Pare de sorrir: isso faz você parecer mais velho

Dizem que sorrir é o melhor remédio. Mas não quando alguém quer parecer mais jovem. Segundo um estudo das universidades Ben-Gurion (Israel) e Western (Canadá), quem sorri parece um a dois anos mais velho do que realmente é.

O motivo são as rugas no canto dos olhos, que surgem por causa da movimentação dos músculos no momento do sorriso. Na percepção de quem observa o rosto risonho, as pequenas linhas sugerem mais idade do que o mesmo rosto com expressão de surpresa ou sério.

Os resultados do estudo, publicado na edição de maio da revista médica Psychonomic Bulletin and Review, surpreenderam participantes do experimento. Eles foram apresentados a imagens de pessoas e tiveram que classificá-las das mais velhas à mais moças. Havia imagens de rostos sorridentes, expressões neutras e aparências surpresas.

Os participantes classificaram as faces sorridentes como as mais envelhecidas, seguidas pelos mesmos rostos com expressões neutras e de surpresa.

Para os pesquisadores, o mais interessante foi notar que os próprios voluntários acreditavam ter classificado os sorridentes como mais moços. O estudo foi explicitamente projetado para julgar se há realmente uma discrepância entre percepção e crença.

“Ironicamente, descobrimos que a mesma pessoa pode acreditar que sorrir faz você parecer mais jovem e julgar rostos sorridentes como mais velhos do que os neutros”, diz Melvyn Goodale, diretor do Brain and Mind Institute da Western University.

Segundo Tzvi Ganel, chefe do Laboratório de Percepção e Ação Visual do Departamento de Psicologia da Universidade Ben-Gurion, as pessoas percebem rostos de forma holística. Não compreendem uma parte da face sem lidar com todo o conjunto, que, no caso, inclui olhos, boca e nariz.

Ganel explica que, na primeira vez que olhamos para alguém, tentamos logo saber qual é a sua idade – e adivinhamos, em geral, com uma margem de erro de 6 anos a mais ou a menos. Queremos saber se temos algo em comum com a pessoa, se é compatível em termos românticos, se vale à pena empregá-la.

Mas, como identificar idades não é uma ciência exata, qualquer detalhe pode influenciar. Quando uma pessoa sorri, causando as rugas nos cantos dos olhos, a percepção é de que ele tem um a dois anos a mais do que o mesmo rosto neutro.

Tzvi Ganel assinala que, quando as rugas são retiradas do rosto apresentado, através de retoque digital ou maquiagem, o fenômeno desaparece.

“O sorriso, como uma convenção social, é realmente visto como algo positivo, ligado a elementos de atração, saúde e também de juventude. A ideia geral é a de que, quem sorri, deveria ser visto como mais jovem. O que mostramos, de forma direta, é que se trata de um conceito errado”, diz Ganel.

“Há um paradoxo aí. Se, por um lado, o sorriso denota juventude, por outro, as rugas nos olhos fazem o rosto parecer mais velho, o que, para muitos, é algo negativo”, continua o pesquisador, citando o fenômeno do agism (discriminação etária).

No caso de pessoas com idade mais avançada, a questão das rugas nos olhos não é tão relevante. Mas, quando se trata de gente com idades entre 20 e 30 anos, esse detalhe influencia na identificação dos rostos.

Na primeira sessão do experimento, realizado na Universidade Ben-Gurion, 40 voluntários observaram 140 fotos de 70 rostos – um deles com sorriso e outro, com a face neutra. Os rostos sorridentes foram julgados como mais velhos. No entanto, após o experimento, os participantes acreditaram ter classificado as faces risonhas como mais jovens.

(dr)

-

O mesmo aconteceu na segunda fase do experimento, quando 42 voluntários analisaram 180 fotos, dessa vez com os rostos de 60 pessoas, mas com três expressões: sorridentes, neutros ou surpresos.

Os rostos sorridentes foram novamente percebidos como mais velhos do que os neutros, que por sua vez eram percebidos como mais velhos do que os surpresos. Novamente, após o teste, os participantes acreditaram ter classificado os sorrisos como mais jovens.

