Governo de São Paulo recebe ordem judicial e terá de suspender aumento em transporte

Edson Lopes Jr./ A2 Fotografia

-

Decisão vetou reajuste de 14% nas integrações entre ônibus e trilhos, mas Alckmin disse não ter recebido notificação

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) encaminhou, na noite desta segunda-feira (9), uma nova ordem judicial ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) que suspende o aumento de integrações entre ônibus e trilhos que passou a vigorar neste domingo (8).

Em nota, o governo informou que recebeu a notificação e, logo em seguida, a encaminhou ofício informando a Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos que notificará a São Paulo Transporte (SPTrans), responsável pelo sistema de cobrança eletrônico das tarifas integradas.

A decisão por parte do TJSP foi publicada na sexta-feira (6), mas o aumento acabou vigorando, pois o governo não teria sido notificado pela primeira vez, segundo o próprio Alckmin.

O oficial de justiça João Carlos Siqueira Maria anexou ao processo um relato dizendo que esteve no Palácio às 17h20 da sexta-feira, mas o governador não estava, conforme havia sido informado pelo assessor Pedro Henrique Giocondo.

Tarifas

No último domingo, as tarifas de integrações em São Paulo sofreram reajustes. Com isso, os usuários que utilizam o sistema de trilhos e os ônibus da SPTrans, que pagavam R$ 5,92, agora pagam R$ 6,80, um aumento de 14,8%, o dobro da inflação de 6,4%.

Na decisão do pedido de suspensão, o juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho afirma que as pessoas que moram longe sairiam prejudicadas com o aumento, pois muitos vêm de trem ou de metrô, e depois ainda integram com o sistema de ônibus de São Paulo.

Contexto

Após a posse do atual prefeito, João Doria (PSDB), disse que não iria ter aumento das tarifas na cidade de São Paulo, algo que ele já havia prometido durante campanha eleitoral, o governador, que também é do mesmo partido, anunciou que não aumentaria as passagens dos trens do Metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

Mas logo foi anunciado que haveria mudanças na cobrança das integrações e do Bilhete Mensal, e que, desde domingo, está custando R$ 190 uma elevação de 35,7%.

O Bilhete Mensal era vantajoso para quem usava mais de 36 viagens no mês. Agora, com o aumento, só será para quem usa mais de 50 viagens.

Protestos já estão agendados

Após o aumento das integrações, o Movimento Passe Livre (MPL) já anunciou, para a próxima quinta-feira (12), às 17h, uma manifestação contra o aumento da tarifa, que terá início na Praça do Ciclista, na Consolação, e irá até a casa do prefeito de São Paulo, João Doria.

“Apesar de amplamente divulgado na imprensa, o governador Geraldo Alckmin fingiu que não sabia da decisão judicial impedindo o aumento nas integrações dos ônibus com trens e metrô”, diz a militante do MPL, Sofia Motta.

“O Alckmin passou, nitidamente, por cima da decisão da justiça, enquanto milhares de jovens, trabalhadores e trabalhadoras, principalmente das regiões pobres e periféricas, gastam seu dinheiro para arcar com mais esse aumento”, acrescenta.

Esse será o primeiro protesto que o prefeito irá enfrentar à frente da prefeitura. Os organizadores estão se preparando para entregar um troféu para ele chamado “Troféu Aumento Inovador”.

“É perverso por parte do poder público dizer que o “reajuste” não é um aumento. Apesar do aumento não atingir os bilhetes unitários, ele afeta a cobrança das integrações e dos bilhetes temporários. Fica claro que é um aumento já que para pegar um ônibus e um metro/trem gastávamos R$ 5,92 e agora gastaremos R$ 6,80″, diz Motta.

“Esse aumento é grave para os usuários, sobretudo, para os que moram mais distantes do centro da cidade ou na região metropolitana. Por isso, vamos até a casa do Doria entregar esse troféu para ‘parabenizá-lo’ pela inovação da forma de excluir as pessoas da cidade”, conclui.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …