“Hyperloop de levitação”: a próxima revolução nas viagens?

Imagine viajar para o trabalho a quase 1.000 km/h, pairando um pouco acima do solo, sem barulho de motor.

Pode soar como um filme de ficção científica, mas este cenário se aproximou da realidade quando o Hyperloop da Virgin completou sua primeira viagem de teste de passageiros recentemente.

Embora o teste tenha atingido apenas cerca de um quinto da velocidade desejada, foi um marco importante para garantir a segurança dessa tecnologia inovadora. O projeto é o primeiro de vários desse tipo em todo o mundo que mudaria para sempre a maneira como viajamos. Mas quanto tempo temos que esperar para que isso se torne realidade e que consequências isso terá?

 

Uma meta para 2030

O teste foi realizado no deserto de Nevada, onde a Virgin tem uma pista especial DeviLoop para realizar seus testes. Dois executivos da Virgin, Josh Giegel e Sarah Luchian, foram as primeiras pessoas a experimentar o Hyperloop pessoalmente, amarrado a uma das cápsulas que tinha assentos de couro e pequenas janelas.

O teste atingiu apenas uma fração da velocidade potencial, cerca de 170 km/h, e Giegel comparou isso a estar dentro de um carro esporte em aceleração. Sua colega Luchian, porém, disse que foi bem mais suave do que ela esperava, o que é um sinal promissor para a próxima etapa do processo. Isso virá na forma de uma pista de teste de alta velocidade de $ 500 milhões em West Virginia – a construção está programada para começar em 2022 – onde haverá uma tentativa de alcançar uma viagem de passageiros em alta velocidade.

Se tudo correr bem, a Virgin terá como objetivo a certificação total até 2025, com o objetivo de o Hyperloop chegar às ruas cinco anos depois. Nesse ponto, uma revolução nos transportes pode muito bem ter começado.

 

Reduzindo o tempo de jornada

Então, como a levitação de alta velocidade afetará nossas vidas diárias? Atualmente, os passageiros de trem em muitos países ao redor do mundo estão acostumados a transportes barulhentos e lerdos que se arrastam enquanto a maioria ouve podcasts ou joga jogos de cassino online para aliviar o tédio. Logo, o hyperloop mudaria tudo isso.

Atualmente, viajar de Nova York a Washington D.C., por exemplo, leva quase três horas: o Hyperloop reduziria para trinta minutos: metade do tempo de um voo comercial atual entre as duas cidades. Isso será feito por meio de uma série de tubos a vácuo usando tecnologia baseada em airlock – normalmente vista em ônibus espaciais – para transportar as pessoas de um lugar para outro.

O impacto disso seria revolucionário. A redução do tempo de viagem aliviaria o congestionamento, aumentaria a produtividade do trabalhador e, por fim, traria enormes ganhos para a economia. Também produzirá vantagens sociais, como mais tempo de lazer para as pessoas e melhores opções de viagens. A tecnologia pularia direto das páginas dos livros de ficção científica para nossas vidas diárias. Mas será que tem alguma desvantagem?

 

Acidentes, força G e dinheiro

Apesar de todas as vantagens fantásticas que o hyperloop oferece, algumas pessoas expressaram preocupação sobre as desvantagens da tecnologia. A segurança é fundamental para elas. Balançar pelo ar em tal velocidade é muito emocionante, mas o que acontece se houver um acidente, como uma seção da pista com defeito? Além disso, qualquer tipo de rachadura no casulo certamente seria catastrófico com a pressão do ar envolvida. As chances de sobrevivência para qualquer um lá dentro seriam mínimas.

Outra coisa a se considerar é o efeito potencial no corpo humano. Alguns se perguntaram se podemos suportar fisicamente a força G gerada por uma velocidade tão alta, mas a Virgin tem certeza de que será semelhante à sensação que sentimos ao decolar em um voo normal.

Em terceiro lugar, e talvez a preocupação mais urgente para as pessoas por trás do projeto, é o custo e a permissão de planejamento para trazer o Hyperloop à vida. Os críticos apontaram a enorme extensão de infraestrutura que o transporte exige, com enormes redes de tubos que requerem faixas de terra. Embora a Virgin tenha levantado uma grande quantidade de fundos privados para construção, qualquer governo que assumir o sistema precisará fornecer dinheiro público para cobrir outras despesas importantes, bem como garantir que o terreno seja adequado para o propósito.

