Variante Delta pode ‘arruinar’ o verão e França desaconselha viagens para Espanha e Portugal

Narendra Shrestha / EPA

O governo francês aconselhou nesta quinta-feira (8) os cidadãos a “evitarem a Espanha e Portugal” neste verão, confrontado com a rápida propagação da variante Delta da Covid-19 no país, sem, no entanto, proibir esses destinos.

“Quem ainda não reservou as férias, evite a Espanha e Portugal nos seus destinos, este é nosso conselho”, declarou o secretário de Estado francês para Assuntos Europeus, Clément Beaune, à rede pública de televisão France 2.

“É uma recomendação na qual insisto, é melhor ficar na França ou ir para outros países, pois temos uma situação que é particularmente preocupante”, acrescentou. O secretário sublinhou que as viagens aos dois países da península Ibérica continuam, mesmo assim, autorizadas.

“Tenham cuidado, poderemos anunciar medidas reforçadas nos próximos dias [contra a pandemia]”, disse, referindo-se a uma reunião do conselho de defesa sanitária prevista na próxima segunda-feira (13).

Reconhecendo que a situação da saúde em Portugal se “agravou”, o chanceler português, Augusto Santos Silva, afirmou que “as preocupações de um Estado amigo como a França” eram “compreensíveis”.

O ministro ressaltou que os portugueses residentes na França poderão visitar normalmente suas famílias em Portugal, durante as férias de verão, visto que essas viagens estão entre aquelas consideradas essenciais.

Todo cuidado é pouco

Clément Beaune se debruçou também sobre a situação da saúde em toda a Europa, exortando os países da União Europeia a serem extremamente cuidadosos. “Vimos momentos preocupantes, estádios na Hungria onde já não existia qualquer limite de público. Devemos ter cuidado, a pandemia não acabou”, disse.

Um país como a Grécia, que sem dúvida mostrou um pouco de descaso nas últimas semanas, fortaleceu seu sistema de controle de entradas, tanto melhor”, acrescentou.

Beaune insistiu no respeito às decisões da Agência Europeia de Medicamentos sobre vacinas. “É necessário que as vacinas que reconhecemos para entrar no território se limitem realmente àquelas de que temos certeza, ou seja, as quatro que hoje são autorizadas na França e na Europa”, referindo-se aos imunizantes da Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Johnson & Johnson, martelou.

França rejeita imunização com Coronavac

“Há certos países como a Espanha que já se sentiram tentados, ou que fizeram o reconhecimento de certas vacinas, como a russa ou a chinesa. Nós, dizemos aos nossos parceiros europeus, tenham cuidado, estas vacinas não são autorizadas”, continuou o secretário da Estado. “É necessário também que as companhias aéreas em particular controlem este dispositivo e seremos extremamente duros neste ponto.”

Portugal também anunciou novas medidas para tentar controlar internamente a aceleração da epidemia.

Agora, para saborear uma refeição no interior de um restaurante durante os fins de semana, ou para ir a um hotel ou AirBnB em qualquer parte do país, os clientes terão obrigatoriamente de apresentar um certificado digital de vacinação ou teste negativo de Covid-19.

Os restaurantes (e hotéis) também poderão vender autotestes para que os clientes possam verificar se estão ou não infectados, esclareceu o ministro português da Economia, Pedro Siza Vieira.

Delta corresponde agora a 40% das infecções por Covid-19 na França

A França está vendo um aumento de casos da variante Delta da Covid-19, que representa agora 40% das novas infecções, contra 10% três semanas atrás. O governo francês pede à população que se vacine para evitar uma quarta onda da epidemia que poderia “arruinar” o verão.

O porta-voz do governo francês, Gabriel Attal, alertou na quarta-feira (7) que a taxa de incidência da variante descoberta na Índia dobra a cada semana, e um aumento nos casos pode se transformar em uma quarta onda de infecções, que teria como consequência um retorno das restrições. “Esta variante é perigosa e rápida e, onde quer que esteja presente, pode arruinar o verão”, disse Attal durante uma entrevista coletiva.

O número de infecções confirmadas na França se aproxima da média semanal de 2.300 testes positivos por dia, depois de chegar a 1.800 no final de junho, e atingir o pico de cerca de 40.000 em março e abril.

O aumento de casos tem sido registrado principalmente em pessoas mais jovens, da faixa etária de 20 a 29 anos, na região de Paris, além de cidades do sudeste e oeste do território.

“Estamos recebendo cada vez mais sinais de alerta e podemos ver a mesma trajetória de alguns países vizinhos”, disse Attal.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sinais de possível 1º exoplaneta fora da Via Láctea são detectados

Pela primeira vez na história, é possível que os cientistas tenham descoberto um planeta em outra galáxia. O possível exoplaneta recebeu o nome de M51-ULS-1 e se encontra a 28 milhões de anos-luz de distância na …

China vai vacinar crianças a partir de três anos contra a covid-19

Imunizantes aprovados são das farmacêuticas chinesas Sinopharm e Sinovac, fabricante da Coronavac. País será um dos primeiros a começar a vacinar essa faixa etária. No total, China já vacinou 76% da população. Ao menos cinco províncias …

"Bolsonaro ignora todas as necessidades culturais dos brasileiros", diz Gilberto Gil à revista Télérama

A imprensa francesa desta segunda-feira (25) destaca o show de Gilberto Gil nesta noite na Filarmônica de Paris. O músico brasileiro conversou com o jornal Le Monde e com a revista Télérama. "Gilberto Gil", embaixador …

"Peças extraordinárias" achadas na Indonésia podem ser da lendária "ilha do Ouro"

Tesouros no valor de milhões de dólares encontrados nos últimos cinco anos ao longo do rio Musi podem ser do antigo império malaio Serivijaia, na ilha de Sumatra, que por 300 anos dominou as rotas …

Pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", diz diretor da OMS

A pandemia de Covid-19 vai acabar "quando o mundo decidir acabar com ela", disse neste domingo (24) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus. O representante da ONU discursou na abertura …

Google está “criando Deus”, alerta ex executivo da Google

Segundo um ex-executivo do Google, a singularidade está chegando. E, segundo ele isso representa uma grande ameaça para a humanidade. Mo Gawdat, ex-diretor de negócios da organização moonshot do Google, que na época se chamava Google …

Pandemia causa a maior redução na expectativa de vida desde a Segunda Guerra

Desde a descoberta do coronavírus SARS-CoV-2, mais de 4,9 milhões de pessoas morreram oficialmente em consequência da infecção, segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Nesse cenário, a pandemia da covid-19 reduziu a expectativa de vida …

Forças Armadas da Noruega assinam contrato bilionário de mísseis para caças F-35

Noruega tem sido um parceiro ativo no programa de caças dos EUA F-35, tendo em conta que 18 empresas deste país nórdico são parceiros diretos. Subsequentemente, a Noruega decidiu adquirir 52 caças F-35 para substituir …

Brasil fez lobby para mudar relatório climático, diz Greenpeace

Vários países, entre eles o Brasil, tentaram fazer mudanças em um crucial relatório da ONU sobre como combater o aquecimento global, afirmou o Greenpeace nesta quinta-feira (21/10), citando um grande vazamento de documentos. Os documentos aos …

Site da Coreia do Sul é usado para hospedar vírus e distribuí-lo via torrents

Uma campanha de distribuição de malwares na Coreia do Sul está disfarçando cavalos de troia de acesso remoto como um jogo para o público adulto, compartilhado via serviço de hospedagem de arquivos, como o WebHard, …