Com atos pelo Brasil, Grito dos Excluídos protestam contra reformas, privatizações e Temer

Valter Campanato / ABr

Neste feriado de 7 de setembro, movimentos populares e setores da igreja católica organizaram o tradicional Grito dos Excluídos em várias cidades pelo país. Na 23ª edição do ato, os manifestantes foram às ruas sob o lema: “Por direitos e democracia, a luta é todo dia”.

Em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Pernambuco, milhares de pessoas denunciaram o desemprego, a exclusão social e o ataque aos direitos trabalhistas e previdenciários promovidos pelo governo de Michel Temer.

Na capital paulista, cerca de 15 mil manifestantes caminharam da Praça Oswaldo Cruz, na Avenida Paulista, até o Monumento das Bandeiras, no Ibirapuera.

Segundo Raimundo Bonfim, coordenador da Central de Movimentos Populares (CMP), essa edição do Grito dos Excluídos foi marcada pela luta contra os retrocessos, entre eles o aumento da pobreza e da fome.

“Os estudos apontam que o Brasil já voltou para o mapa da fome, neste momento tem 14 milhões de desempregados. Nesse sentido, é com tristeza que nós estamos realizando este Grito dos Excluídos. Mas, ao mesmo tempo com esperança, porque nós estamos organizando os movimentos populares, fazendo um trabalho de base para que a gente possa fazer essa denúncia, desse ajuste fiscal, desse ataque aos direitos e ataque em todos os âmbitos”, afirmou Bonfim.

No Rio de Janeiro, o ato foi realizado no centro, após o desfile da parada militar. Além das pautas da conjuntura nacional, o Grito dos Excluídos denunciou a crise econômica e financeira do Estado, como afirma Tobias Farias, um dos coordenadores da manifestação:

“O Rio de Janeiro é marcado por um processo terrível de exclusão. A gente entende que é um laboratório da maldade que acontece, foi assim com a Copa, foi assim com as Olimpíadas, esse laboratório de maldade tinha Sérgio Cabral como mentor, hoje tem o Pezão que quer privatizar a nossa universidade estadual”, declarou.

Já em Brasília, os manifestantes se concentraram próximo a Esplanada dos Ministérios, enquanto Temer participava do desfile oficial do 7 de setembro junto a militares. Para Sueli Belato, da Comissão de Justiça e Paz, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o corte nos direitos dos trabalhadores do governo não tem precedentes.

“Nós não elegemos nenhum deputado, nenhum senador, nenhum presidente para fazer as reformas que estão sendo feitas e que prejudicam a classe trabalhadora, dentro de direitos que são seculares”, destaca Belato.

Cidades como Belém, Curitiba, Porto Alegre e Pernambuco também organizaram atos para denunciar atos do governo Temer.

Ciberia // Brasil de Fato

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sangue humano é encontrado em máscara funerária de civilização antiga do Peru

Um grupo de pesquisadores do Projeto Arqueológico Sicán, no Peru, descobriu vestígios de sangue humano e proteína de ovo de ave em uma máscara funerária de ouro de mil anos. O objeto pertence à civilização Lambayeque, …

Ebrahim Raisi

Irã anuncia retomada de negociações sobre acordo nuclear

Conversas sobre salvação do pacto assinado em 2015 estão paralisadas desde a eleição do novo presidente iraniano, o ultraconservador Ebrahim Raisi, gerando preocupação internacional. O Irã anunciou nesta quarta-feira (27/10) que vai retomar até o final …

Polônia é multada em € 1 milhão por dia por desobedecer decisão judicial da UE

A Polônia foi condenada nesta quarta-feira (27) a pagar para a Comissão Europeia, órgão Executivo do bloco, uma multa diária de € 1 milhão por não ter encerrado as atividades da câmara disciplinar da …

Startup ajuda pequenas empresas a monitorarem vacinação dos funcionários

A startup brasileira White Tents lançou uma versão em formato freemium — isto é, gratuita mas com alguns recursos pagos — de sua plataforma digital para pequenas empresas que queiram monitorar a vacinação de até …

Argentina vacinará brasileiros na região de fronteira e turistas estrangeiros menores de 18 anos

O governo argentino anunciou uma nova flexibilização para a entrada de estrangeiros no país, a vacinação de turistas menores de 18 anos e de cidadãos de países vizinhos que atravessarem a fronteira por via …

CPI da Pandemia conclui trabalhos e pede o indiciamento de Bolsonaro

Senadores aprovam relatório sobre atuação do governo na crise do coronavírus que propõe punição de 78 pessoas e duas empresas, após seis meses de depoimentos, coleta de provas e repercussão na mídia. A CPI da Pandemia …

Sinais de possível 1º exoplaneta fora da Via Láctea são detectados

Pela primeira vez na história, é possível que os cientistas tenham descoberto um planeta em outra galáxia. O possível exoplaneta recebeu o nome de M51-ULS-1 e se encontra a 28 milhões de anos-luz de distância na …

China vai vacinar crianças a partir de três anos contra a covid-19

Imunizantes aprovados são das farmacêuticas chinesas Sinopharm e Sinovac, fabricante da Coronavac. País será um dos primeiros a começar a vacinar essa faixa etária. No total, China já vacinou 76% da população. Ao menos cinco províncias …

"Bolsonaro ignora todas as necessidades culturais dos brasileiros", diz Gilberto Gil à revista Télérama

A imprensa francesa desta segunda-feira (25) destaca o show de Gilberto Gil nesta noite na Filarmônica de Paris. O músico brasileiro conversou com o jornal Le Monde e com a revista Télérama. "Gilberto Gil", embaixador …

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …