Grande mistério da Lua é finalmente desvendado; e a culpa é toda nossa

Os astronautas que tiveram a sorte de visitar a Lua foram surpreendidos por um enigma durante sua breve estadia: a superfície estava mais quente do que esperavam.

Segundo o IFLScience, os cientistas conseguiram agora desvendar o mistério e, como em qualquer boa história, o desfecho do problema acabou com uma grande reviravolta.

Durante as missões Apollo 15 e 17, no início dos anos 70, foram colocadas sondas no antigo solo vulcânico para verificar como a Lua estava esfriando. Um fenômeno muito importante porque, afinal de contas, o esfriamento do interior da Terra é a razão pela qual temos continentes, montanhas, vulcões e terremotos.

A Lua é uma esfera morta e tem sido assim há milhões de anos. Seu vulcanismo desapareceu há muito tempo e certamente nunca conseguiu desenvolver placas tectônicas. Ainda assim, está constantemente esfriando e a NASA queria saber quanto.

Ao perfurar alguns buracos no solo lunar, os astronautas dos dois programas espaciais montaram seus termômetros de alta tecnologia e anotaram as leituras. Porém, não foi uma tarefa fácil, uma vez que tinham de ter em conta as alterações devido à luz solar e ao aquecimento criado pela própria perfuração.

As leituras a longo prazo indicam, de acordo com o Instituto Lunar e Planetário (LPI), que o fluxo de calor superficial da Lua está entre 18% e 24% da Terra. No entanto, algo estava errado: as sondas de calor registraram um aquecimento gradual dos locais onde a missão Apollo pousou muito depois de as medidas originais. Não ficou claro o porquê, mas não poderia ser por causa de um processo interno que liberaria mais calor.

Infelizmente, se tratou de um erro humano. Depois dessas experiências terem terminado em 1977, parecia que os cientistas só tinham arquivado os dados de 1971 a 1974. O restante acabou perdido.

Portanto, uma equipe de cientistas da Universidade de Tecnologia do Texas, nos EUA, decidiu fazer algumas pesquisas e, em 2010, conseguiu localizar as fitas de dados perdidas em um enorme centro de arquivos da agência federal.

Ao recuperar de forma cuidadosa os dados para analisar a temperatura no final dos anos 70, os cientistas obtiveram uma melhor compreensão das mudanças: o aumento da temperatura foi detectado pelas sondas mais rasas, antes de ser registrada por aquelas mais profundas.

Ao perceber que era uma causa relacionada com a superfície, a equipe cruzou suas descobertas com imagens tiradas da superfície da Lua no momento em que foram feitas.

No artigo publicado no Journal of Geophysical Research, a equipe explicou que as “imagens da Lunar Reconnaissance Orbiter Camera sobre os dois locais de pouso mostram que o rególito lunar (material geológico solto e fragmentado que cobre a rocha sólida recente) nos caminhos dos astronautas ficou mais escuro”, o que diminuiu sua refletividade.

“Sugerimos que, como resultado das atividades dos astronautas, o aquecimento solar pelo rególito aumentou ligeiramente, e isso resultou no aquecimento observado”, uma vez que mais luz solar foi absorvida na superfície.

Assim, o aumento da temperatura não estava relacionado com nenhum fenômeno estranho, não passando de um erro. Conclusão: a culpa foi nossa (e só nossa).

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Como escreveria o zuera never ends, “haisduiaqehaiuhaiudhiauheiasdoahsduh”, seres humanos sem noção, mal sabem dos mistérios da vida terrestre e atolam a população mundial com mentiras, de tempos em tempos uma nova teoria surge sobre a viagem a lua, cineastas estes “caras”.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Catalunha: Parlamento aprova resolução que pede fim da monarquia

Segundo o Diário de Notícias, o primeiro-ministro espanhol já anunciou medidas legais contra a resolução aprovada na Catalunha. O governo espanhol empreenderá medidas legais contra o Parlamento catalão por considerar “inadmissível” a resolução aprovada pelos deputados …

Derrota histórica dos aliados de Angela Merkel põe em jogo estabilidade do governo alemão

Os aliados conservadores da chanceler Angela Merkel perderam a maioria absoluta no parlamento estadual da Baviera por larga margem na eleição regional que ocorreu neste domingo (14), um resultado que pode causar mais turbulência dentro …

Dia do Professor: Bolsonaro afirma que vai "resgatar o respeito em sala de aula"

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira (15), Dia do Professor, que pretende valorizar a categoria e resgatar o respeito em sala de aula. Lembrando que é formado em educação física, ele …

Tesla terá uma bebida própria (quando começar a ter lucro)

Carros elétricos, baterias, telhas fotovoltaicas e a Tesla não fica por aqui. Assim que começar a ter lucro, a marca vai começar a produzir uma bebida própria. A Tesla de Elon Musk não só produz automóveis elétricos, alimentados …

Fundador da Ethereum prevê uma crise financeira até 2021

Vitalik Buterin, fundador da Ethereum, não é um entendido em economia global, mas prevê uma crise financeira até 2021. Vitalik Buterin, o prodígio de programação de apenas 24 anos que inventou a plataforma Ethereum aos 19 anos, …

Ossadas contam história de criança neandertal devorada por pássaro gigante da Era do Gelo

Arqueólogos descobriram os restos humanos mais antigos já encontrados na Polônia. Análises posteriores revelaram serem de uma criança neandertal que teria sido devorada por um pássaro gigante. Apesar de as ossadas terem sido recuperadas já há …

Haddad: liberdade religiosa deve ser garantida no país

O candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), disse neste domingo (14), em São Paulo, que a liberdade religiosa no país tem que ser garantida e que sua preocupação é manter o Estado brasileiro …

Menina de 10 anos sobrevive a ameba que "come cérebros"

Uma menina de 10 anos sobreviveu ao primeiro caso na Espanha de Meningoencefalite Amebiana Primária (MAP), uma doença mortal em 97% dos casos. Uma criança de 10 anos, de Toledo, na Espanha, conseguiu sobreviver a uma …

Brasil é ouro e prata na Olimpíada Internacional de Economia

Estudantes brasileiros trouxeram duas medalhas de ouro e duas de prata da Olimpíada Internacional de Economia (IEO, na sigla em inglês). Com o desempenho, a equipe conquistou o terceiro lugar no ranking geral. Os vencedores foram …

Trump diz que Putin está “provavelmente” envolvido em assassinatos e envenenamentos

As declarações do presidente dos Estados Unidos foram proferidas durante uma entrevista ao programa “60 minutos”, da CBS News. Donald Trump admitiu neste domingo (14) que o presidente russo Vladimir Putin está “provavelmente” envolvido em …