Ministra pede salário de R$ 61 mil, justifica citando “trabalho escravo” e desiste após polêmica

TCE-BA

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, apresentou ao governo um pedido para acumular salário integral da atual função com a aposentadoria, o que daria R$ 61 mil, e, entre as justificativas, disse que trabalhar sem receber contrapartida “se assemelha a trabalho escravo”. Após polêmica, ela desistiu do pedido nesta quinta-feira (2).

Em um trecho do documento de 207 páginas enviado por Valois à Casa Civil foram publicados nesta quinta pelo jornal “O Estado de S.Paulo”. A TV Globo confirmou o pedido feito pela ministra.

Segundo o G1, atualmente, Valois recebe R$ 30.400 por mês do Tribunal de Justiça da Bahia pela aposentadoria de desembargadora. Como ministra, ela recebe R$ 3.300. O máximo das duas remunerações não pode ultrapassar R$ 33.700, que é o teto do funcionalismo público.

“O trabalho executado sem a correspondente contrapartida, a que se denomina remuneração, sem sombra de dúvida, se assemelha a trabalho escravo“, escreveu a ministra no pedido para acumular os salários.

Um parecer da Casa Civil negou o pedido da ministra, e enviou o caso ao ministério do Planejamento, que ainda não deu um parecer final.

Valois disse à TV Globo, por telefone, que presta serviço ao Estado brasileiro e acha justo receber por isso. Ela disse ainda que citar o trabalho escravo foi apenas uma analogia.

O Código Penal diz que trabalho escravo é aquele forçado, com jornada exaustiva, degradante. Além do salário de mais de R$ 30 mil, a ministra ainda tem direito a carro, motorista e viagens de avião da Força Aérea para compromissos profissionais.

Desistência

Segundo a revista Veja, a ministra disse que não se arrepende de ter comparado seu caso ao trabalho escravo na petição encaminhada ao governo. “Todo mundo sabe que quem trabalha sem receber é escravo”, afirmou.

“Considerando o documento sobre a situação remuneratória da ministra Luislinda Valois, o Ministério informa que já foi formulado um requerimento de desistência e arquivamento da solicitação”, diz a nota divulgada pelo Ministério dos Direitos Humanos.

Ciberia // G1 / Veja

COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Concordo com a ministra a respeito do trabalho escravo, o que obviamente NÃO é o caso dela. De qualquer modo formulo a pergunta: E quem recebe sem trabalhar, o que é então? Salafrario? Vagabundo? Eu mesmo respondo….é POLITICO.

    • Salafrário é o que tem aos montes em nosso país, e não são só os políticos, tem centenas de funcionários públicos que recebem sem trabalhar, ou então fazem seu trabalho de maneira porca e desrespeitosa, entre estes, estão fiscais, trabalhadores da saúde, médicos…etc. Muitos não honram seus salários e ignoram o que é ser “funcionário público” de verdade, trabalhar para o povo e em prol do povo, tratam o povo como escória, sendo nós os pagantes de seus salários.

    • 30.000 R$/mês + avião da FAB + carro com motorista, num Brasil pobre, é muito dinheiro para um mínimo de 924 Pilas. Este valor deveria ser no máximo 10.000 R$/mês.

  2. Por vezes penso que sou, que vc é, que somos todos ignorantes, que somos desprovidos de qualquer possibilidade de julgar o que é certo e errado, essa cambada de ladrões da nação estão a todo custo fazer com que aceitemos essa bandalheira e prevaricação com nosso bom senso, pessoal, isso não da mais, é insustentavel todos os dias ver nos noticiarios essa cambada de filha da mãe fazer o que estão fazendo, e do outro lado a outra cambada de julgadores, grandes homens e mulheres que deveriam nos defender, tambem são comprados e ou vendidos como qualquer porcaria que são, francamente, estou decepcionado em ser brasileiro, ou melhor, concordando com Srta Andreia Andrade, se abaixarmos a cabeça, certamente seremos a escoria que ´pensam em domesticar.
    Povo de DEUS, o pecado e a injustiça social chega aos ouvidos de DEUS.

  3. É ladrão de toda a espécie travestidos de políticos, médicos, empresário, etc, etc, etc… com objetivos únicos, desvio do dinheiro publico. Com esta infinidade de bandidos nadando no erário, sobra luxo e ostentação para poucos e sofrimento e falta de serviços e programas sociais para muitos.

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Gana é o primeiro país do mundo a receber vacinas do programa Covax, da OMS

Gana recebeu nesta quarta-feira o primeiro lote mundial de vacinas financiadas pelo programa Covax, que proporciona aos países de renda baixa e média as primeiras doses de fármacos antiCovid. Os imunizantes foram enviados de …

Variante da Califórnia parece ser mais contagiosa e resistente a vacinas, aponta estudo

Um novo estudo confirma que a mutação do SARS-CoV-2 na Califórnia, EUA, é mais contagiosa e mais resistente a vacinas, embora a escala de sua ameaça ainda não esteja clara. Uma variante descoberta pela primeira vez …

Cheirinho de carro novo? Estudo alerta para risco de câncer em odor favorito de muitos

Um estudo publicado por pesquisadores da Universidade da California Riverside mostrou que o cheiro de carro novo, tão amado por todo mundo que acaba de comprar o seu veículo, pode ser um risco para saúde. Mas …

STJ anula quebra do sigilo de Flávio Bolsonaro no caso das "rachadinhas"

Ministros apontaram falta de fundamentação do juiz de 1ª instância. Decisões da próxima semana determinarão chance de o processo contra o senador ir adiante ou voltar ao início. A Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça …

Troca de comando na Petrobras: Bolsonaro repete interferência de Dilma na estatal?

As ações da Petrobras derreteram depois que o presidente Jair Bolsonaro decidiu mudar o comando da empresa. Na noite de sexta-feira (19/02), Bolsonaro anunciou o general da reserva Joaquim Silva e Luna para substituir o …

Uruguai, último país da América do Sul a receber vacinas, começa imunização em março

O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, informou nesta segunda-feira (22) que as primeiras vacinas contra a Covid-19 chegarão nesta quinta-feira ao país, o único na América do Sul que ainda não possui doses …

Cada ponto brilhante neste novo mapa cósmico é um buraco negro supermassivo

A equipe internacional sinterizou um conjunto tão impressionante quanto inédito de sinais de rádio emitidos por buracos negros supermassivos. Se tivéssemos um telescópio capaz de mostrar quaisquer objetos do universo, independentemente de quão distantes eles estão, …

Desvendado enigma de inscrição na obra "O Grito" de Edvard Munch

Uma frase escrita sobre uma das obras de arte mais conhecidas do mundo foi, durante um século, motivo de conjeturas e controvérsias entre os especialistas de arte em todo o mundo. Uma análise com escâner infravermelho, …

Reino Unido anuncia relaxamento gradual do lockdown

Com avanço da vacinação e queda nas internações por covid-19 em meio às restrições rígidas, país se prepara para abandonar o confinamento. Plano prevê reabertura em quatro etapas e fim do lockdown em 21 de …

Camelos são apontados como possível vetor da próxima pandemia

A falta de práticas preventivas nas diversas frentes que determinam a gravidade da atual pandemia revela-se hoje como um agravante fundamental para se compreender a terrível realidade atual imposta pela Covid-19. Enquanto ainda tentamos começar a …