Inteligência Artificial contraria médicos e salva pacientes em coma

Um sistema de Inteligência Artificial (IA) desenvolvido na China ajudou a salvar a vida de vários pacientes em estado de coma, casos considerados “sem esperança” por vários médicos. A IA contrariou o prognóstico – e os pacientes acordaram.

Normalmente, os neurologistas conduzem uma série de avaliações para determinar o potencial de recuperação de um paciente com lesões cerebrais. No teste conduzido, é atribuída uma determinada pontuação. Uma baixa pontuação implica que o doente tem poucas chances de acordar.

Um dos principais neurologistas da China atribuiu sete dos 23 pontos da escala a um paciente de 19 anos com síndrome do encarceramento, um resultado bastante baixo. No entanto, ao ser reexaminado com a ajuda do sistema de Inteligência Artificial, o resultado aumentou para mais de 20 pontos – muito perto da pontuação total.

Em outro caso, aponta o South China Morning Post, os médicos atribuíram a uma mulher de 41 anos, vítima de derrame cerebral e em estado vegetativo há três meses, uma pontuação potencial de recuperação de seis. O computador atribuiu 20.

O jovem, a mulher e outros cinco pacientes – que os médicos acreditavam que nunca recuperariam a consciência – acabaram acordando até 12 meses após os exames cerebrais, exatamente como previsto pelo modelo computorizado.

Previmos com êxito que um determinado número de pacientes recuperaria a consciência mesmo depois de serem inicialmente apontados como sem esperança”, escreveram os pesquisadores da Academia Chinesa de Ciências em comunicado.

Contudo, a “máquina” também comete erros: um homem de 36 anos com danos no tronco cerebral recebeu baixas pontuações tanto da IA quanto da avaliação dos médicos. Ao contrário dos prognósticos, o homem se recuperou totalmente em menos de um ano.

Quase 90% de precisão

Sinteticamente, o sistema recém-criado recorre à IA e, através de imagens médicas, ajuda os médicos a determinar se pacientes diagnosticados com danos cerebrais graves podem ou não recuperar a consciência.

Apesar de ser um diagnóstico, os testes que recorrem ao sistema de Inteligência Artificial têm uma precisão de quase 90%, de forma que raramente se cometam erros ao atribuir pontuações mais baixas, nota a RT.

Depois de oito anos, os cientistas conseguiram finalizar o projeto, tendo disponibilizado as conclusões em pré-publicação no mês passado em um artigo no eLife

Para Song Ming, médico e principal autor do estudo, o sistema se diferencia dos demais sistemas de IA utilizados no diagnóstico de doenças. “A nossa máquina pode ver coisas que são invisíveis ao olho humano“, explicou.

Contudo, destaca Ming, esta é apenas “uma ferramenta para ajudar médicos e famílias a tomar decisões, não podendo ‘nunca substituir os médicos’”, reiterou.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …

Explosões deixam vários mortos em mesquita no Afeganistão

Ao menos 33 pessoas morrem após explosões em mesquita xiita durante a oração de sexta-feira. Testemunha diz ter visto homens-bomba. Incidente ocorre dias depois de ataque do "Estado Islâmico" contra xiitas no país. Fortes explosões atingiram …

Vênus tinha oceanos? Cientistas refutam hipótese popular usando modelagem

Cientistas da Suíça e França refutaram a hipótese de que anteriormente Vênus era coberta por oceanos. Um novo estudo revela que mesmo no início, quando o Sol era mais fraco do que agora, a superfície …

Suspeito de ataque na Noruega era fichado na polícia por radicalização

Convertido ao islã e conhecido da polícia, dinamarquês de 37 anos teria usado outras armas além de arco e flecha em ataque que matou cinco pessoas em Kongsberg. Ele está preso e reconheceu envolvimento no …

Oposição manobra para destituir Piñera no Chile por citação nos Pandora Papers

Deputados de todos os partidos da oposição chilena apresentaram uma acusação no Congresso nesta quarta-feira (13) para destituir o presidente Sebastián Piñera pela controversa venda de uma mineradora em um paraíso fiscal, revelada no escândalo …

Fatores externos influenciam, mas não justificam inflação a dois dígitos no Brasil

A recuperação do impacto brutal da pandemia de coronavírus leva a inflação a subir na maioria dos países do mundo, mas a conjuntura internacional não explica o nível chegar a dois dígitos no Brasil. …

UE anuncia 1 bilhão de euros em ajuda ao Afeganistão

União Europeia justifica que é preciso evitar "colapso" no país e fornecer ajuda humanitária aos afegãos. Paralelamente, representantes do bloco europeu e dos EUA se reúnem com membros do Talibã em Doha, no Catar. O Talibã …