Está explicado por que os minúsculos cortes de papel machucam tanto

Dolorosos e inesperados – assim são os cortes de papéis que tantas vezes nos fazem sofrer. A ciência explica agora o motivo destes minúsculos cortes nos causarem uma dor tão aguda.

Fisicamente, os cortes em papel doem muito por diversas razões. Geralmente, ocorrem em partes do nosso corpo que são mais sensíveis, como os dedos, lábios ou língua.

As redes nervosas destas partes corporais sentem, com uma excepcional clareza e especificidade, sensações de calor, frio e pressão. Os cérebros dos humanos até têm áreas especializadas para receber os sinais provenientes dessas área em alta definição.

Ou seja, as requintadas habilidades sensoriais que tornam nossos dedos, lábios e língua tão bons naquilo que normalmente fazem, transformam também as lesões dessas áreas ainda mais dolorosas, explicou Gabriel Neal, médico e professor de Medicina Familiar na Universidade do Texas, em declarações ao The Conversation.

Por obra do acaso, essas áreas altamente sensíveis são as partes do nosso corpo que mais usamos no dia a dia. Por isso, cortes nos dedos, lábios e língua tendem a reabrir, nos condenando a reviver a dor de novo. E de novo.

Para piorar a situação, a profundidade da ferida é perfeita para expor e excitar as fibras nervosas da pele, sem chegar a danificá-las. No caso de lesões mais profundas, as fibras nervosas ficam gravemente danificadas e, por isso, a capacidade de comunicar a dor até o cérebro fica comprometida. Com um corte de papel, as fibras nervosas são acesas e estão totalmente operacionais.

Como minimizar a dor

Para minimizar o desconforto causado por um corte de papel, devemos lavar a lesão com água e sabão assim que for possível. Dessa forma, a possibilidade de infecção é reduzida, ajudando, ao mesmo tempo, a cicatrizar rapidamente.

Além disso, a ferida deve ser mantida limpa e, se possível, coberta com um pequeno curativo durante alguns dias para evitar a reabertura da lesão.

Os efeitos sentidos por um corte de papel são fruto da resposta mental – e, em parte, emocional – quase imediata do nosso cérebro. Essas lesões nos recordam que não importa quantas vezes façamos uma tarefa simples, pois continuamos a ser capazes de nos ferir acidentalmente de forma repetida.

Se esses cortes nos tornam mais solidários com a dor dos outros, talvez os cortes de papel até tenham algum propósito e nos façam bem. Talvez.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …