyahu diz que ataques continuarão. Sem um cessar-fogo à vista, o atual conflito entre Israel e Hamas teve neste domingo (16/05) …

Apple é acusada de enganar usuários através de aplicativos fraudulentos na App Store

A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store. Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos …

Chile escolhe representantes para elaborar nova Constituição

O domingo foi o último dia de votação no Chile para a escolha dos redatores da nova Constituição do país. Os 155 representantes eleitos terão a tarefa de mudar o texto herdado da ditadura. …

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …

RJ comunica 1º caso de raiva em cachorro em quase três décadas

Pela primeira vez desde 1995, o Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) do Rio de Janeiro diagnosticou um caso de raiva animal. A descoberta parte do resultado de perícia no corpo de um cão morto …

O que dizem cientistas sobre isenção de máscaras para vacinados nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (13/05) o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção na maioria das situações para pessoas que já foram completamente vacinadas contra a covid-19. Segundo a nova orientação do …