Menina de 4 anos liga para serviço de emergência e salva vida da mãe

(cv) BBC

Suzie McCash telefonou para o 999 e salvou a vida de sua mãe

Suzie McCash telefonou para o 999 e salvou a vida de sua mãe

Uma menina britânica de 4 anos salvou a vida da própria mãe ao telefonar para o serviço de emergência da Inglaterra.

– “Alô, aqui é da polícia. Como posso ajudar?“, pergunta o atendente do serviço de emergência.
– “Minha mamãe ainda não respondeu. Não sei por quê. Ela não responde“, diz do outro lado da linha a pequena Suzie McCash, de 4 anos.
– “O que a sua mamãe está fazendo agora?
– “Ela só está sentada no sofá sem fazer nada.”

A emergência ocorreu há cerca de um mês. A menina estava em sua casa na cidade de Tynemouth, no interior da Inglaterra, quando sua mãe sofreu um choque anafilático.

“A reação alérgica foi severa, tudo aconteceu muito rápido. Não deu tempo de chamar o serviço de emergência. Em ocasiões anteriores eu havia conseguido chamar”, conta Rowena McCash, a mãe de Suzie.

A menina contou à BBC o que se lembra do dia em que chamou o telefone de emergência da Grã-Bretanha. “Eu sei chamar o 999. Minha mamãe me ensinou. Mas não sabia o que mais eu tinha que fazer”, conta Suzie.

Os pais de Suzie haviam dito antes à menina que, se alguém tivesse algum problema e não houvesse adultos perto, ela teria que procurar um telefone e chamar o serviço de emergência.

‘Fantástica’

Adam Hall, o atendente da polícia que recebeu a chamada, se disse surpreso com as informações fornecidas por Suzie. “Ela foi fantástica, do início ao fim. Nos deu informações precisas. Mencionou até a palavra anafilático, não sei como uma menina de quatro anos sabe isso”.

Rowena conta que está extremamente orgulhosa de sua filha e que sempre soube o quanto ela é inteligente. Mas que o ocorrido a impressionou muito.

“Me disseram que fiquei um tempo sem respirar. Lembro do momento em que tudo começou e vagamente da ambulância. Não muito mais que isso. Não me lembro de ter escutado Suzie fazer a chamada”.

Jamie Frend, o paramédico que tratou Rowena antes dela ser transferida para o hospital, disse que a menina fez um dos resumos mais sucintos e profissionais que já recebeu.

“Ela me disse que sua mãe provavelmente teve uma reação a algo, que havia tomado sua medicação duas vezes, mas que não havia funcionado”, disse ele.

“Também me explicou como sua mãe estava antes da chamada ao 999 e durante o telefonema, o que permitiu que eu soubesse muito bem o que estava acontecendo.”

A superintendente do departamento de polícia local, Nicola Musgrove, disse que a mãe teria morrido se Suzie não tivesse agido de forma rápida.

A menina ganhou um prêmio por seu feito: uma visita guiada ao centro de emergências da polícia. Ela pôde escutar a sirene de um veículo de emergência e ganhou um certificado.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …