Coronavírus. OMS diz que ainda é cedo para decretar urgência internacional

Em uma reunião realizada nesta quinta-feira (23) em Genebra, o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, descartou, por enquanto, lançar um alerta de urgência internacional contra o coronavírus que se espalha na China.

O diretor-geral da OMS justificou essa decisão pelo fato de não ter havido, até o momento, nenhuma contaminação entre pacientes fora do país asiático e pelas medidas drásticas de quarentena adotadas pelas autoridades chinesas, para limitar ao máximo o risco de novos contágios. Segundo a OMS, ainda é cedo para recomendar medidas de restrição de viagens ou de transporte de mercadorias no comércio internacional.

A China confinou nesta quinta-feira cerca de 20 milhões de pessoas na região de Wuhan, onde surgiu o coronavírus responsável por uma nova forma de pneumonia. O micróbio se espalhou em várias cidades chinesas, na última semana, e chegou a outros países, como Tailância, Japão, Coreia do Sul e Estados Unidos, mas sempre por meio de pessoas que estiveram em Wuhan, o epicentro da doença.

Desde a notificação do primeiro caso, no final de dezembro, 18 pessoas já morreram por causa do coronavírus. Ainda não há tratamento ou vacina para a nova pneumonia, mas vários laboratórios se mobilizam para combater a doença.

Coalizão anuncia que fará testes com nova vacina

A Coalizão para Inovações em Preparação de Epidemias (Cepi), um organismo de desenvolvimento de vacinas, anunciou nesta quinta-feira (23) que pretende iniciar dentro de alguns meses os testes clínicos da primeira vacina contra o coronavírus que surgiu na China (2019-nCoV).

O diretor-executivo da Cepi, Richard Davi Hatchett, declarou durante o Fórum Econômico Mundial de Davos, realizado na Suíça, ter fechado três parcerias para desenvolver vacinas contra esse novo coronavírus.

“Nosso objetivo é desenvolver essas vacinas muito rapidamente e avançar depressa para iniciar os testes clínicos, possivelmente já no verão europeu“, esclareceu o líder dessa iniciativa público-privada, lançada loga após a epidemia de Ebola, em 2017.

Hatchett disse que foram estabelecidas parcerias com duas empresas de biotecnologia norte-americanas, Inovio Pharma e Moderna, e com a Universidade de Queensland, na Austrália. A Moderna trabalha com o Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos.

“A parceria anunciada hoje entre a Moderna, a Cepi e o governo americano visa um trabalho conjunto para obter uma vacina de qualidade, que possa iniciar os testes clínicos o mais rápido possível“, confirmou o diretor da Moderna, Stéphane Bancel, em Davos.

O governo americano, que obteve a sequência do vírus por intermédio do governo chinês, prepara o design e a concepção da vacina, que a Moderna irá fabricar em sua unidade de produção em Boston”, detalhou Bancel.

Mesmo se o coronavírus desaparecer até a vacina ficar pronta, o diretor da Cepi considera muito benéfico produzir a imunização.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Confira o que cérebro de abelhas tem em comum com o de humanos

Segundo cientistas, existem semelhanças entre a atividade cerebral das abelhas-europeias e a dos humanos, o que poderia levar abelhas a serem usadas para estudar funções cerebrais dos humanos. As oscilações alfa (a atividade eléctrica gerada pelo …

Síndrome bizarra: esse é o primeiro caso de uma pessoa que urina álcool

Médicos do hospital da Universidade de Pittsburgh Medical Center (EUA) relataram o primeiro caso de uma síndrome bizarra na qual a pessoa urina álcool. Em outras palavras, o álcool se forma naturalmente na sua bexiga, …

Amazon abre seu primeiro supermercado que não aceita dinheiro

Dois anos depois de a Amazon inovar no ramo das lojas de conveniência abrindo a sua própria rede que aceita apenas pagamentos virtuais, a empresa está pronta para dar o próximo passo: nesta terça-feira (25), …

Não há motivo para pânico por coronavírus no Brasil, dizem especialistas

O primeiro caso do novo coronavírus no Brasil, confirmado nesta quarta-feira (26/02), levou o estado de São Paulo, onde reside o paciente infectado, a montar um centro de contingência para enfrentamento da doença. Quatro mil leitos, …

Abolição da pena de morte no Colorado entra em vigor em julho

O Colorado, no oeste americano, se tornou o vigésimo segundo estado dos Estados Unidos a abolir a pena capital, depois de um intenso e longo debate, especialmente por parte da oposição republicana. O fim da …

Cannabis tem potencial terapêutico como antibiótico, segundo cientistas

Uma equipe de cientistas da Universidade McMaster, no Canadá, estabeleceu que o canabigerol (CBG) tem potencial no tratamento de bactérias patogênicas. Cientistas da Universidade McMaster no Canadá identificaram um composto antibacteriano gerado pela maconha que poderia …

Escócia será o primeiro país a distribuir absorventes menstruais gratuitamente

O Parlamento autônomo da Escócia deu um passo em direção à gratuidade dos absorventes higiênicos para mulheres - decisão inédita no mundo. A proposta de lei foi votada por 112 deputados e visa lutar contra …

Não precisa sofrer. Carnaval começa cedo em 2021

Com a chegada da quarta-feira de Cinzas, está declarado o fim do Carnaval 2020… Ok, vai… Dá para fazer mais um bota fora na sexta e sábado dessa semana, pois, como sempre, brasileiro dá o …

Coronavírus: antiga vacina pode ter resposta para prevenção contra Covid-19

Novos casos do coronavírus SARS-CoV-2 continuam a se espalhar pelo mundo, mesmo que em velocidade menor de propagação, e sem nenhuma vacina ou medicamento para a prevenção — pelo menos até agora. Já são mais de …

Líderes políticos condenam apoio de Bolsonaro a ato anti-Congresso

Presidente teria compartilhado com aliados convocação para manifestações a seu favor e contra o Legislativo. Lula, FHC, OAB e outras lideranças alertam contra ameaça às instituições democráticas e à Constituição. Líderes políticos de várias correntes e …