Hackers russos e norte-coreanos atacaram fabricantes de vacinas contra COVID-19

A corrida contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2) é global e seus frutos trarão paz para o mundo inteiro; mas, mesmo assim, alguns agentes governamentais estão utilizando esta crise para obter mais prestígio ao roubar ou desestruturar o trabalho de pesquisadores estrangeiros.

Agora, segundo a Microsoft, três grupos de hackers estatais (ou seja, financiados por entidades do governo) foram pegos no flagra atacando instituições e empresas privadas que se destacam em soluções contra a COVID-19.

O primeiro desses grupos é o APT28, um coletivo originário da Rússia que é tradicionalmente conhecido como Fancy Bear, mas recentemente ganhou o apelido de Strontium. Além dele, temos duas equipes de origem norte-coreana: o Zinc (antigo Lazarus Group) e o Cerium, que é um nome inédito identificado pela primeira vez na pesquisa da Gigante de Redmond.

Embora a Microsoft não tenha citado os nomes das vítimas, ela garantiu que se tratam de “empresas farmacêuticas e pesquisadoras de vacinas no Canadá, França, Índia, Coreia do Sul e Estados Unidos”.

No total, foram sete alvos, sendo que a maior parte dos afetados são companhias focadas em tratamentos contra a COVID-19, mas também há uma desenvolvedora de testes rápidos capazes de identificar a presença do novo vírus no organismo do paciente.

Os métodos de ataque variam. Enquanto o Strontium parece ter se especializado em ataques de força bruta (tentando “adivinhar” a senha de funcionários das empresas espionadas), o Zinc e o Cerium se focaram em ataques de phishing altamente customizados, disparando falsas ofertas de emprego e até mesmo simulando comunicados oficiais da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo Tom Burt, vice-presidente de segurança do consumidor da Microsoft, é necessário que as entidades governamentais tomem iniciativa para reduzir a incidência de ataques cibernéticos ao setor médico.

“Acreditamos que a lei deve ser aplicada não apenas quando os ataques se originam de agências governamentais, mas também quando se originam de grupos criminosos que os governos permitem operar — ou mesmo facilitar — dentro de suas fronteiras. Esta é uma atividade criminosa que não pode ser tolerada”, afirma.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …