James Franco diz que alegações sobre assédio “não estão corretas”

O ator, que aderiu ao movimento “Time’s Up” e recebeu um Globo de Ouro, foi acusado horas depois de assédio sexual por duas mulheres. James Franco já reagiu, dizendo que essas alegações “não estão corretas”.

Questionado pelo apresentador Stephen Colbert, no “Late Show”, na terça-feira (9) à noite, sobre as acusações de assédio sexual de que foi alvo, James Franco começa dizendo que não leu essas alegações publicadas no Twitter, mas que já ouviu falar delas.

O ator, que recebeu o Globo para “Melhor Ator de Comédia ou Musical”, disse não saber o que poderia ter feito a Ally Sheedy, com quem trabalhou na peça “The Long Shrift”. “Tenho muito respeito por ela. Não faço ideia por que ficou chateada. Ela apagou o tweet. Não posso falar por ela”, respondeu ao apresentador.

Nos tweets, escreve o Observador, não foram feitas acusações específicas, mas os nomes dos atores foram acompanhados da já famosa hashtag #MeToo.

Uma das acusações mais explícitas veio de Violet Paley, que acusou o ator de ter empurrado sua cabeça contra seu pênis exposto quando os dois estavam em um carro e de ter assediado uma menor de idade. Outra atriz, Sarah Tither-Kaplan, acusou o colega de tentar fazer com que as mulheres ficassem nuas nos seus filmes sem ter combinado antes.

No mesmo programa, Franco acrescentou: “As coisas que ouvi dizer que estão no Twitter não estão corretas, mas apoio totalmente as pessoas que vêm a público e que são capazes de ter uma voz porque, durante muito tempo, não a tiveram”.

O ator diz que se orgulha de assumir a responsabilidade pelas coisas que faz e que tem de fazê-lo para manter seu bem-estar. “Faço isso quando sei que algo está mal e precisa ser mudado. Não consigo viver se não houver restituição. Se fiz alguma coisa mal, resolvo. Tenho de fazê-lo”.

Segundo o jornal online, Violet Paley já publicou mais um tweet, no qual refere que o colega de profissão já pediu desculpas, assim como a “outras garotas” há algumas semanas, embora considere ser um pedido “atrasado, irritado e conveniente”.

Nesta quarta-feira (10), o New York Times cancelou um ato público previsto com o ator e diretor. Um porta-voz do jornal indicou que, “dada a controvérsia em torno das recentes acusações”, a organização não se sente “confortável” com o evento.

2017 foi o ano em que vieram à tona denúncias de assédio sexual que abalaram a indústria do entretenimento. Perante as acusações, celebridades que pisaram o tapete vermelho do Globo de Ouro chamaram a atenção, usando preto, para defender a causa da “Time’s Up”.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA e Reino Unido teriam dado 'luz verde' a Israel para retaliar Irã após ataque a petroleiro

Irã rejeitou o envolvimento do país no ataque contra o petroleiro Mercer Street no mar Arábico que ocorreu na quinta-feira (29), condenando as acusações lançadas pelo governo israelense. Tel Aviv teria recebido "luz verde" de Washington …

Incêndios causam mortes e devastação no sul da Europa

A União Europeia EU) enviou ajuda para a Turquia nesta segunda-feira (02/08), e voluntários se juntaram a bombeiros na luta contra fortes incêndios que já duram seis dias e mataram oito pessoas no país. Em …

Golpe militar em Mianmar completa seis meses e já resultou em quase mil mortes de civis

Aterrorizados pela repressão da junta militar e pela propagação do coronavírus, poucos birmaneses se atreviam a ir às ruas para protestar neste domingo (1º), quando completam-se seis meses do golpe de Estado que mergulhou …

Governo italiano vende casas a 2 euros na região da Sicília

Mais uma vez o governo italiano está vendendo casas em áreas rurais da Itália, após o sucesso da campanha para repovoamento de áreas abandonadas. Além de promover a ocupação por meio de incentivos para jovens e …

Bolsonaro admite não ter provas de fraudes eleitorais

Em live para a qual convocou veículos de imprensa, Bolsonaro exibiu uma série de teorias falsas, cálculos equivocados e vídeos antigos, já verificados e desmentidos, mas que ainda circulam na internet, como supostas evidências de …

A incrível civilização antiga que mumificava os mortos 2 mil anos antes dos egípcios

"As mais antigas evidências arqueológicas conhecidas de mumificação artificial de corpos", segundo a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), estão presentes na América do Sul, na costa árida …

Delta pode causar covid-19 mais grave, alerta agência americana

Documento interno do órgão de prevenção de doenças dos EUA indica que a variante delta do coronavírus é tão contagiosa quanto a catapora e pode ser transmitida mesmo por indivíduos vacinados. "A guerra mudou", diz …

Vendas de vacinas anticovid impulsionam lucros de laboratórios

A empresa farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (28) que as vendas de sua vacina contra a Covid-19 alcançaram US $ 1,17 bilhão no primeiro semestre do ano. Este número corresponde à entrega de aproximadamente …

Cientistas transformaram água pura em metal pela primeira vez

Cientistas transformaram, pela primeira vez, água pura em metal. A pesquisa poderia permitir um estudo detalhado das condições de extrema alta pressão dentro de grandes planetas. A água pura é um isolante quase perfeito. Sim, a …

Imagens do satélite Amazonia-1 já estão disponíveis — e qualquer um pode acessar

O Ministério da Ciência e Tecnologia comunicou, nesta semana, que as imagens do Amazonia-1 já podem ser acessadas pelo público. O satélite Amazonia-1 foi lançado em fevereiro de 2021 e, desde então, já avançou por etapas importantes, …