Mulheres estão cada vez mais presentes no mundo dos negócios

O sucesso das mulheres não se limita ao crescimento da participação no mercado de trabalho. Nos últimos anos, elas chegaram de vez ao mundo dos negócios.

Um levantamento feito pelo Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas, em parceria entre Sebrae e Dieese, constatou crescimento de 21,4% na participação feminina — o equivalente a mais de 7,5 milhões de mulheres empreendedoras no país.

Em meio a esse cenário, o projeto Além do Batom passou a estimular ainda mais o fortalecimento da presença feminina no setor no Rio.

A iniciativa surgiu há três anos, com o objetivo de oferecer tutoria a novas empreendedoras e cursos técnicos sobre o assunto. O programa se expandiu. De lá para cá, cerca de 400 mulheres já participaram de palestras e treinamentos organizados pelo programa.

Nos últimos 12 meses, foi criada a AB School, primeira escola de negócios feita sob medida para mulheres. Em 19 de novembro, Dia Global do Empreendedorismo feminino, vai ser lançado uma nova versão do curso, que inclui 12 módulos online voltado para mulheres empreendedoras no Jardim América, na Zona Norte.

A participação de convidadas é gratuita. Mais de cem pessoas já confirmaram presença (confira outras informações no quadro ao lado).

A iniciativa, voltada ao estímulo do empreendedorismo feminino, foi idealizada pela publicitária Vanessa Oliveira, que trabalhava como diretora de um centro de distribuição de uma multinacional quando teve a ideia de alavancar a participação das mulheres nos negócios.

“Percebi que tinha muito homem no palco para falar de maquiagem e decidi entrar nesse ramo. É importante que as empreendedoras saibam que qualquer iniciativa precisa gerar impacto para obter lucro. A partir daí, a empresária vai ser obrigada a buscar uma estrutura capaz de dar retorno financeiro”, explica.

O perfil do público é bem variado. Entre as clientes do programa, há empreendedoras da Zona Sul às comunidades cariocas. Mulheres que também atuam em ramos diversificados, como coach de carreiras, comerciantes de docerias, bijouterias e até especialistas em moda.

“O importante não é a área de atuação, mas a percepção de que essas mulheres precisam gerar um impacto para ter lucro. Hoje, existe um movimento voltado para o empoderamento feminino. Nós não queremos só inspirar e motivar. A nossa ideia é dar as ferramentas e acompanhar o crescimento dessas mulheres”, avalia.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …

Ataques iranianos teriam deixado 11 militares dos EUA feridos

Ao menos 11 militares norte-americanos foram retirados do Iraque para receberem tratamento médico em decorrência dos ataques iranianos contra as bases dos EUA. "Quando ficarem aptos para o serviço, estes militares regressarão ao Iraque", declarou à …

Evo recua e diz que não pretende mais criar milícias

Em carta pública divulgada nesta quinta-feira (16/01), o ex-presidente da Bolívia Evo Morales, que está refugiado na Argentina há mais de um mês, recuou da ideia de promover a formação de milícias no país. "Há alguns …

Dinossauros foram extintos por impacto de asteroide, defende pesquisa científica

O mistério que levou ao fim da era dos dinossauros motiva pesquisadores do mundo inteiro a debater o que teria provocado essa extinção. Um novo estudo busca descartar a teoria de que a atividade vulcânica …