França vai adotar teste de saliva nos aeroportos para evitar 2ª onda de Covid-19

Narendra Shrestha / EPA

O governo francês anunciou nesta sexta-feira (10) a implementação de testes a base de saliva em seus aeroportos. A medida, que tem como objetivo evitar uma segunda onda de contaminação pelo coronavírus, visa principalmente os viajantes vindos de países considerados de risco.

O anúncio foi feito pelo ministro francês da Saúde, Olivier Véran, em entrevista aos canais de rádio e televisão BFMTV e RCM. Ele não deu a data exata da implementação da medida, mas explicou que os testes já estão sendo avaliados e adquiridos.

O ministro avisou que “todos os viajantes vindos de países de risco poderão ser submetidos ao teste dentro de alguns dias”. No entanto, ele disse que o dispositivo não será obrigatório. “Não podemos forçar alguém a ser testado”, frisou.

Véran não deu a lista das nacionalidades visadas, mas lembrou que, atualmente, o governo francês classifica os países em duas categorias: “os que são ‘verdes’, onde o vírus não circula mais do que na França, e para os quais não há razões para controles específicos, e os países que têm fronteiras fechadas, em ‘zona vermelha’”.

Brasil e Estados Unidos são considerados zonas de risco em razão da evolução atual da pandemia, o que leva a crer que voos vindos desses dois países podem ser prioritários na aplicação dos testes nos aeroportos franceses. “Estou trabalhando junto com o ministro dos Transportes, Jean-Baptiste Djebbari, para calcular o número de pessoas que serão atingidas pelo dispositivo”, disse Véran.

Os testes vão ser acrescentados no protocolo sanitário em vigor nos aeroportos franceses, que já contam com os controles de temperatura dos passageiros. A Academia Francesa de medicina havia preconizado, no início do mês, o uso dos testes a base de saliva, em complemento aos testes PCR (baseados em coleta de material nas narinas).

Mais testes na população

Os anúncios do ministro da Saúde fazem parte da estratégia da França para evitar uma nova fase de contaminação no país, onde a epidemia já é considerada “sob controle”. Véran, aliás, se mostrou confiante e disse que “a França está pronta para impedir uma segunda onda” e que “nos últimos três meses, o vírus vem regredindo a cada semana”.

Na quarta-feira, o governo francês também anunciou uma campanha de testes em massa. O protocolo, aplicado de forma voluntária, visa principalmente as regiões que registraram um aumento recente no número de casos de Covid-19.

Atualmente, 350 mil pessoas são testadas semanalmente na França, mas o ministro espera aumentar esse ritmo. “Somos capazes de ir além”, insistiu Véran, anunciando que um milhão e meio de mensagens foram enviadas pelo sistema de seguridade social convocando a população a fazer o teste.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …