Híbrido de píton recém-descoberto na Flórida pode ser uma “supercobra”

Híbridos de píton recém-descobertos no sul da Flórida, nos Estados Unidos, podem ser mais fortes e adaptáveis ao meio ambiente do que os seus familiares “não-híbridos”.

Geneticamente falando, as pitons são, na maioria, pitons birmanesas (Python bivittatus). Estes animais foram levados para a Flórida como animais de estimação exóticos e foram introduzidos no deserto do estado norte-americano na década de 1980. Desde então, as pitons aumentaram seu número para dezenas de milhares e travam atualmente uma guerra contra pequenos mamíferos.

De acordo com um novo estudo, publicado há duas semanas na revista Ecology and Evolution, algumas dessas pitons birmanesas carregam traços genéticos de outras espécies distintas, tornando-as assim híbridos robustos.

Um grupo de pesquisadores descobriu esse híbrido enquanto analisava tecidos provenientes das caudas de 426 pítons birmanesas, recolhidos entre 2001 e 2012, no sul da Flórida, incluindo o parque nacional de Everglades.

Durante a pesquisa, os cientistas descobriram que 13 das cobras analisadas tinham marcas genéticas da píton indiana (Python molurus) no seu DNA mitocondrial – composto orgânico que é passado da progenitora para os filhotes.

No entanto, e de acordo com o The Guardian, isso não significa que haja uma espécie híbrida e perigosa ameaçando a Flórida. Pelo contrário, os cientistas acreditam que o cruzamento ocorreu há muito tempo, antes mesmos das pítons começarem a se multiplicar e expandir pelo território da Flórida.

Segundo o estudo, a combinação de genes robustos oriundos de diferentes espécies pode criar pítons com “vigor híbrido”, isto é, pítons capazes de viver em diversos ambientes e melhor adaptadas às mudanças climáticas. As pítons indianas preferem viver em áreas mais altas e secas, enquanto que as birmanesas gostam de água, preferindo viver em florestas ribeirinhas ou campos inundados.

“O fato mais importante é que a população de pítons birmanesas é grande e, provavelmente, continuará a crescer, prejudicando as populações de animais nativos”, disse a autora principal da pesquisa, Margaret Hunter, em declarações à ABC.

Ambas as espécies que deram origem ao híbrido são espécies invasoras. A Fox News nomeia estes híbridos de “supercobras”.

De acordo com a National Geographic, as pítons birmanesas são nativas do sudeste asiático e podem crescer até os 7 metros e pesar mais de 90 quilos. Essas cobras são “a grande escolha dos donos de répteis”.

Já as pítons indianas, são menores e mais rápidas, sendo nativas da Índia, Sri Lanka, Paquistão e Nepal, de acordo com o jardim zoológico de Maryland.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo de esqueletos de 200 gerações revela como humanos evoluíram para lutar contra germes

Estudiosos analisaram cerca de 70 mil esqueletos de 200 gerações a fim de entender como a humidade passou por pandemias anteriores. Os estudos foram feitos acerca de doenças infecciosas como tuberculose, treponematose e hanseníase. Os pesquisadores …

Médica adverte sobre síndrome inflamatória multissistema em pacientes que superaram covid

A médica-chefe de um hospital de Moscou, Mariana Lysenko, declarou em uma entrevista ao canal RT que alguns dos pacientes que superaram a COVID-19 podem desenvolver uma síndrome inflamatória multissistema. De acordo com a médica, a …

Militares abrem fogo contra manifestantes em Mianmar

Forças de segurança reforçam repressão aos protestos contra golpe de Estado e deposição do governo democraticamente eleito. Relatos de mortes surgem de várias cidades. ONU condena violência e o uso de força excessiva. As forças de …

LEGO lança quiz online para educar a criançada sobre cyberbullying

O sentido educacional que os brinquedos da LEGO oferecem ganha nova e ainda maior dimensão com o lançamento do Safer Internet Day (ou Dia da Internet mais Segura, em tradução livre), um quiz virtual desenvolvido …

Covid-19: Peru prorroga suspensão de voos do Brasil até 14 de março

O governo do Peru anunciou neste domingo (29) a prorrogação até 14 de março da suspensão de voos procedentes do Brasil. A medida preventiva visa evitar a entrada de passageiros que podem estar infectados …

Ex-funcionários do McDonald's revelam "estratégia de espionagem" da rede de fast-food

A revista Vice analisou testemunhos de supostos trabalhadores anônimos do McDonald's que tinham conhecimento direto da vigilância, e vazou documentos que explicam as táticas de espionagem. Uma equipe de analistas de inteligência da cadeia de fast-food …

Bolsonaro usa pesquisa alemã distorcida para criticar uso de máscaras

O presidente Jair Bolsonaro usou sua live de quinta-feira (26/02) para mais uma vez desestimular o uso de máscaras contra a covid-19. No mesmo dia em que o Brasil registrou a segunda pior marca de mortes …

Cientistas congelam sêmen de corais para tentar salvar espécie da extinção no Brasil

Estima-se que até 50% dos recifes de corais já desapareceram dos oceanos. A previsão para o futuro também não é animadora: uma projeção da Unesco apontou que, caso as mudanças climáticas não sejam revertidas, eles …

Esqueletos descobertos podem revelar a história do mais rico pirata da historia, morto há 300 anos

No início do século XVIII, quem mandava nos mares sem lei do Caribe, da América Central e da América do Norte era o grande pirata inglês Samuel Bellamy, imortalizado pelo apelido de “Black Sam”. Um dos …

Biden isola príncipe saudita, provável alvo de relatório da CIA sobre morte de jornalista

O presidente americano, Joe Biden, falou pela primeira vez por telefone nesta quinta-feira (25) com o rei Salman, da Arábia Saudita, na iminência da publicação de um aguardado relatório de inteligência sobre o assassinato …