O estado indiano de Kerala vive há dez dias as piores inundações em um século por causa das torrenciais chuvas de monção, que já deixaram cerca de 200 mortos e mais de 220 mil evacuados em acampamentos de emergências de toda a região.

Enquanto centenas de soldados das equipes de emergências tentam resgatar com cordas, helicópteros e lanchas milhares de pessoas presas pelo aumento do nível da água, o número de mortos não deixa de aumentar neste estado de cerca de 30 milhões de habitantes.

Um porta-voz da Divisão de Gestão de Desastres do Ministério de Interior indiano, subcomandante Sr. A. Shekhar, confirmou à EFE que só nas últimas 24 horas foram registradas 30 mortes, um número que ontem era de 164 para os últimos 10 dias.

Desde 1 de junho, quando a monção chegou a Kerala, morreram 319 pessoas em incidentes relacionados com as precipitações, como deslizamentos de terra e desabamentos, precisou a fonte, que não pôde oferecer um número acumulado dos últimos dez dias.

Nos últimos três meses, cerca de 724 mil pessoas foram amparadas em algum acampamentos de emergência construídos pelas autoridades nos 14 distritos da região e outras 33.179 foram evacuadas pelas equipes de resgate, de acordo com Shekhar.

Segundo informou no Twitter o escritório do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, nos trabalhos de resgate participam 1,3 mil soldados da Força Nacional de Resposta a Desastres (NDRF, em inglês), 435 embarcações e cinco companhias de guardas de fronteiras e outros corpos indianos.

Além disso, estão desdobradas as Forças Armadas.

Concretamente, o Exército enviou a Kerala 790 soldados, enquanto a Marinha e a Guarda Costeira desdobraram 82 e 42 equipes, respectivamente, e foram mobilizados 38 helicópteros para as operações de resgate e outras 20 aeronaves para a distribuição e transferência de materiais.

Imagens divulgadas pelas diferentes agências que participam do resgate mostram pessoas sendo evacuadas em helicóptero desde casas submersas e famílias que são tiradas de lancha por ruas nas quais a água chega até a cintura.

Prakash Elamakkara / EPA

As autoridades também estão repartindo alimentos e produtos básicos com a ajuda de pequenos botes.

O aeroporto internacional de Cochin, capital regional, assim como os serviços de trem e metrô, estão suspensos desde que há vários dias as chuvas aumentaram. Quase todos os distritos estão em “alerta vermelho” e o Departamento Meteorológico advertiu que as fortes chuvas previstas nessas zonas podem seguir causando danos.

O primeiro-ministro indiano visitou hoje o estado sulista, onde se reuniu com as autoridades locais e realizou uma inspeção aérea para avaliar os danos causados pelo desastre.

“Em reunião organizada para analisar a situação das inundações no estado, o chefe do Governo regional, Pinarayi Vijayan, informou ao primeiro-ministro, Narendra Modi, que o estado sofreu perdas no valor de 195,1 bilhões de rupias (cerca de US$ 2,8 bilhões)”, informou o escritório de Vijayan em sua conta do Twitter.

Durante a visita, Modi anunciou uma doação de cerca de US$ 71 milhões para ajudar a lidar com as graves inundações associadas à época de monção, segundo o escritório do chefe de Governo de Kerala.

Os deslizamentos de terra e as inundações são frequentes na época de monção no sul da Ásia, onde a cada ano, além de vítimas, ocorrem grandes danos materiais.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coronavírus terá impacto no PIB chinês e na economia global

A nova epidemia de coronavírus é um balde de água fria na cabeça do mundo. A começar pelos chineses. Em 2003, o último vírus mortal se propagando pelo mundo inteiro – o SARS – …

Abelhas adoram cannabis e este caso de amor pode ajudar a salvar a espécie

Consideradas os seres vivos mais importantes do planeta, as abelhas são animais insubstituíveis, dos quais dependemos para viver. No entanto, nas últimas décadas, devido ao aquecimento global e o uso execessivo de pesticidas, elas estão …

Cientistas finalmente descobriram como capturar o espectro todo da luz solar para gerar hidrogênio

Pela primeira vez, cientistas da Universidade Estadual de Ohio (EUA) desenvolveram uma molécula que é capaz de coletar a energia de todo o espectro da luz solar. O processo, 50% mais eficiente que as atuais …

Você agora pode ouvir a voz de uma múmia de 3 mil anos

Com uso de tomografia computadorizada, impressão 3D e laringe eletrônica, pesquisadores do Reino Unido reconstruíram o trato vocal de uma múmia egípcia. Para a realização do projeto que teve início em 2013, foi preciso combinar medicina, …

Krakatoa, o inferno de Java: a erupção há 137 anos que foi sentida no planeta inteiro

Em 1883, o mundo presenciou um evento natural tão bombástico e violento que pôde ser notado de alguma forma por praticamente todos os habitantes do planeta. A erupção do vulcão Krakatoa, na Indonésia, lançou detritos a …

Educação e confiança fazem da Dinamarca país menos corrupto do mundo

Imagine poder almoçar tranquilamente num restaurante ou fazer compras enquanto deixa o seu bebê no carrinho, estacionado do lado de fora na calçada. Essa cena, que faz parte do cotidiano dos dinamarqueses, só é …

Brasil adianta ponteiros do Relógio do Juízo Final

O Relógio do Juízo Final teve seus ponteiros ajustados nesta quinta-feira (23/01) para a marca de apenas 100 segundos para a meia-noite, simbolizando o maior perigo para a humanidade registrado desde criação do dispositivo em …

Estudo comprova ligação entre estresse e cabelos brancos

Pesquisadores brasileiros e americanos investigaram processo de embranquecimento dos cabelos e concluem que estresse leva à liberação de substância que pode danificar células-tronco regeneradoras de pigmentos. Quando Maria Antonieta foi capturada durante a Revolução Francesa, consta …

Japão pretende desenvolver tecnologia ultrarrápida 6G até 2030

O governo japonês elaborará uma estratégia abrangente sobre as futuras redes de comunicação sem fio ultrarrápidas 6G e montou um painel para discutir o assunto, declarou ministra japonesa do Interior e Comunicações. O anúncio foi feito …

Tesla atinge valor de mercado de US$ 100 bi — e Musk receberá um grande bônus

A Tesla é uma das companhias mais promissoras do mundo, mas ainda gera dúvidas entre os investidores, devido aos problemas para atingir as metas de produção e polêmicos acidentes envolvendo seus veículos — além de …