Iceberg do tamanho de Manhattan se separa da Antártida

As temperaturas elevadas nas águas em torno da Antártica foram responsáveis pela separação de um bloco de gelo do tamanho de Manhattan, comunicam cientistas norte-americanos.

As imagens tiradas por satélite em janeiro mostram a separação de um bloco gigantesco do Glaciar de Pine Island do continente. Segundo o LiveScience, algumas áreas da superfície gelada da Antártida estão marcadas com inúmeras fendas, que podem provocar um agravamento da rutura.

Segundo o glaciólogo Ian Howat, pesquisador da Universidade Estatal de Ohio, esta quebra poderia ser resultado de uma anterior, que aconteceu em julho de 2015. Porém, vale ressaltar que o bloco de gelo que se separou do continente na época era maior, ou seja, cerca de 600 km2quase a metade do Rio de Janeiro.

“Tal separação ‘veloz’ parece atípico para este glaciar”, diz Howat. Porém, o incidente “condiz com uma imagem mais ampla das fendas basais no centro da plataforma do gelo erodida pelas águas mornas do oceano, o que faz a plataforma se quebrar de dentro para fora”, explicou.

De acordo com o Centro de Informações Nacional de Neve e Gelo norte-americano, a superfície do gelo atingiu um nível mínimo de 2,3 milhões de km².

O glaciar Pine Island está “recuando e emagrecendo”, diz Simon Gascoin, especialista do Centro Nacional de Estudos Científicos francês. Ao longo dos últimos 27 anos, as águas debaixo do Glaciar esquentaram 17 graus.

“Os recentes processos de separação e quebra podem ser provas autênticas de uma rápida desintegração da plataforma de gelo em curso, em maior parte pelo aquecimento do oceano”, resumiu.

No início deste mês, a agência espacial europeia ESA alertou que, em uma outra área da Antártida, a plataforma de gelo Larsen C está a ponto de se desprender. Segundo a agência, a rachadura que há anos surgiu na plataforma está aumentando “mais rápido do que nunca” e está prestes a se separar da terra firme.

Se uma barreira de gelo como esta se solta, o fluxo das geleiras localizadas depois dela pode ser acelerado, o que produziria o aumento do nível do mar, alertam os especialistas da ESA.

Em dezembro, aviões da NASA descobriram em uma das geleiras mais vulneráveis da Antártida uma fenda gigante de 112 quilômetros de extensão, cuja aparência indica o início do colapso desta massa de gelo e a formação de um mega-iceberg de 6,5 mil km2.

Os climatologistas, oceanógrafos e outros cientistas acreditavam durante muito tempo que a mudança climática ameaçava destruir principalmente as reservas setentrionais de gelo da Terra — as geleiras da Groenlândia e a calota polar norte.

Porém, nos últimos anos, essa visão começou a mudar, porque os cientistas encontraram evidências de que o primeiro gelo a desaparecer será não o do norte, mas algumas geleiras da Antártida, que está rachando de dentro para fora, levando a um aumento catastrófico do nível do mar.

Ciberia // Sputnik News

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Sem capacidade para reciclar, Malásia devolve lixo para países desenvolvidos

A Malásia devolveu 150 contêineres de lixo ilegal para seus países de origem. Entre eles estão os Estados Unidos, a França, o Reino Unido e o Canadá, anunciaram as autoridades nesta segunda-feira (20). Segundo …

Defesa de Trump diz que processo de impeachment é ilegal

Em primeira manifestação formal desde o início do julgamento do presidente, defesa acusa oposição democrata de tentar interferir nas eleições de 2020. Os advogados do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disseram neste sábado que o …

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …