Graffiti: paraense se inspira no universo feminino e dá cores vibrantes aos muros de Brasília

(dr) Michelle Cunha / Facebook

Michelle Cunha se inspira no universo feminino e dá cores vibrantes aos muros de Brasília

Michelle Cunha se inspira no universo feminino e dá cores vibrantes aos muros de Brasília

Ilustrações, pinturas, graffiti. A artista visual Michelle Cunha nasceu em Belém e cresceu em uma cidade chamada Marituba, periferia às margens da BR-316 (Belém-Brasília). O pai era policial e abandonou a família quando ela tinha 7 anos. A mãe, técnica de enfermagem, se virou sozinha e a ensinou desde menina a “fazer coisas” pra vender e sobreviver.

Na primeira faculdade, pedagogia, curso que iniciou com 17 anos, Michelle vendia cartões feitos de colagem e com poesias. “Eu tinha visto uma artista que vendia seus trabalhos assim, achei que podia fazer também e foi assim que eu conseguia ir pra aula. Acabei abandonando esse curso quando percebi que eu gostava era mesmo de arte“, conta.

“Foi quando comecei a fazer os cursos da Fundação Cultural Curro Velho, um espaço que na época havia sido inaugurado e era totalmente gratuito e voltado para o ensino de arte através de oficinas”, acrescenta.

Nesse período ela teve oportunidade de fazer aulas de fotografia, máscaras, teatro de bonecos, desenho, pintura, papel reciclado, entre outras modalidades artísticas. “Eu queria experimentar tudo, era um outro mundo que eu nunca tinha tido acesso“, afirma.

“De aluna, em pouco tempo passei a ser chamada para dar aulas na mesma Fundação. Depois de um tempo vivendo isso, fiz novo vestibular e retornei para universidade para fazer licenciatura em artes plásticas, mas passei do tempo de me formar, ficava dividida entre o trabalho, fui jubilada e perdi a vaga”, diz.

Quando Michelle se mudou para Brasília, ela decidiu voltar a estudar: trabalhava de dia em uma editora e estudava à noite, desta vez em uma faculdade particular. Foi onde finalmente se graduou. Foi também em Brasília que descobriu o graffiti como linguagem e assumiu a ilustração como um caminho para que seu trabalho tivesse mais condições de a sustentar.

O graffiti era a maneira de se expor pelas ruas, lugar visível. A ilustração, ela aplicava em canecas, camisetas, bolsas, ímãs e saia vendendo, deixava em lojas. “Foi desse jeito que eu me ‘espalhei’ pela cidade e meu trabalho começou a ter um pouco mais de visibilidade e reconhecimento”, conta.

Entre seus temas mais recorrentes estão o universo feminino, a natureza (flores, pássaros, corujas, peixes) e muitas, muitas cores vibrantes.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo de terapia com MDMA é tão poderoso que 67% dos voluntários foram curados de trauma

Um teste clínico em humanos inovador alcançou resultados extremamente estatisticamente significativos e uma excelente taxa de segurança, demonstrando que a terapia psicodélica assistida por MDMA pode ser um tratamento eficaz para transtorno de estresse pós-traumático …

Bolsonaro diz que pessoas que cumprem isolamento são "idiotas"

Presidente critica apelos para que brasileiros restrinjam os contatos sociais em meio à pandemia, que já provocou 435 mil mortes no país. "Tem alguns idiotas que até hoje ficam em casa", diz. O Presidente Jair Bolsonaro …

EUA vão fornecer 20 milhões de vacinas contra Covid-19 para outros países

Os Estados Unidos fornecerão 20 milhões de doses adicionais de vacinas contra a Covid-19 para outros países até o final de junho, elevando o total destinado ao exterior para 80 milhões de doses. O …

Demi Lovato vai comandar programa de TV investigativo sobre OVNIs

A atriz e cantora Demi Lovato está prestes a se aventurar em um desafio de outro mundo. A artista anunciou na última semana a sua participação em uma série limitada para a plataforma de streaming …

CPI da Covid: como 'isolamento vertical' pode virar arma contra Bolsonaro

Uma das linhas de investigação da CPI da Covid apura se o governo federal adotou a estratégia da imunidade de rebanho, ou seja, a obtenção da imunidade coletiva por meio da infecção da população, no …

Astrônomos continuam encontrando inexplicáveis anéis circulares misteriosos no céu

Nos últimos anos, astrônomos avistaram vários objetos de rádio gigantescos e quase perfeitamente circulares no universo distante. Embora ninguém tenha uma explicação para essas entidades misteriosas ainda, uma equipe adicionou recentemente outra ao seu catálogo, …

Conflito tem seu dia mais sangrento em Gaza

Bombardeios israelenses deixam pelo menos 42 palestinos mortos e elevam total de vítimas a 188. Netanyahu diz que ataques continuarão. Sem um cessar-fogo à vista, o atual conflito entre Israel e Hamas teve neste domingo (16/05) …

Apple é acusada de enganar usuários através de aplicativos fraudulentos na App Store

A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store. Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos …

Chile escolhe representantes para elaborar nova Constituição

O domingo foi o último dia de votação no Chile para a escolha dos redatores da nova Constituição do país. Os 155 representantes eleitos terão a tarefa de mudar o texto herdado da ditadura. …

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …