Juiz condena 19 agentes de Pinochet por morte e desaparecimento de opositores

fpealvarez / Flickr

O antigo presidente do Chile, Augusto Pinochet

Um juiz especial do Chile condenou 19 ex-agentes da ditadura de Augusto Pinochet pelo desaparecimento de 16 opositores do regime e o homicídio de um outro em 1976, informaram neste sábado fontes oficiais.

Segundo o processo conduzido pelo juiz Leopoldo Llanos, da Corte de Apelações de Santiago, os opositores assassinados pelo regime de Augusto Pinochet eram dirigentes do Partido Comunista que atuavam na clandestinidade e foram presos em uma operação que tinha como objetivo matá-los.

Vários dos presos na operação foram mortos no quartel Simón Bolívar, um local revelado apenas há poucos anos. Nenhum prisioneiro do regime levado até lá deixou a prisão com vida.

Um membro arrependido da Direção de Inteligência Nacional (Dina), a polícia da ditadura de Pinochet, revelou que, no quartel, os presos foram agredidos e torturados com injeções de cianureto. Em alguns casos foi usado até gás sarín.

Os corpos eram jogados em sacos com barras de metal e levados a campos militares. De lá, eram colocados em helicópteros e jogados no mar. Outros cadáveres foram escondidos em terrenos do próprio Exército e em minas abandonadas.

Em 1990, em um terreno do Exército perto de Santiago, que tinha sido vendido anos antes, uma construtora encontrou três corpos, um deles de Eduardo Canteros Prado, uma das vítimas do caso.

Vários dos condenados hoje já estão presos por terem também sido considerados culpados em outros casos de violação de direitos humanos.

Um deles é o brigadeiro Pedro Espinoza, ex-subdiretor da Dina, que soma uma pena de mais de 500 anos de prisão. Desta vez, ele foi condenado a 20 anos de reclusão pelos 16 desaparecimentos e a mais 20 anos pelo homicídio qualificado de Eduardo Canteros.

Na parte civil, o juiz aceitou as demandas apresentadas pelos familiares das vítimas e condenou o governo do Chile a pagar 2,42 bilhões de pesos (cerca de R$ 11,7 milhões) em indenizações.

Durante a ditadura de Pinochet (1973-1990), cerca de 3.200 chilenos foram mortos por agentes do regime. Do total, 1.192 são considerados como presos desaparecidos. Além disso, 33 mil pessoas foram detidas e torturadas por motivos políticos.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudos corroboram correlação entre tipo sanguíneo e risco de covid-19

A suscetibilidade ao contágio com o vírus Sars-Cov-2 pode variar segundo o grupo sanguíneo: os indivíduos do grupo O tendem a um menor risco, enquanto os demais estão também potencialmente mais expostos a quadros clínicos …

Bolsonaro reforça que brasileiro não será obrigado a tomar vacina contra a COVID-19

Declaração do presidente acontece três dias depois de o governador João Doria informar que vacinação será obrigatória no estado de São Paulo. O presidente Jair Bolsonaro reforçou hoje (19) na saída do Palácio da Alvorada o …

Engenheiros criam sabre de luz real de plasma retrátil de 2.200°C que corta aço

Os engenheiros por trás do canal do YouTube “The Hacksmith” criaram o sabre de luz de “Star Wars” no mundo real que é quente o suficiente para derreter aço e até titânio em segundos. James Hobson, …

Evo Morales comemora vitória de seu candidato, Luis Arce, à presidência na Bolívia

De La Paz, na Bolívia, o candidato a presidente Luis Arce e, de Buenos Aires, na Argentina, o ex-presidente Evo Morales comemoram vitória nas eleições tanto para presidente quanto para o Congresso, realizadas neste …

Síndrome provoca mudança na coloração dos olhos em população nativa da Indonésia

Em um país cujo a vasta maioria da população possui cabelos e olhos escuros, uma rara síndrome genética ofereceu aos membros de uma tribo nativa da Indonésia uma impressionante condição: os mais impactantes e profundos …

Aula de spinning em academia no Canadá contaminou 61 pessoas com a COVID-19

Academias não são locais recomendados neste momento de pandemia, mesmo que alguns estabelecimentos estejam reabrindo com todas as medidas de segurança adequadas. Prova disso aconteceu recentemente em Hamilton, na província de Ontario, no Canadá, quando uma …

Estrela supergigante vermelha Betelgeuse é menor e está mais próxima da Terra

A estrela supergigante vermelha Betelgeuse, uma das mais brilhantes, é menor e está mais próxima da Terra do que se acreditava. "Estudos anteriores sugeriram que poderia ser maior que a órbita de Júpiter. Nossos resultados dizem …

Ao tentar desativar uma bomba imensa a Marinha da Polônia acidentalmente a explode

Uma enorme bomba da Segunda Guerra Mundial explodiu durante uma delicada operação na terça-feira para desativar o dispositivo de cinco toneladas em um canal perto do Mar Báltico, mas ninguém foi ferido, afirmaram autoridades polonesas. O …

Candidato a vereador vai plantar uma árvore para cada voto que receber em Dourados

O combate às mudanças climáticas e ao desmatamento para Franklin Schmalz, candidato pelo PSOL a vereador na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, é um compromisso direto e concreto, a ser posto em …

Líder nacionalista manobra para chegar ao poder após renúncia de presidente do Quirguistão

O presidente do Quirguistão, Sooronbai Jeenbekov, cedeu à pressão de manifestantes nacionalistas e anunciou sua renúncia nesta quinta-feira (15), após dez dias de uma crise política aberta pela vitória de dois partidos governistas nas …