Kavanaugh é nomeado para Suprema Corte dos EUA: vitória de Trump e republicanos

ninian_reid / Flickr

O magistrado conservador Brett Kavanaugh

O juiz Brett Kavanaugh foi oficialmente nomeado neste sábado (6) para a Suprema Corte dos Estados Unidos após uma votação no Senado que contabilizou 50 votos a favor e 48 contra.

Kavanaugh chega ao topo da Justiça norte-americana, apesar das acusações de agressão sexual, em um procedimento que dividiu de maneira inédita a população dos EUA, a um mês de eleições de meio mandato.

A nomeação foi comemorada como vitória capital para os republicanos, e especialmente para Donald Trump. Trata-se do epílogo de uma novela que fascinou – e dividiu – a América nas últimas semanas.

Enquanto o juiz Brett Kavanaugh era alvo de uma investigação do FBI sobre acusações de agressão sexual por 3 mulheres nos últimos 5 dias, uma estreita maioria de senadores finalmente rejeitou as acusações e votou a seu favor no Supremo Tribunal. Os republicanos em geral, e o presidente Trump em particular, tiveram uma grande vitória.

A Suprema Corte é a mais alta autoridade legal para decidir sobre grandes debates sociais, como o direito ao aborto, o Obamacare ou casamento entre pessoas do mesmo sexo. Suas decisões são sem apelo e os juízes são nomeados para a vida pelo presidente em exercício.

Nesse sentido, entende-se melhor o desafio de Donald Trump de ver seu candidato conservador, Brett Kavanaugh, sair vitorioso nesta nomeação. Aos 53 anos, espera-se que ele permaneça por várias décadas na instituição e influencie a Corte Suprema em direção a posições muito mais conservadoras.

Mesmo se seus detratores previram apenas falhas, tudo parece estar indo bem para o 45º Presidente dos Estados Unidos.

Esta vitória veio cinco dias após a assinatura de um novo acordo de livre comércio com o México e o Canadá, uma de suas principais promessas de campanha, que parecia impossível. Sem mencionar uma taxa de desemprego que nunca foi tão baixa desde 1969 (3,7%) e uma Bolsa de Valores de Nova York que não para de quebrar recordes.

A um mês das eleições de meio mandato, os indicadores parecem verdes para Donald Trump. Confiante no fato de que sua base eleitoral não o decepcionará, ele até sonha em fortalecer a presença dos republicanos nas duas casas do Congresso. Uma hipótese que parecia impossível há alguns meses, mas que o presidente norte-americano, com seu mais recente sucesso, agora pode considerar seriamente.

Diante desse rolo compressor, o Partido Democrata patina. Sem uma diretriz, sem um verdadeiro líder, ele parece incapaz de reverter uma tendência que é confirmada dia-a-dia.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

“Bolsonaro não está dando os anéis, mas os dedos para tentar salvar o braço”, diz cientista política

O novo ministro super poderoso do governo de Jair Bolsonaro, Ciro Nogueira, nomeado para a Casa Civil, toma posse esta semana. Apesar de todo o fisiologismo, a analista Graziella Testa, da Escola de Políticas …

Não vacinados ameaçam combate à covid nos EUA

Em meio à disseminação de teorias da conspiração e a uma alta das infecções pelo coronavírus entre não vacinados, autoridades de saúde dos EUA lutam para convencer mais pessoas a se imunizarem contra a covid-19. Em …

Helicóptero da NASA estabelece novo recorde durante seu 10º voo em Marte

Neste sábado (24) o pequeno helicóptero da NASA em Marte, Ingenuity, conseguiu ultrapassar a marca de 1,6 km de distância percorrida acumulada após sobrevoar uma região rochosa na cratera Jezero. No sábado, o helicóptero robótico completou …

A curiosa rejeição de parte dos franceses ao passaporte sanitário na pandemia

No país onde o debate é uma espécie de esporte nacional, qualquer imposição verticalizada do governo pode ser considerada um acinte. Desde a Revolução, os franceses alimentam uma espécie de ojeriza ao compulsório que …

Astrônomo amador descobre nova lua na órbita de Júpiter

O corpo celeste recebeu o nome provisório de EJc0061 e mais provável é que seja um novo membro do grupo Carme, que orbita o planeta junto a outras 78 luas. O estudante Kai Ly se tornou …

Microsoft diz que 70% dos brasileiros já foram alvos do golpe de suporte técnico

Imagine estar navegando pela internet e se deparar com uma janela afirmando que há algo de errado com sua instalação do Windows. Ao clicar, você consegue entrar em contato com um técnico, que dá instruções …

Orçamento recorde não salva Jogos Olímpicos de Tóquio do desânimo causado pela Covid-19

Os jornais franceses desta detalharam o desafio dos organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, que começaram oficialmente nesta sexta-feira (23) sob a ameaça da Covid-19 e uma impopularidade recorde no Japão. Para a imprensa …

Comunidade LGBTQ da Hungria teme repressão e perseguições

Nos últimos meses, Boldizsár Nagy teve que lidar com situações que nunca imaginara. Por muito tempo, ele foi um jornalista e editor de livros infantis desconhecido, "ninguém especial", em suas próprias palavras. Quando, em 2020, ele …

68 anos! Conheça a história do homem com a maior crise de soluço do mundo

Você provavelmente já teve soluços ao longo da vida, certo? Alguns minutos de soluço são suficientes para deixar qualquer um emburrado. Mas já pensou soluçar por nada menos que 68 anos seguidos? Pois foi isso …

Mesmo após crise gerada por pandemia, Brasil terá 10 milhões de desempregados, dizem economistas

Com a aceleração da vacinação na maior parte do país, os brasileiros já começam a vislumbrar uma luz no fim do túnel da pandemia do coronavírus. Diante da perspectiva de gradual volta à normalidade, espera-se …