Espécie de formiga explode para defender a colônia

(dr) Alexey Kopchinskiy

Colobopsis explodens, a formiga que explode para proteger a colônia

Uma equipe internacional de cientistas identificou uma nova espécie de formiga kamikaze que explode, lançando um líquido para defender a sua colônia dos inimigos.

Nas florestas do Bornéu, da Tailândia e da Malásia existem formigas que explodem para defender suas colônias dos inimigos. Agora, um grupo de cientistas descreve na ZooKeys uma nova espécie desse grupo, a Colobopsis explodens.

As chamadas “formigas explosivas” são conhecidas desde 1916. No entanto, esse grupo de insetos só foi descrito cientificamente em 1935, isto porque se achava que antes não havia provas suficientes sobre esse comportamento. Na época, essas formigas foram classificadas como sendo da espécie Colobopsis cylindrica.

Há quatro anos, cientistas da Áustria, Tailândia e do Bornéu quiserem esclarecer o comportamento explosivo das formigas. Para isso, as observaram nas florestas do sudeste asiático e identificaram pelo menos 15 espécies diferentes de formigas explosivas. A Colobopsis explodens é uma nova espécie para a ciência, segundo o Público.

A formiga dessa nova espécie é marrom avermelhada e tem poucos milímetros. Nessa comunidade, há membros que se sacrificam em prol da colônia. No caso dessa espécie, são as operárias pequenas, fêmeas estéreis, que têm esse tipo de comportamento.

Essas verdadeiras formigas kamikaze, quando têm que enfrentar um inimigo, explodem, liberando um líquido amarelo, viscoso e tóxico das glândulas. É assim que saem da vitoriosas dessas batalhas, conseguindo matar ou afastar o inimigo.

“Tem um cheiro distinto que não é desagradável que lembra, estranhamente, curry“, descreve Alice Laciny, entomologista do Museu de História Natural em Viena, na Áustria, e principal autora do estudo, ao The Guardian. Esse líquido amarelo e pegajoso lhes valeu o nome de “viscosas amarelas”.

A tendência suicida é considerada comum a grupos como o das abelhas ou das formigas, que trabalham em grupo. A comunidade e sua proteção se tornam mais importantes do que a integridade do próprio indivíduo. As operárias grandes, conhecidas como “porteiras”, têm cabeças grandes que usam para bloquear a entrada dos formigueiros.

Em uma expedição em 2015, os cientistas observaram um acasalamento entre as formigas macho e as rainhas nessas colônias.

Recolheram amostras dos primeiros machos dessas formigas”, acrescenta-se no comunicado da editora da ZooKeys. Além disso, a equipe registrou também informações sobre as preferências de alimentação dessas formigas e suas atividades.

Ainda assim, os cientistas acreditam que ainda há muito para ser descoberto sobre essas formigas. “Enquanto as formigas explosivas tiverem um papel determinante nas florestas tropicais, sua biologia continuará a esconder vários segredos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Processo contra o Google nos EUA pode afetar o modo como você usa seu celular

Na última terça-feira (23), o Departamento de Justiça dos EUA entregou um "presente de Halloween" pouco agradável ao Google: um gigantesco processo antitruste, acusando a empresa de práticas que eliminam a competição nos mercados de …

Chilenos decidem a favor de nova Constituição por ampla maioria

Em plebiscito, quase 80% dos eleitores votam a favor de uma nova Carta Magna, em substituição à herdada da era Pinochet, e de que ela seja escrita por uma Assembleia Constituinte com igualdade entre mulheres …

'Vai comprar lá na Venezuela', rebate presidente a apoiador que reclamou de preço do arroz

O presidente Jair Bolsonaro rebateu neste domingo (25), durante passeio de moto por Brasília, crítica de apoiador sobre a alta do preço do arroz. No momento em que saia da Feira Permanente do Cruzeiro, região administrativa …

Espanha, Itália e França ampliam restrições em fim de semana com recorde de casos da Covid-19

Os líderes europeus intensificam as medidas de combate à pandemia do coronavírus, depois da alta de 42% de novos casos da Covid-19 em uma semana. A Itália reforçou neste domingo as medidas de restrição …

Pistachio, o cãozinho filhote que nasceu com pelo verde na Itália

O fazendeiro italiano Cristian Mallocci esperava uma ninhada normal de cachorros de sua cadelinha labradora. Entretanto, ao ver os filhotinhos que nasceram, ele percebeu que um era um pouquinho diferente. ‘Pistachio’, como foi nomeado posteriormente, …

Fóssil de pterossauro nunca antes visto de 100 milhões de anos é descoberto na China

Um novo gênero e uma nova espécie de pterossauro dsungaripterídeo, que viveu durante o Cretáceo Inferior, foram catalogados na China após análise de uma mandíbula inferior incompleta. Pterossauros eram répteis voadores que viveram simultaneamente com os …

A consciência é um campo energético: afirma estudo

Uma nova ideia incomum em neurociência sugere que nossa consciência é derivada de um campo de ondas eletromagnéticas emitidas pelos neurônios quando disparam suas cargas elétricas. A ideia é que essas ondas de atividade elétrica sejam …

Pais gays viram alvo de investigações na Rússia

Alguns anos atrás, o advogado Vladimir (nome modificado), morador de uma grande cidade russa, decidiu ter um filho com o auxílio de uma mãe de aluguel. Sua família inteira ficou contente quando uma menina nasceu. …

Líbano: Saad Hariri volta ao posto de primeiro-ministro para formar novo governo

Saad Hariri foi nomeado novamente primeiro-ministro do Líbano, com o desafio de chegar a um acordo com as várias forças políticas do país e formar um governo capaz de realizar as reformas necessárias para …

Alunos incentivam câmeras ligadas para que professores não ‘falem’ com telas em branco

Para amenizar a sensação de solidão de professores em aulas online, alunos norte-americanos começaram a usar o TikTok para incentivar mais estudantes a abrirem as câmeras durante encontros educacionais à distância. A usuária da rede social …