Microsoft fornecerá fones de ouvido de realidade aumentada ao Exército dos EUA

A Microsoft anunciou na última quarta-feira (31) que venceu uma licitação para vender ao Exército dos EUA fones de ouvido de realidade aumentada (RA) baseados em seu HoloLens e que usarão ainda serviços de cloud computing da Azure. O contrato de fornecimento pode atingir US$ 21,8 bilhões em 10 anos.

Nos últimos dois anos, a Microsoft trabalhou com o Exército na fase de prototipagem do que de um projeto chamado de “Sistema Integrado de Aumento Visual” (IVAS). Ontem, a empresa afirmou que o Exército havia entrado na fase de produção do projeto. Além disso, os fones de ouvido serão fabricados nos Estados Unidos, segundo um porta-voz da empresa de Redmond.

Como o dispositivo funcionará

No blog oficial da Microsoft, o brasileiro Alex Kipman explicou que o IVAS oferecerá uma plataforma que manterá os soldados mais seguros e os tornará mais eficazes.

“O programa oferece maior consciência situacional, permitindo o compartilhamento de informações e a tomada de decisões em uma variedade de cenários. A Microsoft trabalhou em estreita colaboração com o Exército dos EUA nos últimos dois anos e, juntos, fomos os pioneiros no “Design Centrado no Soldado” para permitir a prototipagem rápida de um produto para fornecer aos soldados as ferramentas e recursos necessários para cumprir sua missão. Agradecemos a parceria com o Exército dos Estados Unidos e somos gratos por sua confiança contínua na transição do IVAS de prototipagem rápida para campo rápido. Esperamos construir esta parceria de sucesso com os homens e mulheres da Força de Combate Próximo do Exército dos EUA”.

Protestos e JEDI

Em 2018, a Microsoft anunciou um contrato de US$ 480 milhões com Exército norte-americano para fornecer protótipos de headsets de RA. Na época, pelo menos 94 trabalhadores solicitaram à empresa que cancelasse o negócio e parasse de desenvolver “toda e qualquer tecnologia de armas”.

Também nesta quarta-feira, esse mesmo grupo de trabalhadores afirmou no Twitter : “Preferíamos muito mais que a Microsoft usasse o dia de hoje para defender os transgêneros em todos os lugares no Dia da Visibilidade dos Transgêneros, em vez de construir armas de guerra.”

No ano passado, a Microsoft também estava prestes a ganhar o contrato de computação em nuvem JEDI no valor de US$ 10 bilhões com o Pentágono. No entanto, a licitação continua em disputa, já que a Amazon Web Services contesta judicialmente a decisão da concorrência, alegando interferência política do então presidente Donald Trump. Em fevereiro último, funcionários do Pentágono disseram aos legisladores dos EUA que o Departamento de Defesa pode descartar o contrato se a disputa permanecer nos tribunais.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Vênus tinha oceanos? Cientistas refutam hipótese popular usando modelagem

Cientistas da Suíça e França refutaram a hipótese de que anteriormente Vênus era coberta por oceanos. Um novo estudo revela que mesmo no início, quando o Sol era mais fraco do que agora, a superfície …

Suspeito de ataque na Noruega era fichado na polícia por radicalização

Convertido ao islã e conhecido da polícia, dinamarquês de 37 anos teria usado outras armas além de arco e flecha em ataque que matou cinco pessoas em Kongsberg. Ele está preso e reconheceu envolvimento no …

Oposição manobra para destituir Piñera no Chile por citação nos Pandora Papers

Deputados de todos os partidos da oposição chilena apresentaram uma acusação no Congresso nesta quarta-feira (13) para destituir o presidente Sebastián Piñera pela controversa venda de uma mineradora em um paraíso fiscal, revelada no escândalo …

Fatores externos influenciam, mas não justificam inflação a dois dígitos no Brasil

A recuperação do impacto brutal da pandemia de coronavírus leva a inflação a subir na maioria dos países do mundo, mas a conjuntura internacional não explica o nível chegar a dois dígitos no Brasil. …

UE anuncia 1 bilhão de euros em ajuda ao Afeganistão

União Europeia justifica que é preciso evitar "colapso" no país e fornecer ajuda humanitária aos afegãos. Paralelamente, representantes do bloco europeu e dos EUA se reúnem com membros do Talibã em Doha, no Catar. O Talibã …

Quanto custa para a Netflix produzir uma série?

Praticamente um império do entretenimento, não é equivocado dizer que a Netflix investe muito para ter um nome forte dentro do mercado na atualidade. Nós já falamos por aqui quais são as séries mais caras …

Sinais de rádio de estrelas poderiam indicar existência de planetas escondidos

Usando a antena de rádio mais poderosa do mundo, os cientistas descobriram estrelas que, inesperadamente, emitem ondas de rádio, possivelmente indicando a existência de planetas escondidos. Benjamin Pope, da Universidade de Queensland, na Austrália, e seus …

OMS recomenda 3ª dose para idosos que tomaram Coronavac

Segundo especialistas, todas as pessoas com mais de 60 anos que receberam as vacinas chinesas da Sinovac e da Sinopharm devem receber uma dose de reforço. OMS também indica terceira dose a imunossuprimidos. A Organização Mundial …

ONG austríaca denuncia Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional por crime contra a humanidade

A ONG All Rise apresenta nesta terça-feira (12) uma denúncia contra o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, no Tribunal Penal Internacional (TPI). A organização, baseada em Viena, acusa o chefe de Estado de crime contra …

Microsoft Excel resolve um dos problemas mais antigos e irritantes do programa

A Microsoft anunciou que o Excel passará a ter suporte a uma rolagem de tela mais suave na próxima atualização do seu aplicativo para desktop. Hoje, a rolagem ainda segue o modelo antigo que desce ou …