Maior projeto de reflorestamento do mundo vai plantar 73 milhões de árvores na Amazônia

Marcelo Camargo / Agência Brasil

A floresta amazônica tem sido muito maltratada desde a década de 1970. Agora, o desmatamento na área, apesar de lento, ainda causa enormes estragos para o meio ambiente. Por isso, um novo projeto espera ajudar a restaurar essa maravilha natural para sua antiga glória.

O projeto, liderado pela Conservation International (CI), é o maior esforço de reflorestamento tropical do mundo, com a esperança de plantar 73 milhões de árvores na Amazônia brasileira até 2023. Através do plantio de espécies nativas selecionadas, a nova área de floresta deve cobrir cerca de 30 mil hectares de terras.

Este enorme impulso visa ajudar o Brasil, e o mundo em geral, a alcançar o compromisso do Acordo de Paris de 2015 de reflorestar 12 milhões de hectares até 2030.

Este é um projeto muito audacioso. O destino da Amazônia depende disso – assim como os 25 milhões de habitantes da região, suas inúmeras espécies e o clima do nosso planeta”, disse M. Sanjayan, CEO da CI, em comunicado.

É sabido que a Amazônia está sendo desmatada em uma taxa alarmante devido à exploração de recursos naturais, minerais e projetos de infraestrutura, embora este tenha diminuído significativamente nos últimos anos.

No entanto, aproximadamente 20% da floresta amazônica foi cortada desde a década de 1970. Antes disso, a floresta já chegou a cobrir mais de 4 milhões de quilômetros quadrados.

As árvores são uma parte fundamental do ciclo global do carbono porque eles “comem” dióxido de carbono e bombeiam o oxigênio através da fotossíntese. As florestas saudáveis ​​também são realmente importantes para a cultura da população local e da biodiversidade. Afinal, a amazônia abriga pelo menos 10% da biodiversidade conhecida mundialmente.

Este esforço da Conservação Internacional faz parte de um projeto ainda maior do Banco Mundial, que visa revitalizar paisagens sustentáveis ​​da Amazônia e deve gastar mais de 60 milhões de dólares (cerca de R$ 190 milhões) na restauração das florestas tropicais do Brasil, bem como promover a conectividade das áreas protegidas dentro da região.

Um novo capítulo está sendo escrito para a Amazônia brasileira com esta iniciativa. Proteger a Amazônia não é algo que devemos pensar no futuro – temos que fazê-lo agora”, disse Rodrigo Medeiros, vice-presidente da CI no Brasil, citado pelo IFLScience.

Trump Forest, outro projeto com base nos EUA, também mira em reflorestar a Terra, a fim de compensar os danos causados ​​pela política climática do presidente Donald Trump.

Eventualmente, eles esperam usar crowdsourcing para plantar aproximadamente 100 mil quilômetros quadrados de floresta em todo o mundo. Na última contagem, cerca de 850 mil árvores já tinham sido prometidas.

EM, Ciberia // IFLScience

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

VSR: o pouco conhecido vírus que se espalha entre crianças no mundo e também no Brasil

No início de 2021, a equipe do Hospital Infantil de Maimonides, no Brooklyn, em Nova York (EUA), começou a experimentar uma cautelosa sensação de alívio. Os casos de covid-19 na cidade estavam em queda. Como …

Com popularidade em queda, premiê britânico Boris Johnson reforma equipe de governo

Após semanas de boatos, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, decidiu modificar o governo nesta quarta-feira para formar uma "equipe unida" e enfrentar os desafios depois de um ano e meio de pandemia e em …

Relatório lista mais de uma dezena de crimes atribuídos a Bolsonaro

Um grupo de juristas liderados pelo ex-ministro da Justiça Miguel Reale Júnior entregou nesta terça-feira (14/09) à CPI da Pandemia um relatório de 226 páginas com possíveis crimes cometidos pelo presidente Jair Bolsonaro durante a …

Simulação virtual mais realista de sempre do Universo é revelada

Um dos aspectos mais incríveis da simulação é que mostra a evolução da matéria durante praticamente os 13,8 bilhões de anos de história do Universo, desde o Big Bang até a atualidade. Uma equipe internacional de …

Asteroide que dizimou dinossauros determinou sucesso das cobras, aponta estudo

As cobras devem seu sucesso na Terra, em parte, ao asteroide que atingiu o planeta há 66 milhões de anos e levou à extinção dos dinossauros, de acordo com um estudo publicado nesta terça-feira (14/9) …

“Abandonados pelo resto do mundo”: África vacinou apenas cerca de 3% da população contra a Covid

As autoridades alertam para os baixos índices de vacinação contra a Covid-19 no continente africano. Segundo dados divulgados nesta terça-feira, cerca de 3,5% da população foi totalmente imunizada contra o coronavírus. O balanço foi anunciado …

Europeus aprovam Merkel e confiam na liderança da Alemanha

Os europeus têm alta estima pela chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel, e aprovam o estilo de liderança dela, baseado na busca de consensos, mostra uma pesquisa do Conselho Europeu de Relações Exteriores (ECFR, na …

Mudanças climáticas: número de dias com calor acima de 50ºC no mundo dobrou em 40 anos

O número de dias extremamente quentes, quando a temperatura passa de 50°C, registrados a cada ano dobrou desde a década de 1980. Essa foi a conclusão de um estudo realizado pela BBC, que apontou também que …

Cofundador da Apple está criando sua própria empresa espacial privada

Steve Wozniak, cofundador da Apple, ao lado de Alex Fielding, fundador da Ripcord, estão lançando a empresa Privateer Space, que irá atuar no setor espacial. Se a descrição do negócio parece vaga, é porque a novidade …

Guia para apostas de sucesso no futebol

Toda semana, há milhares de jogos de futebol e mercados para apostar no Brasil. As casas de apostas como a Betsson fornecerão apostas sobre a probabilidade de resultados e eventos específicos da partida, como o número …