Seleção norueguesa doa parte dos salários para que a equipe feminina receba o mesmo

Ailura / Wikimedia

Jogo da seleção feminina de futebol da Noruega contra a Áustria

Os jogadores da seleção masculina de futebol da Noruega irão doar, a partir de 2018, parte dos seus salários para que as colegas da equipe feminina possam receber o mesmo valor.

Quando falamos de igualdade de gênero, a Noruega ocupa, sem dúvida, um lugar de destaque em relação ao resto do mundo e, por isso, nem o futebol fica de fora.

Para que homens e mulheres possam receber o mesmo salário quando estiverem defendendo as cores da seleção, os jogadores da equipe masculina de futebol resolveram contribuir com parte dos seus salários para que os valores possam ser iguais.

Desta forma, o valor total pago às jogadoras da seleção feminina vai quase duplicar de 3,1 milhões de coroas norueguesas (comparado com os 6,55 milhões ganhos pelos colegas homens) para seis milhões de coroascerca de R$ 2,3 milhões.

O valor já inclui as 550 mil coroas oferecidas pelos jogadores às compatriotas. O dinheiro vem também de quantias que recebem de campanhas publicitárias.

O capitão da seleção masculina, Stefan Johansen, apoia 100% a iniciativa. “Acho que é assim mesmo que tem de ser. Acho que pode ajudá-las muito. Queremos o futebol norueguês à frente. As mulheres são tão importantes quanto os homens”, disse o jogador, citado pelo jornal britânico Independent.

A mesma opinião tem a defesa do time, Tore Reginiussen: “É bom poder contribuir. Não há nada nos resultados que tivemos nos últimos anos que indiquem que temos de ter muito mais. Agora, será uma distribuição mais uniforme. Isto é importante”, acrescentou.

Por sua vez, o líder da NISO (Federação Norueguesa de Jogadores Profissionais de Futebol), Joachim Walltin, diz que é “algo muito bom para a seleção feminina, mas também para a Noruega como nação”. “Vamos ser pioneiros nesta área”, afirmou à NRK.

A diferença financeira é grande, especialmente tendo em conta que o futebol feminino possui alguma instabilidade: muitas das jogadoras ainda estudam e até trabalham.

Algumas das jogadoras norueguesas já agradeceram o gesto, como é o caso de Caroline Graham Hansen. “Obrigada por darem este passo pelas atletas mulheres. Por mostrarem igualdade e por nos ajudarem a todas, tornando um pouco mais fácil irmos atrás dos nossos sonhos”, escreveu na conta do Instagram.

Ciberia // Hypeness / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Governo argentino é alvo de roubo de 10 anos de arquivos administrativos

O governo da Argentina foi alvo de um ataque por meio de um ransonware e está com cerca de 10 anos de dados públicos sequestrados desde do dia 25 de novembro. Em entrevista, a ministra da …

Lausanne, na Suíça, é a melhor cidade pequena do mundo

A cidade de Lausanne, na Suíça, foi considerada a melhor cidade pequena do mundo pela influente revista britânica “Monocle”. A publicação fez uma lista com as 25 melhores cidades pequenas do mundo, com população …

Esse organismo unicelular toma "decisões" complexas mesmo sem um cérebro

Um organismo unicelular de água fresca chamado Stentor roeseli demonstra comportamento inteligente. Ele foi descoberto em 1906, e quando estimulado no microscópio, essa criatura com formato de trompete conseguiu tomar decisões consideradas complexas para um …

Rússia é banida de eventos esportivos mundiais por quatro anos

Decisão deixará o país de fora dos Jogos Olímpicos de 2020 e da Copa do Mundo de Futebol de 2022. Agência Mundial Antidoping (Wada) conclui que Moscou manipulou dados laboratoriais de seus atletas. A Rússia está …

Pessoas em situação de rua viram guias turísticos na Irlanda

Olha só que iniciativa maravilhosa. Na Irlanda, o projeto ‘Secret Street Tours’ treina pessoas em situação de rua para usar seu conhecimento sobre a cidade para serem guias de turistas em tours pela cidade de …

Cientistas finalmente criam neurônios artificiais

Uma equipe internacional liderada por pesquisadores da Universidade de Bath (Inglaterra) realizou um feito inédito: conseguiu reproduzir a atividade biológica de neurônios usando chips de silicone. E o que é ainda melhor: esses “neurônios artificias” requerem …

Huawei pode lançar novos smartphones no Brasil, afirma executivo

A Huawei oficializou, nesta quinta-feira, 5, uma plataforma de auxílio aos desenvolvedores para publicarem e divulgarem seus aplicativos para os dispositivos da companhia. Chamada Huawei Ability Gallery, trata-se de uma expansão do ecossistema da App Gallery, …

Metrô de Paris ficará em greve até segunda-feira contra reforma da Previdência

A greve dos metroviários de Paris contra o projeto de reforma da Previdência francesa foi prorrogada até segunda-feira (9). Nas assembleias-gerais realizadas pela categoria na manhã de quinta-feira (5), primeiro dia da paralisação, quase todos os …

"Operação Maleta Verde", o escândalo que atinge governo e oposição na Venezuela

Com semblante mais sério que de costume, Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela pelos Estados Unidos, pelo parlamento da União Europeia e por vários países da América Latina, dirigiu-se a jornalistas reunidos em …

Sarampo causou mais de 140 mil mortes em 2018

De acordo com OMS, maioria das vítimas tinha menos de cinco anos de idade e não havia sido vacinada. No ano passado, foram registrados quase 10 milhões de casos da doença no mundo. O sarampo causou …