Crânio de 3,8 milhões de anos torna possível reconstrução facial de ancestral humano

Cleveland Museum of Natural History

Um crânio praticamente preservado de um hominídeo permitiu que especialistas recriassem como eram os nossos antepassados há uns quatro milhões de anos.

A cavidade óssea foi encontrada enterrada perto da margem de um antigo lago na região de Afar, na Etiópia, em fevereiro de 2016 e pertence a um Australopithecus anamensis, a espécie mais antiga de seu gênero, conhecido por ser o primeiro a se mover em duas pernas e dar origem ao gênero Homo.

A boa conservação do crânio, denominado MRD-VP-1/1, permitiu recriar a face deste hominídeo, informou a equipe internacional de antropólogos em um artigo publicado na revista Nature.

Suspeita-se que o indivíduo era um homem, como indicado pelo tamanho de seus ossos.

John Gurche / Matt Crow / Cleveland Museum of Natural History

Reconstrução do rosto do fóssil encontrado

O fóssil tem cerca de 3,8 milhões de anos e revela uma face óssea com mandíbula saliente e grandes dentes caninos, muito semelhante à da famosa Lucy, um espécime de Australopithecus afarensis quase completo encontrado na mesma região em 1974.

“Até agora, tínhamos uma grande diferença entre os mais antigos ancestrais humanos conhecidos […] e espécies como Lucy, que têm entre dois e três milhões de anos. Um dos aspectos mais emocionantes desta descoberta é como ela une o espaço morfológico entre estes dois grupos”, afirmou Stephanie Melillo, uma das autoras do estudo, em um comunicado emitido pelo Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva.

“A nova descoberta sugere que as duas espécies viveram juntas em Afar durante algum tempo. Isto muda a nossa compreensão do processo evolutivo e levanta novas questões: Será que eles competiram por comida ou território?”, questiona Melillo.

Para o coautor do estudo e paleoantropólogo, Yohannes Haile-Selassie, essa descoberta é “um divisor de águas na nossa compreensão da evolução humana durante o Plioceno“.

“O que sabíamos sobre o Australopithecus anamensis até agora era limitado a fragmentos isolados de mandíbula e dentes. Nós não tínhamos restos do rosto ou do crânio, exceto por um pequeno fragmento perto da região da orelha”, conclui Haile-Selassie.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Cara, me desculpem os adeptos de Darwin, mas isso é um macaco e não um ser humano!!
    Chega de falácias, a humanidade tem que saber a verdade!!
    Acreditem no Deus eterno, Aquele que criou tudo e todos, simples assim!! Igrejas não são locais de adoração e sim de escravidão!! Rezem em céu aberto, como todos os verdadeiros mestres ensinaram! Busquem a verdade e ela vos libertará!!

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Opositor belarusso é achado morto na Ucrânia

Ativista Vitaly Shishov ajudava compatriotas a fugir da perseguição do regime de Alexander Lukashenko, considerado o último ditador da Europa. Polícia investiga possível assassinato encenado como suicídio. Um ativista de Belarus foi encontrado morto nesta terça-feira …

Polônia concede visto humanitário a atleta olímpica e alimenta tensões com Belarus

A Polônia concedeu nesta segunda-feira (2) um visto humanitário para a atleta olímpica bielorrussa Krystsina Tsimanuskaya. A jovem afirma que estava sendo obrigada a deixar o Japão após ter criticado sua equipe e temia …

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …