Sem capacidade para reciclar, Malásia devolve lixo para países desenvolvidos

A Malásia devolveu 150 contêineres de lixo ilegal para seus países de origem. Entre eles estão os Estados Unidos, a França, o Reino Unido e o Canadá, anunciaram as autoridades nesta segunda-feira (20).

Segundo a ministra do Meio-Ambiente da Malásia, Yeo Bee Yin, o país não quer se transformar no “lixão” do Ocidente. Os países da região têm dificuldade de gerenciar a chegada massiva dos dejetos desde 2018.

Na época, a China decidiu interromper a importação do plástico destinado à indústria da reciclagem, obrigando os países desenvolvidos a encontrar uma nova maneira de evacuar o plástico e outros materiais. A Malásia tornou-se, então, o maior receptor. O fluxo estimado é de 7 milhões de toneladas de lixo por ano.

O Ministério “continuará lutando contra a poluição, especialmente contra o lixo plástico”, declarou a ministra à imprensa na cidade de Butterworth, que abriga um importante porto no norte do país.

A maior parte do lixo é reciclada, mas o plástico ilegal recebido inclui materiais tóxicos liberados na atmosfera, que também acabam poluindo os aterros sanitários.

Reciclagem

A capacidade de reciclagem da Malásia é bem inferior à chegada do lixo, e algumas localidades estão atoladas de dejetos. Os países exportadores e as companhias marítimas assumiram o custo do retorno dos contêineres, segundo a ministra malaia.

“Não queremos pagar um centavo. As pessoas mandam o lixo para cá, mas não temos que pagar para mandar de volta”, reiterou. No ano passado, as Filipinas enviaram, para o Canadá, uma carga contendo 60 cointêneres, depois de um longo conflito.

Segundo a Malásia, 3.737 toneladas de lixo foram devolvidos. A França receberá de volta 43 contêineres, o Reino Unido 42, os Estados Unidos 17 e o Canadá 11. O país pretende devolver em breve outros 110 contêineres – 60 deles para os Estados Unidos, acrescentou a ministra.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …