Extinção em massa deu início à era do dinossauros

Choo Yut Shing / Flickr

Há uma nova teoria que explica como começou o domínio dos dinossauros na Terra, indicando que esses grandes animais se espalharam pelo planeta graças a um fenômeno semelhante ao que levou à sua extinção.

A ideia de que os dinossauros foram extintos após um evento – que pode ter sido um asteroide que colidiu com a Terra –, no fim do período Cretáceo, há cerca de 66 milhões de anos, é mais ou menos consensual. Já a explicação para o que teria originado sua predominância na Terra é menos conhecida.

Mas uma nova pesquisa apurou que a expansão dos dinossauros pode ter sido motivada por outro evento de extinção em massa, há cerca de 232 milhões de anos.

Está em causa o chamado Evento Pluvial Carniano, como se explica no estudo publicado na Nature Communications, realizada em parceria por cientistas do Museu de Ciência de Trento (MUSE), na Itália, e das universidades italianas de Ferrara e Padova, e da Universidade de Bristol, no Reino Unido.

O evento causou enormes erupções vulcânicas, provocando chuvas ácidas e longos períodos de aquecimento global, e que levaram à morte de grande parte da vida na Terra.

Os cientistas encontraram provas desse evento e da consequente proliferação dos dinossauros em sequências de rochas nas cadeias montanhosas Dolomitas, nos Alpes, no norte da Itália.

Analisando os sedimentos rochosos, inicialmente não havia qualquer pegada de dinossauro, mas depois surgiram em grande quantidade. E essa seria a divisão que marca “o momento da explosão” dos dinossauros, salienta a Universidade de Bristol em comunicado sobre o estudo, divulgado no site científico Phys.org.

Ao comparar esses indícios encontrados na Itália com os vestígios de esqueletos detectados em rochas na Argentina e no Brasil, foi possível verificar que há uma coincidência de datas nessa “explosão” dos dinossauros.

“As pegadas e os esqueletos contam a mesma história”, atesta o geólogo italiano Massimo Bernardi, curador do MUSE e também pesquisador da Escola de Ciências da Terra da Universidade de Bristol, no Reino Unido. “É surpreendente quão clara foi a mudança de “nenhum dinossauro” para “todos os dinossauros”“, realça Bernardi.

Os primeiros dinossauros teriam surgido há 245 milhões de anos, no início do Período Triássico, mas, nessa época, eram especialmente raros, até a tal extinção em massa que ocorreu 13 milhões de anos depois.

“A descoberta da existência de um elo entre a primeira diversificação dos dinossauros e uma extinção em massa global é importante”, constata o professor Mike Benton, da Universidade de Bristol.

“A extinção não abriu, simplesmente, o caminho para a era dos dinossauros, mas também para as origens de muitos dos grupos modernos, incluindo lagartos, crocodilos, tartarugas e mamíferos – animais terrestres essenciais hoje em dia”, acrescenta Benton.

Os primeiros vestígios sobre o Evento Pluvial Carniano foram encontrados em 2015, em rochas, e foram essenciais para ajudar a entender o que aconteceu há 232 milhões de anos.

“Houve erupções massivas no oeste do Canadá, representadas, atualmente, pelos grandes basaltos de Wrangellia [situados no noroeste da América do Norte]”, explica o comunicado da Universidade de Bristol, notando que esses eventos levaram a “explosões de aquecimento global, chuvas ácidas e morte em terra e nos oceanos“. Mas para os dinossauros, foi o princípio de uma era de domínio do planeta.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Brasil é líder em conflitos socioambientais na Amazônia

Dono da maior extensão de Floresta Amazônica, o Brasil também é campeão em conflitos socioambientais na região. Um levantamento inédito comparando a situação de quatro países mostrou que, dos 1.308 confrontos registrados em 2017 e …

Lukashenko toma posse em cerimônia secreta em Belarus

O presidente de Belarus prestou juramento, nesta quarta-feira (26), em uma cerimônia mantida em sigilo. Este é o sexto mandato do chefe de Estado, no poder há 26 anos. "Alexander Lukashenko prestou juramento no idioma bielorrusso, …

Pássaros sacrificados como oferenda aos deuses são encontrados no Egito

Milhões de aves, que teriam sido utilizadas como oferenda aos deuses Hórus, Rá ou Thoth foram encontradas por uma equipe de arqueólogos no Egito. Os arqueólogos da Universidade Claude Bernard Lyon estavam trabalhando nas escavações de …

Navalny deixa hospital em Berlim

Oposicionista russo recebe alta após um mês de tratamento para curar envenenamento por agente neurotóxico do tipo Novitchok. Médicos dizem que recuperação total é possível, mas não sabem estimar efeitos de longo prazo. O oposicionista russo …

Governo pede suspensão de filme da Netflix após acusações de pedofilia

Após diversas acusações de pedofilia nas redes sociais ao filme Lindinhas, que estreou com exclusividade na Netflix, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos pediu a suspensão e investigação sobre sua distribuição …

Mais de 13 milhões de britânicos enfrentam novo lockdown diante do aumento de casos de Covid-19

Um quinto da população do Reino Unido acordou sob um novo lockdown nesta terça-feira (22). Essas pessoas estão sobretudo no norte da Inglaterra e no País de Gales, as regiões mais afetadas pela Covid-19 …

Pinguim é encontrado morto no litoral de SP com máscara no estômago

Um pinguim foi encontrado morto no último dia 9 de setembro na praia de Juquehy, em São Sebastião, litoral de São Paulo – e, depois de realizada a necropsia, a causa da morte foi determinada: …

Misteriosa minilua vai entrar na órbita da Terra em outubro e ficará por meio ano

Corpo celeste tem uma velocidade muito baixa, o que é atípico para asteroides. Cientistas suspeitam que a minilua afinal seja lixo espacial do século passado. Astrônomos descobriram o corpo celeste 2020 SO, que está em uma …

Na ONU, Bolsonaro diz ser vítima de campanha de desinformação

Presidente defende política ambiental do governo e afirma que Amazônia e Pantanal sofrem campanha de desinformação internacional. Ele também elogia sua gestão da epidemia de covid-19, que já matou 137 mil. No discurso de abertura da …

CDC faz alerta sobre transmissão da COVID-19 através do ar, mas volta atrás

Não é segredo que pesquisadores ainda buscam consenso sobre a ação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no organismo humano. Nesse cenário, até o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos gerou polêmica nesta …