Édouard Philippe, premiê francês, pede demissão e deixa cargo após três anos

(cv) YouTube

Macron nomeia conservador Édouard Philippe como primeiro-ministro da França

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou sua demissão nesta sexta-feira (3) ao presidente Emmanuel Macron, que aceitou o pedido. O anúncio foi feito nesta manhã pela assessoria do palácio do Eliseu, a sede da presidência francesa.

O premiê continuará à frente do cargo até a nomeação do novo primeiro-ministro, que pode acontecer nas próximas horas.

Os preparativos para a posse do novo premiê começaram de manhã no palácio de Matignon, onde fica o gabinete do primeiro-ministro. Um tapete vermelho e microfones foram instalados.

Segundo o Eliseu, durante uma conversa nesta quinta-feira (2), o presidente da República e o primeiro-ministro chegaram à conclusão “de que havia necessidade de formar um novo governo para entrar em uma nova etapa do quinquenato“, anunciou a presidência, em referência aos cinco anos de mandato de Macron. O chefe de Estado francês, segundo a Constituição do país, teria liberdade para pedir que Philippe continuasse no cargo ou substitui-lo.

A saída de Édouard Philippe não é uma surpresa. O presidente francês já havia declarado que faria um remanejamento ministerial para a última fase do seu mandato, que começou em 2017 e termina em 2022. A eleição de Philippe como prefeito de Havre, na Normandia, no último domingo (28) já evidenciava seus novos projetos. Ele obteve 59% dos votos contra seu rival do PCF (Partido Comunista francês), Jean-Paul Lecoq.

Novo gabinete deve ser anunciado até quarta-feira

Por conta da demissão do premiê Édouard Phillippe, o Conselho de Ministros, previsto para esta sexta de manhã, foi cancelado. O novo governo deve ser anunciado antes de quarta-feira (8). Por enquanto, a atividade ministerial foi interrompida. Na Assembleia, onde deve ser examinado o terceiro projeto de orçamento do país, a sessão foi suspensa.

O regime francês é semipresidencialista, chamado pelos cientistas poltícos do país de “presidencialismo à francesa” e teorizado pelo jurista e cientista político francês Maurice Duverger nos anos 1970. Neste sistema de governo, o presidente divide o poder com o primeiro-ministro. Existe uma diferença crucial entre semipresidencialismo e parlamentarismo.

No parlamentarismo, o parlamento pode derrubar o primeiro-ministro. No semipresidencialismo, isso também pode acontecer, mas em contrapartida, o presidente tem o poder de dissolver o parlamento, poder inexistente nos sistemas presidencialistas ou parlamentaristas.

Primeiro-ministro ganhou popularidade

O presidente francês reafirmou em abril que queria “se reinventar”, mas dando continuidade às reformas desde o início do mandato, que priorizam as políticas de saúde, principalmente depois da epidemia do coronavírus, projetos para a terceira idade e jovens. Desde o início do governo Macron, 17 ministros já deixaram o cargo.

O premiê francês é bem mais popular do que o presidente. Ele ganhou pontos com os franceses depois dos protestos dos coletes amarelos e os debates nacionais que o fizeram viajar por todo o país para discutir com a população medidas para melhorar o poder aquisitivo.

Essa confiança cresceu com a epidemia do coronavírus – a atuação de Philippe foi bastante elogiada, lembra a imprensa francesa. Segundo uma pesquisa divulgada no último dia 21 de junho, ele tem uma taxa de 50% de aprovação entre a população, contra cerca de 38% para Macron.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …