“Hyperloop de levitação”: a próxima revolução nas viagens?

Imagine viajar para o trabalho a quase 1.000 km/h, pairando um pouco acima do solo, sem barulho de motor.

Pode soar como um filme de ficção científica, mas este cenário se aproximou da realidade quando o Hyperloop da Virgin completou sua primeira viagem de teste de passageiros recentemente.

Embora o teste tenha atingido apenas cerca de um quinto da velocidade desejada, foi um marco importante para garantir a segurança dessa tecnologia inovadora. O projeto é o primeiro de vários desse tipo em todo o mundo que mudaria para sempre a maneira como viajamos. Mas quanto tempo temos que esperar para que isso se torne realidade e que consequências isso terá?

 

Uma meta para 2030

O teste foi realizado no deserto de Nevada, onde a Virgin tem uma pista especial DeviLoop para realizar seus testes. Dois executivos da Virgin, Josh Giegel e Sarah Luchian, foram as primeiras pessoas a experimentar o Hyperloop pessoalmente, amarrado a uma das cápsulas que tinha assentos de couro e pequenas janelas.

O teste atingiu apenas uma fração da velocidade potencial, cerca de 170 km/h, e Giegel comparou isso a estar dentro de um carro esporte em aceleração. Sua colega Luchian, porém, disse que foi bem mais suave do que ela esperava, o que é um sinal promissor para a próxima etapa do processo. Isso virá na forma de uma pista de teste de alta velocidade de $ 500 milhões em West Virginia – a construção está programada para começar em 2022 – onde haverá uma tentativa de alcançar uma viagem de passageiros em alta velocidade.

Se tudo correr bem, a Virgin terá como objetivo a certificação total até 2025, com o objetivo de o Hyperloop chegar às ruas cinco anos depois. Nesse ponto, uma revolução nos transportes pode muito bem ter começado.

 

Reduzindo o tempo de jornada

Então, como a levitação de alta velocidade afetará nossas vidas diárias? Atualmente, os passageiros de trem em muitos países ao redor do mundo estão acostumados a transportes barulhentos e lerdos que se arrastam enquanto a maioria ouve podcasts ou joga jogos de cassino online para aliviar o tédio. Logo, o hyperloop mudaria tudo isso.

Atualmente, viajar de Nova York a Washington D.C., por exemplo, leva quase três horas: o Hyperloop reduziria para trinta minutos: metade do tempo de um voo comercial atual entre as duas cidades. Isso será feito por meio de uma série de tubos a vácuo usando tecnologia baseada em airlock – normalmente vista em ônibus espaciais – para transportar as pessoas de um lugar para outro.

O impacto disso seria revolucionário. A redução do tempo de viagem aliviaria o congestionamento, aumentaria a produtividade do trabalhador e, por fim, traria enormes ganhos para a economia. Também produzirá vantagens sociais, como mais tempo de lazer para as pessoas e melhores opções de viagens. A tecnologia pularia direto das páginas dos livros de ficção científica para nossas vidas diárias. Mas será que tem alguma desvantagem?

 

Acidentes, força G e dinheiro

Apesar de todas as vantagens fantásticas que o hyperloop oferece, algumas pessoas expressaram preocupação sobre as desvantagens da tecnologia. A segurança é fundamental para elas. Balançar pelo ar em tal velocidade é muito emocionante, mas o que acontece se houver um acidente, como uma seção da pista com defeito? Além disso, qualquer tipo de rachadura no casulo certamente seria catastrófico com a pressão do ar envolvida. As chances de sobrevivência para qualquer um lá dentro seriam mínimas.

Outra coisa a se considerar é o efeito potencial no corpo humano. Alguns se perguntaram se podemos suportar fisicamente a força G gerada por uma velocidade tão alta, mas a Virgin tem certeza de que será semelhante à sensação que sentimos ao decolar em um voo normal.

Em terceiro lugar, e talvez a preocupação mais urgente para as pessoas por trás do projeto, é o custo e a permissão de planejamento para trazer o Hyperloop à vida. Os críticos apontaram a enorme extensão de infraestrutura que o transporte exige, com enormes redes de tubos que requerem faixas de terra. Embora a Virgin tenha levantado uma grande quantidade de fundos privados para construção, qualquer governo que assumir o sistema precisará fornecer dinheiro público para cobrir outras despesas importantes, bem como garantir que o terreno seja adequado para o propósito.

Apesar dessas preocupações, o otimismo continua alto de que todas as questões de segurança e custos sejam resolvidas, especialmente depois que o chefe da Virgin, Richard Branson, previu que as passagens não custariam mais do que uma passagem de trem padrão hoje.

Outros hyperloops

A Virgin não é a única empresa com grandes projetos em um hiperloop revolucionário. A TransPod, com sede no Canadá, garantiu o primeiro apoio oficial de uma nação do G7 depois que o governo canadense apoiou seus planos, embora sem o apoio financeiro. O prazo de conclusão é semelhante ao da Virgin, com a construção começando por volta de 2025 e levando vários anos para ser concluída. O tempo de viagem entre Calgary e Edmonton, atualmente demora entre 50 minutos (voo) a 4h30 de viagem, o que seria reduzido para apenas meia hora.

Na Europa, a empresa espanhola Zeleros recentemente levantou mais de € 7 milhões em sua primeira rodada de financiamento de investidores estratégicos, e uma rota entre Paris e Berlim está no topo da lista de alvos. A empresa é uma startup de tecnologia limpa e dará ênfase ao uso de energia sustentável.

Embora existam obstáculos significativos no caminho para o uso em larga escala de todas as empresas em questão, não há como negar que as notícias recentes nos levam a um passo mais perto de viagens diárias de alta velocidade. Antes de nos darmos conta, poderemos estar viajando em tubos herméticos que normalmente só vemos em filmes de ficção científica.

Ciberia //

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …