Prodígio de 11 anos tem QI maior que Einstein e Hawking

(cv) The Independent

Arnav Sharma, 11 anos, QI 162

Um menino britânico de apenas 11 anos tem um Quociente de Inteligência de 162 pontos, e quer usar o seu talento para ajudar a Humanidade. Mas ainda não descobriu como.

O jovem Arnav Shrama obteve a mais alta pontuação possível na famosa prova intelectual de QI da Mensa, a associação internacional de superdotados: 162 pontos.

Segundo o jornal britânico The Independent, o resultado obtido na incrivelmente difícil prova pelo jovem, natural de Reading, no sul da Inglaterra, supera os resultados do físico Albert Einstein e do astrofísico Stephen Hawking.

Apesar de nenhum dos dois cientistas ter realizado os testes da Mensa, o seu Quociente de Inteligência é estimado pela associação, em ambos os casos, em “apenas” 160 pontos.

Arnav gastou cerca de duas horas e meia a realizar os exercícios do teste de aferição de capacidade intelectual, tendo superado em 2 pontos os dois famosos físicos. Segundo a tabela da Mensa, acima dos 140 pontos, estamos perante um gênio.

A Mensa, fundada em Oxford em 1946 pelo cientista britânico Lancelott Lionel Ware e pelo advogado australiano Roland Berril, é a maior e mais antiga sociedade de superdotados do mundo, sendo a sua admissão reservada a quem tiver um QI acima de 98%. O teste de Arnav o coloca acima dos 99%, o que garantiu a ele entrada direta na sociedade.

O resultado de Arnav já garantiu também a seleção direta para dois dos mais reputados colégios britânicos, o Eton College e o City of Westminster College, que disputam agora a preferência do prodígio de Reading.

A mãe do pequeno gênio, Meesha Dhamija Sharma, de origem indiana, assegura que Arnav não se preparou previamente para os exames, e que nem sequer tinha alguma vez visto os testes típicos da Mensa.

O pequeno Arnav tem conhecimentos surpreendentes de geografia e conhece todas as capitais do mundo. “Percebi que ele tinha uma vocação especial para a matemática aos 2 anos, já contava acima dos 100. Deixei de ensinar os números, ele continuou a aprender sozinho”, conta Meesha ao The India Times.

Nos tempos livres, Arnav joga badminton, toca piano, canta e dança. Segundo conta ao The Independent, seu sonho é usar o seu talento para trazer benefícios para toda a humanidade, mas “ainda não sabe como”.

Arnav diz que não estava ansioso ou nervoso. “O teste é muito difícil e nem todo mundo passa, por isso nem sequer sabia se ia passar. Quando disse à minha família o resultado, ficaram todos muito surpreendidos, mas também muito contentes”, conta o mais recente membro da Mensa.

Naturalmente, é sempre bom ter um geniosinho na família.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

UE exportou mais de um bilhão de doses contra Covid-19, diz Comissão Europeia

A União Europeia exportou mais de um bilhão de doses de vacinas contra a Covid-19 para mais de 150 países. Essa quantidade representa a metade das doses produzidas na Europa, de acordo com dados …

Colin Powell, ex-secretário de Estado dos EUA, morre aos 84 anos

Primeiro negro a ocupar topo da diplomacia e da máquina militar americana, ex-general teve papel de destaque na Guerra do Golfo e arranhou sua credibilidade ao apoiar a invasão do Iraque uma década depois. Colin Powell, …

Criminosos usam escaneamento por código do próprio usuário para 'sequestrar' contas do WhatsApp

Em 2019, um relatório divulgado pelo laboratório de pesquisa da empresa de segurança virtual Eset alertou que uma das formas crescentes de sequestro de contas do WhatsApp era feita por meio de um ataque conhecido …

EUA: Manobras de Trump bloqueiam investigação sobre invasão do Capitólio

Vários parceiros e associados do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se recusaram a comparecer à comissão da Câmara que investiga a invasão de 6 de janeiro de 2021 contra o Capitólio, sede do …

Dor nos olhos após COVID-19: cientistas explicam causa de complicação inesperada do vírus

Uma pesquisa de cientistas alemães mostrou que o coronavírus pode penetrar nos olhos e infectar os fotorreceptores e células ganglionares na retina. Isso pode ser uma causa de problemas com os olhos após a COVID-19. Os …

Estudo mostra como mudanças climáticas afetarão a energia hidrelétrica no Brasil

Um novo relatório publicado pela Global Environmental Change revela que, nas próximas décadas, as reduções de precipitação e vazão dos rios na região amazônica — a maior bacia hidrográfica do mundo e uma forte candidata …

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …