Jovem quase perde a vida após desenvolver doença por causa de absorvente

(dr)

-

A adolescente Katrina Shelton, 16 anos, surpreendeu os médicos ao contrair uma doença rara. Inicialmente, ela recebeu diagnóstico de gripe, e foi levada às pressas para o hospital depois que o “vírus” tornou-se cada vez pior. A jovem começou a se sentir fraca e febril. 

O caso aconteceu em Pentwater, uma vila localizada no estado norte-americano de Michigan.

De acordo com o jornal Daily Mail, Katrina Shelton foi transferida para a UTI, onde foi diagnosticada com síndrome do choque tóxico, TSS.

“Eu acordei e não podia mover o lado direito do meu corpo. Não conseguia levantar a perna ou o braço e comecei a surtar. Não me lembro como cheguei lá, mas minha mãe teve que me levar para o carro, porque eu não conseguia andar”, contou a jovem ao jornal.

Ela foi tratada com antibióticos e se recuperou. Os médicos acreditam que Katrina foi infectada pelos materiais tóxicos contidos nos absorventes internos.

“Os médicos não têm certeza do porquê exatamente isso aconteceu. Mas me disseram para não usar absorventes novamente. Fiquei tão chocada… Você vê as etiquetas de advertência nas caixas, mas nunca pensa que vai acontecer com você”, completou Katrina.

(dr)

-

Katrina Shelton foi diagnosticada com síndrome do choque tóxico

Vale lembrar que a síndrome de choque tóxico é rara, afeta 1 a cada 100.000 pessoas, mas tem alto grau de mortalidade.

Modelo perdeu perna por causa de absorvente

Não é a primeira vez que um caso de infecção por uso de absorventes vira notícia. Em 2012, a modelo Lauren Wasser, de 26 anos, quase morreu depois de contrair a síndrome do choque tóxico.

Depois de perder a perna esquerda em decorrência da intoxicação, a norte-americana agora processa o fabricante do produto e faz campanha pelo banimento desses materiais. ‘Tudo era baseado na aparência. Eu era aquela garota, e eu nem pensava sobre isso”, disse ela ao relatar seu drama à revista Vice.

Lauren conta que no dia do incidente trocou de absorvente três vezes. Porém, na festa de um amigo, começou a se sentir muito mal e decidiu ir para casa dormir. Foi encontrada no dia seguinte pela polícia que, levada por um amigo, achou a jovem deitada no chão ardendo em febre. Ela havia sofrido um ataque cardíaco.

Jennifer Rovero / Camraface

Lauren Wasser, de 26 anos, quase morreu e perdeu uma perna depois de contrair a síndrome do choque tóxico

Lauren Wasser, de 26 anos, quase morreu e perdeu uma perna depois de contrair a síndrome do choque tóxico

A carboximetilcelulose geleificada nos absorventes proporciona um meio viscoso propício para o desenvolvimento de bactérias. Por isso é importante trocar o absorvente com frequência, impedindo, assim, a reprodução dessas bactérias.

Lauren perdeu metade da perna esquerda, consumida por uma gangrena gerada pela infecção que se espalhou pelo corpo dela. Ela teve sorte por ter sobrevivido, felizmente.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …