Rio canadense desaparece em quatro dias por causa do aquecimento global

Mbochart / wikimedia

Foz do rio Slims no Lago Kluane antes de ter ficado sem água, devido ao aquecimento global

Foz do rio Slims no Lago Kluane antes de ter ficado sem água, devido ao aquecimento global

Em apenas quatro dias, a água do rio Slims, no Canadá, evaporou completamente, desviando-se para o canal de outro rio. É o primeiro caso de “pirataria fluvial” da era moderna e a culpa é do aquecimento global.

As conclusões são expostas por uma equipe de pesquisadores em um artigo publicado na revista Nature Geoscience, onde explicam que a água do rio Slims começou a escoar para outro rio devido à alta nas temperaturas e depois de um glaciar ter derretido mais depressa do que o habitual.

O fenômeno aconteceu na Primavera de 2016 e a mudança repentina verificou-se entre os dias 26 e 29 de maio.

Efeito dramático do aquecimento global

O rio Slims chegou a ter 150 metros na sua parte mais larga e confluía com o rio Yukón, no Alaska, que se estende até ao Mar de Bering, no extremo norte do Oceano Pacífico. A água desviou-se do seu curso para o canal do rio Alsek que desemboca no sul do Pacífico.

O Slims ficou praticamente seco, enquanto o Alsek tem agora um caudal 60 a 70 vezes maior que antes.

A causa do desvio da água teria sido o fato de o glaciar Kaskawulsh, um dos maiores do Yukón, situado no noroeste do Canadá, ter derretido mais depressa do que o habitual, devido ao aumento nas temperaturas.

“Fomos para a área com a intenção de continuar as nossas medições no rio Slims, mas encontramos o seu leito mais ou menos seco. O topo delta que tínhamos navegado em um pequeno barco era, então, uma tempestade de poeira. Em termos de mudança de paisagem, foi incrivelmente dramático“, explica ao The Guardian James Best, geólogo da Universidade do Illinois, nos EUA, e um dos autores do artigo na Nature Geoscience.

“A cada dia, podíamos ver o nível da água descer“, acrescenta no jornal outro pesquisador envolvido na pesquisa, Dan Shugar, geo-cientista da Universidade Washington Tacoma, também nos EUA.

Os pesquisadores usaram então drones para investigar o que estava acontecendo no outro vale, que é menos acessível.

“Descobrimos que toda a água que saía da frente do glaciar, em vez de ser dividida pelos dois rios, estava indo apenas para um“, explica Best.

Os cientistas acreditam que é uma transformação permanente e destacam que se trata de um exemplo preocupante dos reflexos dramáticos do aquecimento global no nosso planeta.

Primeiro caso de “pirataria fluvial” da era moderna

Este tipo de evento, ou seja, uma situação em que a água muda, repentinamente, de curso, já foi descrito como tendo ocorrido há milhares de anos devido a mudanças nas placas tectônicas e a erosões.

Mas o caso do Slims é encarado como o primeiro caso de “pirataria fluvial” da era moderna provocado por mudanças climáticas antropogênicas, isto é, causadas pelo homem.

Uma análise estatística que acompanha o artigo considera que há “99.5%” de chance de que o desvio súbito da água tenha ocorrido “devido ao aquecimento durante a era industrial”, diz Best.

O desaparecimento do rio Slims já está provocando profundos impactos no ecossistema da região, tendo levado à drástica diminuição do nível de água do Lago Kluane.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Documentos oficiais mostram que a China escondeu informações sobre a Covid-19

Relatórios oficiais chineses teriam sido transmitidos à rede de TV americana CNN por meio de um informador anônimo. A investigação se chama “Wuhan files” e tem como foco o começo da pandemia de Covid-19, em …

Jovem que filmou morte de George Floyd por policiais brancos ganha prêmio por bravura

A mulher que filmou o assasinato de George Floyd pelo policial Derek Chauvin vai ser condecorada com um prêmio por sua coragem. Darnella Frazier, de 17 anos, fez o registro enquanto ia com o primo …

Remédio experimental reverteu o declínio mental da idade avançada em dias

Apenas algumas doses de um medicamento experimental podem reverter o declínio relacionados à idade na memória e flexibilidade mental em ratos, de acordo com um novo estudo realizado por cientistas da UC San Francisco. A droga, …

Bebê nasce de embrião congelado há 27 anos: quase a idade da mãe

A pequena Molly Everette Gibson, de um mês, estabeleceu um novo recorde no mundo. A garotinha, filha de Tina e Ben Gibson, nasceu de um embrião que foi congelado há 27 anos e gerado por …

Covid-19: exame pioneiro mostra danos em pulmões 3 meses depois de infecção por coronavírus

A covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, pode estar causando anormalidades pulmonares ainda detectáveis mais de três meses após os pacientes serem infectados, revela um novo estudo. Cientistas da Universidade de Oxford, no Reino Unido, …

"Hyperloop de levitação": a próxima revolução nas viagens?

Imagine viajar para o trabalho a quase 1.000 km/h, pairando um pouco acima do solo, sem barulho de motor. Pode soar como um filme de ficção científica, mas este cenário se aproximou da realidade quando o …

OMS alerta para situação "muito preocupante" da Covid-19 no Brasil

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta segunda-feira que a situação da pandemia de Covid-19 no Brasil é "muito, muito preocupante". A declaração foi dada durante uma entrevista …

NASA detecta 150 objetos voadores não identificados orbitando a Terra

Para além de qualquer especulação vaga ou teoria da conspiração, os famosos Objetos Voadores Não-Identificados – mais conhecidos como OVNIs – são uma realidade, cada vez mais documentada e tornada publica por agências espaciais como …

Reino Unido aprova vacina da Pfizer para uso já na semana que vem

O governo do Reino Unido anunciou nesta quarta-feira (02/11) a aprovação da vacina para covid-19 produzida em parceria pela Pfizer e pela Biontech e adiantou que ela estará disponível já na próxima semana. O governo comunicou …

Com 14 prêmios no Oscar do turismo, Portugal tenta se reinventar na pandemia de COVID-19

Portugal conquistou 14 prêmios no World Travel Awards 2020, considerado o Oscar do turismo mundial, na noite de sexta-feira (27). Lisboa, Madeira e Algarve foram os destaques como melhores destinos do mundo na premiação, feita …