Inteligência artificial do Google aprende a criar inteligência artificial

(dr) The Future of Life Institute

Em um projeto chamado AutoML, os pesquisadores de inteligência artificial do Google ensinaram um software de aprendizado de máquinas a construir um software de aprendizado de máquinas.

Em alguns casos, ele é mais poderoso e eficiente do que os melhores sistemas que os próprios pesquisadores podem projetar. De acordo com o Google, o sistema recentemente atingiu um recorde de 82% na categorização de imagens por seu conteúdo.

Em uma tarefa mais difícil, de marcar a localização de múltiplos objetos em uma imagem, algo importante em realidade aumentada e robôs autônomos, o sistema gerado automaticamente obteve um sucesso de 43%, em comparação com os 39% do melhor sistema criado por humanos.

Automatizando conhecimento

Tais resultados são significativos porque os conhecimentos necessários para construir sistemas avançados de inteligência artificial (IA) são raros, mesmo no Google.

“Hoje, estes sistemas são feitos manualmente por cientistas de aprendizado de máquinas e, literalmente, apenas alguns milhares em todo o mundo podem fazer isso”, disse o CEO do Google, Sundar Pichai, na semana passada, em um evento de lançamento para novos smartphones e outros dispositivos. “Queremos habilitar centenas de milhares de desenvolvedores para fazer o mesmo”.

Por enquanto, o AutoML é apenas um projeto de pesquisa. Ironicamente, os cientistas trabalhando nele são exatamente o tipo de experts que esta tecnologia vai automatizar.

Mas um número crescente de pesquisadores fora do Google também está trabalhando em projetos semelhantes. Se a IA artificial se revelar prática, a aprendizagem de máquinas pode se espalhar para fora da indústria de tecnologia, por exemplo, nas áreas de saúde e finanças.

Redes neurais artificiais

Pesquisadores de dois grupos dentro da companhia, o Google Brain e o DeepMind, já ajudaram a reduzir as contas de energia em centros de dados do Google e aceleraram a capacidade da empresa de mapear novas cidades, por exemplo.

O AutoML poderia tornar esses especialistas ainda mais produtivos ou ajudar engenheiros menos qualificados a construir sistemas poderosos de IA sozinhos.

Um dos objetivos do Google, ao investir neste tipo de avanço, é acelerar o processo de implantação de redes neurais artificiais. Essa técnica envolve a alimentação de dados através de redes de operações matemáticas inspiradas pelo funcionamento dos neurônios.

Isso pode parecer altamente sofisticado, mas boa parte do trabalho dos especialistas é usar instinto, bem como tentativa e erro, para descobrir a arquitetura certa para uma rede neural.

“Uma grande parte do trabalho é essencialmente uma tarefa muito aborrecida, de tentar múltiplas configurações para ver quais funcionam melhor”, explica Roberto Calandra, pesquisador da Universidade da Califórnia em Berkeley.

Um sistema de inteligência artificial chamado AdaNet, criado por uma colaboração que inclui pesquisadores do Google, já conseguiu construir sozinho uma rede neural camada por camada, testando cada adição ao design para garantir que ela melhora o desempenho.

Amplitude

Se o AutoML funcionar bem o suficiente para se tornar uma ferramenta prática para programadores, seus efeitos podem ser sentidos além do próprio Google. Pichai insinuou na semana passada que disponibilizaria a ferramenta para outras empresas.

Queremos democratizar isso”, sugeriu.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Defesa de Trump diz que processo de impeachment é ilegal

Em primeira manifestação formal desde o início do julgamento do presidente, defesa acusa oposição democrata de tentar interferir nas eleições de 2020. Os advogados do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disseram neste sábado que o …

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …