É estupidamente fácil vencer a Terceira Guerra Mundial

(dr) Policy Exchange

Submarino militar nas proximidades de um cabo submarino de comunicações

Graças à nossa dependência da internet e tendo em conta que estamos em uma época de guerras cibernéticas, uma possível Terceira Guerra Mundial seria “estupidamente fácil de ganhar”.

De acordo com o repórter do The National Interest, Steve Weintz, bastaria cortar os cabos de fibra ótica que passam pelo fundo do oceano para causar uma séria destruição nas comunidades inimigas.

A maioria dos dados são transferidos através destes cabos de fibra submarinos, explica o autor, apontando que, na realidade, só uma pequena parte dos dados passa pelos sistemas de satélite.

Para exemplificar os efeitos devastadores recorrentes da perda da internet e das demais comunicações, o colunista menciona um acontecimento nas ilhas Marianas, no oceano Pacífico. Naquela época, uma queda de rochas rompeu o único cabo de fibra ótica que conectava o arquipélago com a rede internacional.

Como consequência, todos o voos foram cancelados, os caixas eletrônicos não funcionavam nos estabelecimentos e não havia qualquer conexão via internet ou celular. Posteriormente, um navio especializado em Taiwan consertou o cabo, mas o incidente mostrou os inúmeros problemas que uma perda de conexão pode causar.

Por tudo isso, Weintz está convencido que, em caso de um conflito, um dos lados pode vencer o inimigo cortando os cabos de alta velocidade. Esta ruptura pode ser feita nas profundezas no mar ou nos lugares onde os cabos passam na costa, tornando-os assim especialmente vulneráveis.

Segundo o colunista, para fazer o corte são necessários apenas submarinos equipados que cheguem às profundezas do oceano.

A União Soviética trabalhou arduamente para desenvolver sua capacidade de desenvolver operações em águas profundas. Consequentemente, a Rússia herdou suas conquistas. De acordo com o jornalista, uma das mais recentes demonstrações neste sentido foi a exploração do fundo do Ártico com a consequente implantação de uma bandeira russa a 4 mil metros de profundidade.

Steve Weintz nota que a Rússia detém a maior frota para águas profundas tripuladas do mundo. “Juntamente com sua crescente frota de resgate submarino e forças especiais marítimas, a Rússia agora tem uma capacidade de guerra submarina híbrida muito poderosa”, concluiu.

Não é a primeira vez que uma suposta ameaça russa aos cabos de internet é discutida. No entanto, e apesar das declarações alarmistas, os especialistas em comunicações dizem que a possibilidade disso acontecer acaba sendo muito menos assustadora do que o imaginário militar.

Quanto à possível “ameaça russa”, os analistas apontam que a destruição de cabos de computador seria uma desvantagem muito mais significativa para o país, já que muitos conteúdos dos EUA estão disponíveis em servidores locais na América do Norte.

Por isso, seria improvável que os próprios russos fossem desconectados.

Ciberia // Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A questão da 3ª Guerra mundial, tem um momento que nós todos esperar o aparecimento daqueles que ainda hoje se escondem no firmamento. (Os Óvnis). Parece assunto de “louco” mas é a grande verdade. Eles rondam ai por cima nos cuidando, se um de nós (os países com mísseis nucleares) começam uma guerra total e final para que eles aqui desçam e então a gente vai ver quem de fato são os donos do planeta Terra. Nós somos uma agulha no palheiro. Fomos deixados aqui para se multiplicar e cuidar do planeta, nem para isso nós servimos. Botamos sempre a arrogância, os prazeres, a cobiça e tudo aquilo que podemos nos apoderar sem ter que dizer nada para ninguém. Os Extraterrenos conhecem as pessoas da terra. Um dia veremos eles chegar e tudo se modificara. Apreenderemos de fato de onde nascemos, quem somos, quem nos colocou aqui e armou o nosso desenvolvimento primitivo até hoje (2019).
    Obrigado.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Índia vê casos explodirem e vira um dos epicentros da pandemia

Com quase 700 mil casos de covid-19, a Índia ultrapassou a Rússia e se tornou nesta segunda-feira (07/07) o terceiro país mais atingido pela pandemia de covid-19 em todo o mundo. O Ministério da Saúde indiano …

Filho interrompe ao vivo de repórter para pedir biscoitos

Em mais uma das patacoadas do home-office, a jornalista Deborah Haynes da Sky News acabou sendo interrompida por seu filho, que fez um pedido bastante singelo para a mãe: ele queria alguns biscoitos. O vídeo foi …

Encontrados metais em crateras da Lua que podem dar pistas sobre sua formação

A hipótese mais aceita sobre a formação da Lua diz que ela surgiu após a colisão entre a Terra e um planeta do tamanho de Marte, chamado Theia. O suposto evento é chamado de “hipótese …

Coronavírus empurra Cuba de volta à crise

Apesar de a covid-19 estar sob controle no país, os problemas econômicos têm se agravado, e a já difícil situação de abastecimento se torna mais crítica. Segundo semestre deve ser ainda pior na ilha caribenha. Cuba …

Boicote ao Facebook: como a debandada de grandes anunciantes pode afetar sobrevivência da rede social

Boicotes podem ser extremamente eficazes: é o que o Facebook está descobrindo. No final do século 18, o movimento abolicionista encorajou o povo britânico a ficar longe de bens produzidos pelos escravos. Funcionou. Cerca de 300 …

Cientista conta quais formas de vida os humanos podem encontrar em Marte

A humanidade tem cada vez mais chances de conhecer outras formas de vida, conforme desenvolve suas capacidades de exploração espacial. Em Marte, poderemos encontrar organismos introduzidos por veículos espaciais e modificados sob influência das condições no …

O coronavírus do ocidente é uma versão mais perigosa do que a original

Esforços são realizados para identificar se o vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, passou por mutações em relação ao primeiro identificado em Wuhan, na China, em dezembro do ano passado. Em abril, um estudo não revisado pelos …

Missão indiana levará sonda para investigar efeitos do vento solar em Vênus

Em 2005, o Instituto Sueco de Física Espacial (IRF) enviou à órbita de Vênus a sonda ASPERA-4, através da missão Venus Express, da agência espacial europeia ESA. A sonda estudou o planeta até 2014, medindo …

O mistério das centenas de elefantes encontrados mortos em Botsuana

A morte “totalmente sem precedentes” de centenas de elefantes em Botsuana nos últimos meses está cercada de mistério. O biólogo e ativista Niall McCann afirmou que colegas no país do sul da África identificaram mais de …

Coronavírus na Coreia do Norte: Kim Jong-un declara 'sucesso brilhante' no combate à pandemia e zero casos

O líder norte-coreano Kim Jong-un elogiou o "sucesso brilhante" de seu país ao enfrentar a pandemia de covid-19, segundo a agência de notícias estatal KCNA. Falando em uma reunião do Politburo, Kim disse que o …