Apesar dessa aparente incoerência, no entanto, o professor Tzvi Ganel acredita que é melhor mostrar os dentes ao conhecer novas pessoas.

“No caso do sorriso, acho que os aspectos positivos pesam mais do que o preço que se paga em termos de idade. Mesmo que sejam percebidas como mais velhas, as pessoas são consideradas mais atraentes, quando sorriem. No caso de políticos, parecer mais velhos e experientes pode até ajudar. Numa certa idade, essas rugas passam algo muito profundo sobre a pessoa, como se ela fosse mais inteligente”.

A psicóloga e psicanalista brasileira Simone Wenkert concorda com a noção de que, mesmo “correndo o risco” de parecer mais velhos, quando os seres humanos sorriem, expressam capacidade de comunicação e abertura para o outro.

“O valor da juventude é um algo contemporâneo, não foi uma verdade absoluta ao longo da história humana. E, mesmo hoje, não é um valor em todas as sociedades. Quando você vê rugas, acha a pessoa mais velha”, diz Simone.

“No entanto, a satisfação de ver um rosto sorrindo, de alguém que se comunica, que interage, que é capaz de ter empatia, é muito importante para o ser humano”, acrescenta. “Não é à toa que se diz que olhos são o espelho da alma“.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cientistas desenvolvem holograma com som e toque iguais aos de Star Wars

Quando pensamos em desenvolver tecnologias baseadas nos filmes de Star Wars, a primeira, segunda e terceira coisa que passa pela cabeça dos fãs é a criação de sabres de luz da vida real. Mas, para os …

Secom diz que não há 'indicativo de câncer de pele' em Bolsonaro

Após o presidente Jair Bolsonaro declarar que tinha feito exame para investigar "possível câncer de pele", a Secretaria de Comunicação da Presidência disse por nota que não havia qualquer indicativo da doença. O chefe de Estado …

Evo Morales vai fazer da Argentina o seu comitê de campanha para as eleições na Bolívia

Em uma operação secreta, o ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou à Argentina de onde vai comandar a campanha do seu partido para as próximas eleições. Depois de passar quase um mês no México, …

Boris Johnson vence por ampla margem no Reino Unido

O Partido Conservador do atual primeiro-ministro, Boris Johnson, conquistou a maioria absoluta dos assentos no Parlamento do Reino Unido nas eleições realizuadas nesta quinta-feira (12/12) no país. Esse resultado eleitoral garante ao premiê o número …

Simples e atemporal, azul clássico é a cor de 2020, segundo a Pantone

A cor do ano de 2020 será o Classic Blue, um azul clássico que oferece estabilidade e conexão. Quem diz isso é a Pantone, a principal empresa de cores do mundo, que oferece o sistema …

Segredos do idioma dos orangotangos são revelados

Um novo estudo da Universidade de Exeter (Inglaterra) desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os pesquisadores passaram dois anos filmando mais de 600 horas do comportamento …

Exaustos com o Brexit, britânicos vão às urnas pela quarta vez em quatro anos

O Reino Unido está indo às urnas nesta quinta-feira (12) para o que está sendo chamada de a eleição mais importante desta era. Os britânicos estão diante de duas escolhas: apoiar o primeiro-ministro conservador Boris Johnson e …

VÍDEO da NASA revela degelo dramático das geleiras do Alasca

Vídeo recém-publicado mostra derretimento de geleiras e calotas de gelo do Alasca visto do espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos, e dão aos cientistas novas ideias relacionadas aos efeitos das mudanças climáticas …

Greta Thunberg é eleita Pessoa do Ano pela "Time"

Revista dedica capa à jovem adolescente sueca por liderar a maior manifestação pelo clima na história da humanidade e diz que mudanças significativas raramente ocorrem sem a força mobilizadora de indivíduos influentes. A ativista sueca Greta …

Companhia aérea adota copos comestíveis para substituir descartáveis

A redução do uso de plástico como medida de combate à poluição é necessidade urgente e, ainda que cada um de nós seja parte desse destrutivo consumo, é sabido que a diferença se dá de …