Ex-governador Sérgio Cabral é preso pela Polícia Federal no Rio

Bruno Itan / GERJ

Ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral

Ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral

A Polícia Federal prendeu, na manhã desta quinta (17), o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral. Além dele, outros mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, sob a acusação de cobrança de propina em contratos com o poder público.

A ação é realizada por um núcleo da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro que, até às 6h30 também havia prendido Wagner Jordão Garcia.

Ao todo, a polícia visa cumprir 38 mandados de busca e apreensão, 8 de prisão preventiva, dois de prisão temporária e 14 conduções coercitivas, dentre eles, um contra a ex-primeira-dama do Estado Adriana Anselmo.

A polícia chegou à casa de Sérgio Cabral, no Leblon, Zona Sul do Rio, por volta das 6h. Cabral e os outros acusados são suspeitos de receber propina em troca da concessão de obras públicas como a reforma do Maracanã e a construção do Arco Metropolitano.

A ação surgiu a partir da delação homologada de executivos da Andrade Gutierrez e da Carioca Engenharia. Só a Carioca Engenharia comprovou o pagamento de mais de R$ 176 milhões em propina para o grupo.

Além de Cabral, a polícia também busca cumprir mandados de prisão preventiva contra o ex-secretário de governo de Cabral, Wilson Carlos, e do ex-secretário de obras,
Hudson Braga. Também será conduzida coercitivamente até a sede da Polícia Federal a ex-primeira-dama do Estado, Adriana Anselmo.

A operação foi batizada de “Calicute”, região da Índia onde o descobridor do Brasil, Pedro Álvarez Cabral, teve uma de suas maiores tormentas.

No início desse ano, dois ex-executivos da Andrade Gutierrez afirmaram, em delação premiada a procuradores da Lava Jato, que Sérgio Cabral cobrou propina da empreiteira Andrade Gutierrez em obras do Maracanã para a Copa do Mundo.

De acordo com os ex-executivos da Andrade Gutierrez Rogério Nora de Sá e Clóvis Peixoto Primo, Cabral cobrou pagamento de 5% do valor total do contrato para permitir que a construtora se associasse à Odebrecht e à Delta, no consórcio que disputaria a reforma do Maracanã, em 2009.

Na época, por meio de nota, o ex-governador disse que manteve apenas relações institucionais com a empresa Andrade Gutierrez e negou que tenha interferido em processos de licitação de obras ou solicitado benefício financeiro para ele ou para campanha eleitoral.

A Delta pertencia a Fernando Cavendish, amigo de Cabral que foi preso em julho deste ano ao desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim. Cavendish também foi preso após o juiz Marcelo Bretas aceitar uma denúncia contra 22 suspeitos de participar de um esquema que desviou R$ 370 milhões dos cofres públicos.

Pedágio pela ‘bondade’

De acordo com a revista  “Época”, Nora de Sá contou que conseguiu uma reunião com o ex-governador para tratar da inclusão da Andrade Gutierrez no grupo e, segundo os delatores, Cabral concordou.

Determinou, no entanto, que a empresa acertasse os percentuais com a Odebrecht, já que os 30% da Delta não poderiam ser modificados.

Um trecho da delação, citado pela revista, diz que “o então governador não permitiria a exclusão da Delta” porque “tinha consideração pela empresa e gostava dela”. Os dois contam que Cabral deixou claro que havia um pedágio a ser pago pela “bondade”.

Ainda segundo a “Época”, Nora disse que a “conversa foi franca”, mas o pedido de propina foi veiculado com o uso de outra palavra: “contribuição”. Nora procurou Benedicto Júnior, executivo da Odebrecht, preso na 23ª fase da Operação Lava Jato com uma planilha com o nome de mais de 200 políticos, entre eles o de Sérgio Cabral.

Os pagamentos, de acordo com as delações, começaram em 2010 e foram feitos “parte em espécie, parte em doações oficiais”.

Segundo a revista, a “operacionalização” coube a outro diretor da Andrade Gutierrez, Alberto Quintaes – que tinha participado da reunião com Cabral –, com a ajuda de Primo. Os pagamentos, segundo a delação, ocorreram somente até 2011. Nenhum dos dois informou aos procuradores quanto foi desembolsado.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Dinossauro paulista: fóssil de cerca de 65 milhões de anos paralisa obras de rodovia

Obras foram retomadas nesta segunda-feira (26) após a extração do osso de Titanossauro ser concluída. O achado parou a duplicação da SP-333, no interior do estado, por dois meses. A duplicação da Rodovia Dona Leonor Mendes …

Hong Kong condena primeiro réu pela lei de segurança nacional

Tong Ying-kit, de 24 anos, foi considerado culpado nesta terça-feira (27/07) por incitar a secessão e o terrorismo, tendo se tornado a primeira pessoa condenada pela lei de segurança nacional de Hong Kong, imposta por …

Estudo de genoma revela qual inseto foi 1º a ser extinto pelo homem nos EUA

DNA de borboleta de 93 anos confirma primeiro caso de extinção de inseto por culpa do homem nos EUA. Espécie foi vista pela última vez em São Francisco no início dos anos 1940. Uma equipe de …

A vida secreta dos filhos dos neandertais

Em qualquer verão normal, a famosa Praia de Castilla, na Espanha, uma faixa perfeita de areia de 20 km cercada por uma reserva natural e próxima a um centro turístico, estaria coberta de pegadas de …

“Bolsonaro não está dando os anéis, mas os dedos para tentar salvar o braço”, diz cientista política

O novo ministro super poderoso do governo de Jair Bolsonaro, Ciro Nogueira, nomeado para a Casa Civil, toma posse esta semana. Apesar de todo o fisiologismo, a analista Graziella Testa, da Escola de Políticas …

Não vacinados ameaçam combate à covid nos EUA

Em meio à disseminação de teorias da conspiração e a uma alta das infecções pelo coronavírus entre não vacinados, autoridades de saúde dos EUA lutam para convencer mais pessoas a se imunizarem contra a covid-19. Em …

Helicóptero da NASA estabelece novo recorde durante seu 10º voo em Marte

Neste sábado (24) o pequeno helicóptero da NASA em Marte, Ingenuity, conseguiu ultrapassar a marca de 1,6 km de distância percorrida acumulada após sobrevoar uma região rochosa na cratera Jezero. No sábado, o helicóptero robótico completou …

A curiosa rejeição de parte dos franceses ao passaporte sanitário na pandemia

No país onde o debate é uma espécie de esporte nacional, qualquer imposição verticalizada do governo pode ser considerada um acinte. Desde a Revolução, os franceses alimentam uma espécie de ojeriza ao compulsório que …

Astrônomo amador descobre nova lua na órbita de Júpiter

O corpo celeste recebeu o nome provisório de EJc0061 e mais provável é que seja um novo membro do grupo Carme, que orbita o planeta junto a outras 78 luas. O estudante Kai Ly se tornou …

Microsoft diz que 70% dos brasileiros já foram alvos do golpe de suporte técnico

Imagine estar navegando pela internet e se deparar com uma janela afirmando que há algo de errado com sua instalação do Windows. Ao clicar, você consegue entrar em contato com um técnico, que dá instruções …