Apesar dessas preocupações, o otimismo continua alto de que todas as questões de segurança e custos sejam resolvidas, especialmente depois que o chefe da Virgin, Richard Branson, previu que as passagens não custariam mais do que uma passagem de trem padrão hoje.

Outros hyperloops

A Virgin não é a única empresa com grandes projetos em um hiperloop revolucionário. A TransPod, com sede no Canadá, garantiu o primeiro apoio oficial de uma nação do G7 depois que o governo canadense apoiou seus planos, embora sem o apoio financeiro. O prazo de conclusão é semelhante ao da Virgin, com a construção começando por volta de 2025 e levando vários anos para ser concluída. O tempo de viagem entre Calgary e Edmonton, atualmente demora entre 50 minutos (voo) a 4h30 de viagem, o que seria reduzido para apenas meia hora.

Na Europa, a empresa espanhola Zeleros recentemente levantou mais de € 7 milhões em sua primeira rodada de financiamento de investidores estratégicos, e uma rota entre Paris e Berlim está no topo da lista de alvos. A empresa é uma startup de tecnologia limpa e dará ênfase ao uso de energia sustentável.

Embora existam obstáculos significativos no caminho para o uso em larga escala de todas as empresas em questão, não há como negar que as notícias recentes nos levam a um passo mais perto de viagens diárias de alta velocidade. Antes de nos darmos conta, poderemos estar viajando em tubos herméticos que normalmente só vemos em filmes de ficção científica.

Ciberia //

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e aposentar as baterias no futuro

O mundo já conhece os benefícios da tecnologia 5G como a alta velocidade na transmissão de dados e baixa latência. Agora, os cientistas do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, descobriram que essas redes …

Covid: como evitar a trágica marca de 5 mil mortes por dia no Brasil?

No dia 19 de maio de 2020, o Brasil atingiu pela primeira vez a marca das mil mortes diárias por covid-19. Esse número permaneceu relativamente estável, em um patamar considerado alto, durante todo o segundo semestre …

Físicos afirmam que o universo é um computador de aprendizado de máquina

Físicos teóricos que trabalham com a Microsoft lançaram um artigo na sexta-feira afirmando que o universo é essencialmente um computador de aprendizagem de máquina (machine learning, em inglês). Os pesquisadores, vários afiliados à Microsoft, pré-publicaram um …

Mundo ainda tem países sem uma única dose de vacina

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 600 milhões de doses de vacina contra a covid-19 já foram aplicadas em todo o mundo. Mas a discrepância entre países é alta: enquanto, …

Covid: site calcula quando você será vacinado. Resultados não animam

Um grupo de voluntários chamado CoronavirusBra desenvolveu uma plataforma para calcular quando você será vacinado contra a covid-19. O ‘Quando vou ser vacinado?’ utiliza dados públicos como a média de imunizados com o número de pessoas …

Rússia inicia desenvolvimento de mais uma vacina contra COVID-19

Sendo o primeiro país a registrar uma vacina contra a COVID-19, a Rússia anunciou o início do desenvolvimento de mais uma vacina contra o coronavírus. A criação do novo medicamento estará a cargo do Instituto Smorodintsev …

Especialista chinês: ascensão da China faz EUA entrarem em pânico e ficarem nervosos

O desenvolvimento econômico e a ascensão do país asiático fazem os EUA ficarem nervosos e entrarem em pânico, mas este medo se origina em seus preconceitos, disse em entrevista à Sputnik um especialista chinês. Li Junru, …

Interação de múons, a nova força da natureza que cientistas acreditam ter descoberto

Desde colar um ímã na porta de uma geladeira até jogar uma bola em uma cesta de basquete, as forças da física funcionam em todos os momentos de nossas vidas. Todas as forças que experimentamos todos …

Receita afirma que "só rico lê" e reforça preconceito de classe brasileiro

A Receita Federal deseja manter o projeto que cobra impostos sobre livros. Através da mesclagem entre PIS e Cofins, a nova CBS (Contribuição sobre bens e serviços), uma espécie de imposto sobre valor agregado, o …

Tribunal europeu dá aval a vacinação obrigatória

Corte de direitos humanos diz que medida pode ser necessária em sociedades democráticas e abre precedente no combate à covid-19. Tribunal julgava ação de famílias tchecas que se recusaram a vacinar os filhos. O Tribunal Europeu …