Experiências de quase-morte: luz no fim do túnel pode ter explicação

Owl's Flight / Flickr

Pessoas que estiveram à beira da morte afirmam ter visto uma luz branca brilhante no fim de um túnel e encontrado familiares ou animais de estimação. Apesar do tom sobrenatural, a ciência consegue explicar o fenômeno.

Experiências de quase-morte são “um acontecimento psicológico profundo com elementos míticos”, explicam os especialistas Neil Dagnall e Ken Drinkwater, recordando que pode ser provocado pela imensa dor física ou emocional, mas também depois de sofrer ataques cardíacos ou lesões cerebrais traumáticas.

Um terço das pessoas, que passaram por isso, assegura ter experimentado sensações comuns como satisfação, separação psíquica do corpo, movimento rápido através de um túnel largo e escuro e até ver uma luz se acender no fim do dito túnel.

Um papel importante pode ser desempenhado pela idade e cultura. Por exemplo, muitos hindus afirmam ter se reunido com deus da morte Yama, enquanto os norte-americanos falam de encontro com Jesus – há casos de crianças que até descrevem encontro com amigos e professores.

Em 2009, os neurocientistas Olaf Blanke e Sebastian Dieguez propuseram tipologia de experiências de quase-morte. No primeiro tipo, um trauma na região direita do cérebro resulta em uma sensação alterada de tempo e dá impressão de voo. O segundo tipo, ligado a danos na região esquerda do cérebro, é caracterizado pela comunicação com espíritos e pela percepção de vozes ou música.

Outro papel importante dos lobos temporais consiste em se envolver no processamento da informação sensorial e da memória, por isso a atividade anormal desses lobos pode produzir sensações estranhas.

Apesar de existirem diversas teorias, é difícil encontrar uma explicação exata. Os especialistas destacam que pessoas religiosas creem que os episódios à beira da morte oferecem evidências de que existe uma vida após a morte, particularmente, separação do espírito do corpo físico. Explicações científicas apontam para a despersonalização, que é como se define a sensação de estar separado do corpo.

Em 1979, o cientista Carl Sagan sugeriu que o estresse da morte produz uma recordação do nascimento, sugerindo que o “túnel” que se vê é uma nova imagem do canal de parto.

No entanto, outros pesquisadores ligam essas experiências à anoxia cerebral, ou seja, falta de oxigênio no cérebro.

Nesse sentido, há testemunhos de pilotos aéreos que experienciaram perda de consciência durante acelerações rápidas e descobriram caraterísticas similares às experiências de quase-morte, como a visão do túnel. A falta de oxigênio também pode desencadear convulsões do lobo temporal, causando alucinações.

Porém, a explicação mais estendida é “a hipótese do cérebro moribundo”, que propõe: as experiências próximas à morte são alucinações causadas pela atividade no cérebro à medida que as células começam a morrer.

Contudo, a teoria não explica todas as sensações, como experiências extracorporais.

Ciberia // Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. senao fosse verdade a existencia da vida apos a morte, nao teria como explicar que tais pacientes conseguiram descrever fatos de outras alas do hospital, fatos de fora do hospital, a visao do corpo la embaixo, fatos sobre a conversa dos medicos junto com a visao do corpo.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Escultura “McJesus” provoca protestos em Israel

Uma escultura representando a figura de Ronald McDonald (da cadeia de fast food McDonald’s) crucificado, em uma exposição de arte em Israel, está provocando protestos da minoria cristã árabe no país. Centenas de cristãos árabes pediram …

Há uma espiral misteriosa na atmosfera de Vênus

A nave espacial não tripulada Akatsuki, do Japão, encontrou gigantescas estruturas espirais na atmosfera de Vênus, formadas por ventos polares e pela rápida rotação do planeta. A atmosfera de Vênus ganha atenção de astrônomos há quase …

Tem “barriga de cerveja”? Seu cérebro pode estar encolhendo

Uma equipe de pesquisadores britânicos concluiu que quem acumula mais gordura na zona do abdômen apresenta uma maior probabilidade de redução do cérebro e de aparecimento de demência. Com a linha da cintura em expansão, surgem …

Até os antigos egípcios faziam tarefa de casa

Uma tarefa de casa, escrita por uma criança do Antigo Egito, ficou preservada desde o segundo século a.C. – e as palavras podem parecer familiares até nos dias de hoje. Uma lição antiga preservada em uma …

Dinamarca avança com plano ambicioso de criar 9 ilhas na costa de Copenhague

O governo dinamarquês e a prefeitura de Copenhague, em conjunto com um gabinete de arquitectura e planejamento urbano, vão avançar com um ambicioso plano de criar nove ilhas na costa da capital do país. Um grandioso …

(cv) Euronews

Submarino alemão da Primeira Guerra Mundial aparece na costa da França

Os destroços de um submarino alemão da Primeira Guerra Mundial emergiram em uma praia de Wissant, no norte da França. Há décadas enterrada na areia, a carcaça enferrujada da embarcação naufragada em 1917 agora pode …

Não somos só o que comemos, “somos o que vemos” no dia a dia

No que diz respeito à saúde física, somos o que comemos. Mas e quanto à saúde mental? Segundo o médico David Fryburg, endocrinologista, somos o que vemos. Conforme aponta Fryburg, a comida é uma mistura complicada de fontes …

Detectados misteriosos sinais de rádio de galáxia a 1,5 bilhão de anos-luz

Uma equipe de cientistas do Canadá detectou sinais de rádio provenientes de uma galáxia a 1,5 bilhões de anos-luz de distância da Terra. As rajadas rápidas de rádio, impulsos de energia com duração de apenas alguns …

Companhia aérea portuguesa é a primeira a voar sem qualquer plástico a bordo

A companhia aérea portuguesa Hi Fly tornou-se a primeira do mundo a voar sem qualquer plástico a bordo. A viagem aconteceu no dia 26 de dezembro. De acordo com o comunicado da companhia, o voo teve origem em …

Overstock é a primeira empresa norte-americana a pagar impostos com bitcoins

A Overstock é a primeira empresa norte-americana com presença nacional a anunciar que pagará os impostos no estado do Ohio com bitcoins, opção disponível desde novembro do ano passado. A Fortune informou, na semana passada, que a decisão da …