Criança com vírus do HIV em remissão há oito anos é o terceiro caso no mundo

Marcelo Camargo / ABr

Uma criança sul-africana, de nove anos, que nasceu com HIV viveu de forma saudável durante quase nove anos sem medicamentos, tendo apenas sido submetida a um tratamento durante seus primeiros meses de vida, segundo um estudo divulgado nesta segunda-feira (24).

Trata-se do terceiro caso de remissão do HIV sem tratamento com medicamentos que é observado em uma criança, destaca o estudo que foi apresentado na conferência internacional sobre pesquisa em HIV/Aids que ocorre em Paris, pela médica Avy Violari.

“Isto vem reforçar as esperanças de um dia libertar crianças soropositivas do fardo de um tratamento ao longo da vida, tratando-as por um curto período nos primeiros meses de vida”, diz Anthony Fauci, diretor do Instituto norte-americano de Doenças Infecciosas.

O pesquisador ressalva que é sempre possível haver uma recaída, como em qualquer remissão. “Mas o fato de esta remissão ser verificada por um longo período sugere que pode ser sustentável”, indicou ainda, citado pela agência France Presse.

A garota sul-africana foi submetida a partir dos dois meses a tratamentos antirretrovirais, o que dificultou o desenvolvimento do vírus da Aids. Quarenta semanas depois, o tratamento foi interrompido deliberadamente no âmbito do estudo, verificando-se que o vírus tinha sido reduzido a uma carga indetectável.

Oito anos e nove meses depois, o vírus do HIV permanece com carga indetectável mesmo não tendo se submetido a mais tratamentos.

Segundo o Observador, a criança sul-africana fez parte de um estudo realizado entre 2005 e 2011, que envolveu 370 crianças infectadas com HIV.

Foram divididas em três grupos: umas receberam um tratamento antirretroviral logo após o nascimento e durante 40 semanas; outros durante 96 semanas; e o terceiro grupo não foi submetido de imediato ao tratamento, mas foi recebendo-o ao longo do tempo – como se fazia na época em que se iniciou o estudo.

O estudo comprovou que, no caso das crianças que foram submetidas ao tratamento logo após o nascimento, a taxa de mortalidade diminuiu em 76% e a progressão da doença diminuiu 75%. Mas só nesta criança sul-africana é que o vírus não foi detectado.

Isto é mesmo muito raro. Ao estudar estes casos, esperamos conseguir compreender como é que podemos parar o tratamento”, afirmou Violari, citada pela CNN, acrescentando que há algo “único” a nível biológico e no sistema imunitário desta criança que ajudou a que o vírus ficasse em remissão.

Das outras duas crianças em todo o mundo a quem isto aconteceu, apenas uma continua com o vírus em remissão. É o caso de um francês, atualmente com 20 anos, cuja mãe tinha HIV. O jovem também recebeu um tratamento antirretroviral pouco tempo depois de nascer e parou quando tinha seis anos. Desde então, o vírus não é detectado através dos testes habituais.

Uma menina, nascida em 2010 no estado do Mississippi (EUA), recebeu o tratamento 30 horas depois de nascer até aos 18 meses de idade. Apesar de ter ficado em remissão durante mais de dois anos, o vírus voltou a ser detectado no sangue em 2015.

Uma situação que já aconteceu com adultos, mas todos ficaram com o vírus em remissão depois de receber transplantes de medula. Hoje em dia, apenas um, Timothy Ray Brown, continua com o vírus em remissão.

A equipe de Violari vai agora analisar esta e outras crianças que participaram do estudo para entender o que difere esta criança, a nível biológico, das restantes.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), nas crianças infetadas com HIV antes do nascimento, a progressão da doença é muito rápida nos primeiros meses de vida e pode levar à morte. De acordo com a UNAIDS, o programa das Nações Unidas para o HIV/sida, em 2015 havia 1,8 milhões de crianças a viver com o vírus e 110 mil morreram de doenças relacionadas com o HIV.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Calheiros anuncia nome das 14 pessoas que passaram de testemunhas a investigados na CPI da Covid

Segundo senador, é preciso mudar o "patamar" da investigação pois já há provas e indícios concretos contra as pessoas inseridas na lista, que agora será encaminhada ao presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM). Nesta sexta-feira (18), …

Turistas “madrugam” para visitar Disneyland Paris, que reabre após oito meses por causa da pandemia

Depois de oito meses de portas fechadas, o parque Disneyland Paris reabriu para o público nesta quinta-feira (17). A atração, um dos principais destinos turísticos da Europa, volta a funcionar, mas mantém medidas sanitárias …

Cientistas desvendam mistério de 'apagamento' de estrela gigante Betelgeuse

Astrônomos dizem que solucionaram o mistério sobre por que uma das mais conhecidas estrelas que iluminava o céu à noite começou a perder o brilho há cerca de um ano. Betelgeuse, uma supergigante vermelha da …

Portugal isola Lisboa para conter disseminação de variante

Em meio a alta de casos e difusão da variante delta do coronavírus, detectada inicialmente na Índia, governo português restringe circulação para dentro e para fora da região metropolitana da capital no fim de semana. Em …

Astrônomos descobrem as maiores estruturas giratórias conhecidas no universo

Tentáculos de galáxias com centenas de milhões de anos-luz de comprimento podem ser os maiores objetos giratórios do universo, um novo estudo descobriu. Corpos celestes muitas vezes giram, planetas, estrelas e galáxias. No entanto, aglomerados gigantes …

Facebook implementa software de IA capaz de detectar fotos e vídeos falsos

Os deepfakes são arquivos de mídia, incluindo fotos, vídeos e áudio, editados através de inteligência artificial (IA), que fornecem alto realismo e muitas vezes causam confusão após serem compartilhados nas redes sociais. Na quarta-feira (16), os …

China envia três astronautas para sua estação espacial

Grupo deverá ficar três meses no espaço e colocar em funcionamento o módulo central da estação espacial Tiangong. China não participa da ISS por decisão dos EUA. A primeira missão tripulada enviada pela China para a …

Putin “não quer Guerra Fria com EUA”, diz Biden após encontro com presidente russo

Os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da Rússia, Vladimir Putin, participaram nesta quarta-feira (16) de uma esperada reunião bilateral. O encontro realizado em Genebra acontece em um contexto de forte tensão entre …

Variante lambda do coronavírus: o que se sabe sobre mutação que se espalha pela América do Sul e preocupa OMS

Os vírus usam técnicas diferentes para continuar infectando as pessoas. E o caso da covid-19 não é exceção. As versões atuais da doença estão se espalhando muito mais facilmente do que a original, que surgiu na …

Embaixadores da Rússia e dos EUA "regressam ao trabalho", diz Putin após cúpula com Biden

A Rússia e os EUA acordaram o regresso de seus embaixadores, informou Vladimir Putin. Vladimir Putin, presidente da Rússia, disse, após conversas com seu homólogo americano Joe Biden, que os embaixadores russo e norte-americano voltam …