Sapos estão passando por um período de extinção “catastrófico”

Um novo estudo liderado pela Universidade de Gante (Bélgica) descreveu uma “perda catastrófica e contínua” de anfíbios em todo o mundo.

Na estimativa “conservadora” da pesquisa, 501 espécies de sapos e outros anfíbios já foram devastadas pela quitridiomicose, uma doença causada por um fungo que viajou o mundo na esteira da globalização e do comércio de animais selvagens.

Quase 20% dessas espécies são consideradas extintas na natureza, e mais podem ser exterminadas à medida que os seres humanos destroem o meio ambiente.

A quitridiomicose é causada por duas cepas do fungo Batrachochytrium, tendo se espalhado da península coreana para o resto do mundo em um tempo espantosamente curto. A doença faz com que animais morram de insuficiência cardíaca.

Embora as duas linhagens só tenham sido descobertas em 1998 e 2013, a condição provavelmente vem impulsionando o declínio de anfíbios desde os anos 1980.

O novo estudo é o primeiro a ter uma visão global do impacto da quitridiomicose. “Havia uma necessidade de avaliar objetivamente esse impacto, que, infelizmente, acabou sendo mais grave do que o esperado”, disse Frank Pasmans, ecologista da Universidade de Gante.

As descobertas, que se baseiam em dados coletados pela União Internacional para a Conservação da Natureza, outros estudos e entrevistas com especialistas em anfíbios, mostram que a quitridiomicose causou a maior perda de biodiversidade atribuída a uma doença na história.

O fungo que causa a condição é a espécie invasora mais nociva do planeta. Além de 18% dos anfíbios atingidos serem extintos, outras 124 espécies viram suas populações diminuírem em 90% ou mais, colocando-as à beira da extinção. Apenas 60 espécies mostraram sinais de recuperação.

Pasmans observou que o pior da epidemia já passou em lugares onde a doença foi encontrada, após um pico nos anos 2000 no oeste da América do Sul, a região mais duramente atingida. Mas isso não significa que o perigo acabou. “Com a mudança global, a interação entre o fungo e o sapo pode mudar”, Pasmans contou ao portal Gizmodo.

Uma das cepas do fungo quitrídio, que afeta principalmente salamandras, também pode se espalhar para a Europa ou para as Américas, “regiões ricas em espécies altamente suscetíveis”.

“Isso deve nos fazer refletir sobre os danos que a globalização descontrolada pode causar à biodiversidade. Os anfíbios são atualmente o exemplo mais emblemático disso, mas situações semelhantes podem acontecer com qualquer organismo. Se quisermos preservar a biodiversidade, teremos que introduzir barreiras”, argumenta.

Como seriam essas barreiras, em um mundo com estradas, aviões, barcos e trens que cruzam ecossistemas?

Segundo Pasmans, a globalização abriu uma caixa de Pandora de espécies invasoras e doenças, e a mudança climática está aumentando o estresse.

O comércio global mais regulado, particularmente quando se trata de animais, poderia mitigar alguns dos riscos. Alguns cientistas até pediram a proibição da importação de todos os anfíbios para os EUA para impedir a disseminação do fungo. Intervenções mais agressivas onde o quitrídio ou outras espécies ou doenças invasivas foram encontrados poderiam oferecer outro caminho.

Se tudo falhar, podemos rezar pelo sucesso de um último recurso: “eventualmente, os sapos (pelo menos aqueles que não foram extintos) e o fungo podem aprender a coexistir”. Um artigo sobre o estudo foi publicado na revista científica Science.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Água líquida em Marte: descobertas mais reservas no polo sul do Planeta Vermelho

Em 2018, pesquisadores italianos anunciaram que haviam encontrado evidências da existência de água líquida em Marte, abaixo da calota polar sul. Agora, a equipe voltou em mais uma série de informações que não apenas sustentam essa …

Cientistas russos encontram nova forma de tratamento para covid-19

Uma equipe de cientistas russos sugeriu tratar os pacientes gravemente afetados pelo coronavírus SARS-CoV-2 da mesma maneira que são tratados alguns casos de intoxicação. De acordo com os especialistas do Instituto de Pesquisa de Medicina de …

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …