Elon Musk tem plano para colonizar Marte; e como pagar por isso

Bret Hartman, TED / Flickr

Elon Musk, CEO da Tesla, SpaceX, Boring Company…

Elon Musk é conhecido, entre muitas, muitas outras coisas, pelo seu desejo de colonizar Marte. Agora, o homem que pôs um Tesla Roadster em órbita no espaço publicou um artigo sobre o assunto.

Intitulado “Making Life Multi-Planetary” (“Tornando a vida multiplanetária”), publicado este mês na revista New Space, Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, estabelece planos para construir um foguete e transportar cerca de 100 pessoas para o Planeta Vermelho.

Além disso, ainda nos dá informações sobre como pretende pagar por isso. Musk explica no artigo que atualizou o design do Big Falcon Rocket (BFR) para torná-lo menor do que o projeto original, e também potencialmente menos caro.

O novo design incorpora uma nave e um propulsor num único sistema. Isso significa que pode substituir os atuais foguetes Falcon Heavy e Falcon 9, bem como a nave espacial Dragon, aplicando todos os recursos já utilizados nessas tecnologias.

Musk também descreveu o mecanismo Raptor, motor que já foi testado há algum tempo. “Temos que ter um motor extremamente eficiente. O Raptor será o motor de impulso-peso mais eficiente, acreditamos, de qualquer motor de qualquer tipo já fabricado. Já temos 1.200 segundos de disparo em 42 testes principais do motor”, notou o CEO.

O CEO ilustrou como é possível pagar pelo BFR “canibalizando” a técnica atual da SpaceX. Elon Musk disse que seu objetivo é ter “um estoque de veículos Falcon 9 e Dragon” disponíveis para os clientes que desejem continuar a utilizá-los, apesar do desenvolvimento do novo sistema BFR.

Musk acredita que será possível construir o BFR através das receitas recolhidas em lançamentos de satélites e serviços para a Estação Espacial Internacional.

Elon Musk observou que uma parte essencial da tentativa de colonizar Marte é a capacidade de produzir propelentes localmente. Como a atmosfera do planeta tem dióxido de carbono e muita água, o bilionário sugere o uso do processo de Sabatier para fabricar metano e oxigênio molecular em Marte.

Depois de o propelente ser fabricado, o foguete BFR pode ser reabastecido para uma viagem de volta à Terra. O bilionário explicou que nenhum reforço é necessário para lançamentos de Marte, porque o planeta tem menos gravidade.

De acordo com o plano atual, a SpaceX planeja lançar as primeiras missões de carga para Marte em 2022, embora Musk tenha considerado esta uma meta “aspiracional”, o que significa que é a data desejada, mas pode ser difícil alcançá-la.

“Já começamos a construir o sistema – as ferramentas para os tanques principais foram encomendadas, a instalação está sendo construída e começaremos a construção da primeira nave por volta do segundo trimestre do próximo ano”, escreveu no artigo.

É interessante que Musk tenha definido uma linha do tempo para 2022, já que outros comentários feitos este ano sugeriam que uma missão já poderia ser lançada em 2019.

Em seguida, em 2024, a empresa quer realizar duas missões de carga e duas missões de tripulação à Marte. O objetivo da primeira é encontrar a melhor fonte de água no planeta, e o da segunda é construir a instalação para fabricar propelente localmente.

No fim do artigo, Musk ainda pontuou alguns detalhes do seu plano para construir uma base marciana, começando com uma única nave e acrescentando outras antes de começar a estruturar uma cidade, “ao longo do tempo vamos transformar Marte num lugar realmente agradável para se estar“.

Ciberia // HypeScience / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …