Procurador-geral dos EUA testemunhará no Senado sobre interferência russa

Gage Skidmore / Flickr

O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions

O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions

O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, comparecerá na próxima terça-feira (13) perante o Comitê de Inteligência do Senado para responder ao testemunho do ex-diretor do FBI, James Comey, sobre a interferência russa nas eleições presidenciais americanas de 2016. As informações são da Agência EFE. 

“À luz das informações que concernem ao recente testemunho de James Comey perante o Seleto Comitê de Inteligência do Senado, é importante que tenha uma oportunidade de abordar esse assunto no foro apropriado”, anunciou Jeff Sessions em comunicado.

O procurador já compareceria perante um subcomitê do Senado na terça-feira, mas os legisladores democratas anteciparam que aproveitariam a ocasião para lhe perguntar sobre seus contatos com o governo russo e sobre o seu papel na investigação da suposta interferência da Rússia.

“Previamente aceitei um convite para testemunhar em nome do Departamento de Justiça perante os subcomitês de Dotações da Câmara e o Senado sobre o orçamento do Departamento para 2018”, explicou Sessions.

“Alguns membros expressaram publicamente a sua intenção de concentrar suas perguntas em assuntos relacionados à investigação da interferência russa nas eleições de 2016, da qual eu me recusei”, acrescentou.

Sessions argumenta que o Comitê de Inteligência do Senado é o foro “mais apropriado” para esse assunto, já que esteve fazendo uma investigação e tem acesso a informações relevantes e classificadas.

Por isso, indica, está satisfeito em “aceitar o convite para comparecer perante os membros desse comitê em 13 de junho”.

O vice-procurador-geral dos EUA, Rod Rosenstein, o substituirá em seu depoimento com os subcomitês de Dotações de ambas a câmaras.

Segundo a imprensa local, Comey disse ao Comitê de Inteligência do Senado em uma sessão a portas fechadas que Sessions pode ter tido uma terceira reunião – até agora desconhecida – com o embaixador russo nos EUA, Sergei Kislyak.

Sessions se defendeu na última quinta-feira do testemunho aberto de Comey e assegurou que se desligou da investigação russa “apenas” pela sua participação na campanha do agora presidente, Donald Trump.

Assim, o Departamento de Justiça contradisse em um comunicado a versão dada por Comey, que sugeriu que Sessions deixou a investigação russa em 2 de março devido à sua participação em uma série de fatos, que por serem sigilosos, não revelou perante o público.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Um traumatizado veterano SEAL da Marinha dos EUA disse que uma viagem "mágica" de cogumelo pôs fim à sua depressão

Antes de sua primeira viagem guiada de cogumelos “mágicos”, Chad Kuske era prisioneiro de sua própria raiva no trânsito. Se um carro parasse na frente dele, ele ficava consumido pela raiva, ultrapassando todos os veículos em …

Esta espécie rara de uva é maior que um ovo de galinha

Não, as fotos de uvas gigantes (do tamanho de ovos de galinha) não são falsas. Se você passa um tempo considerável na internet, deve ter visto imagens dessas frutas atípicas por aqui. Para a surpresa …

Reino Unido anuncia novas restrições após fim do lockdown para tentar conter segunda onda de covid-19

O Reino Unido sai na próxima semana de um novo lockdown, mas, diante do aumento de casos de covid-19 no país, não entra em um período de flexibilização das medidas de distanciamento social. Nesta quinta-feira (26/11), …

Neandertais podem ter usado as mãos de maneira diferente à dos humanos modernos

Os neandertais podem ter feito um uso diferente das mãos em comparação à forma como os humanos modernos as usam, para eles seria difícil repetir muitos gestos normais para nós hoje em dia. Os dedos do …

Catarro? Som da tosse? Conheça métodos alternativos para detectar a covid-19

Desde o início da pandemia, a realização de testes para detectar a covid-19 fez-se extremamente necessária. No entanto, com o passar dos meses, instituições e empresas privadas ao redor do mundo deram início ao desenvolvimento …

Ativistas preparam protesto global contra a Amazon

Um grupo internacional de ativistas climáticos, aliados a trabalhadores de armazéns da Amazon, lançou uma campanha online global, cujo objetivo é pressionar a gigante do e-commerce a oferecer melhores condições de trabalho para seus funcionários …

Pesquisadores descobrem em cometa elemento essencial para vida na Terra

A descoberta indica que os elementos imprescindíveis para o surgimento da vida podem ter chegado à Terra por meio de cometas. Pesquisadores identificaram fósforo e flúor em partículas de poeira sólida coletadas no interior do cometa …

Consumo de plásticos explode na pandemia e Brasil recicla menos de 2% do material

Com o avanço do delivery de alimentos e do comércio eletrônico, além do maior uso de material hospitalar descartável como máscaras e luvas, o consumo de plásticos explodiu durante a pandemia do coronavírus. O aumento do …

Cientistas explicam por que não se consegue parar a pandemia

Cientistas turcos descobriram que a quantidade de vírus SARS-CoV-2 no organismo de pacientes assintomáticos é mais alta do que nos que apresentam sintomas, o que diferencia radicalmente o novo coronavírus de outros patógenos e explica …

Al-Ahly venceu Liga dos Campeões da CAF

A equipa egípcia do Al-Ahly arrecadou o troféu da Liga dos Campeões da Confederação Africana de futebol pela nona vez ao derrotar o outro clube egípcio, o Zamalek, por 1-2. A final 100% egípcia decorreu no …