Setenta anos depois, teste de DNA reúne mãe e filha pela primeira vez

(dr) Connie Moultroup

Genevieve achava que sua bebê recém-nascida tinha morrido no parto. Mas não: foi adotada por uma família da Califórnia que mentiu sobre suas origens. Agora, mãe e filha se conheceram graças a um teste de DNA.

Quase 70 anos depois, uma mãe que achava que sua filha tinha morrido, a abraçou pela primeira vez. “Você não está morta”, exclamou Genevieve Purinton, uma americana de 88 anos, que conheceu a filha no dia 3, Connie Moultroup, hoje com 69 anos.

De acordo com o New York Times, foi um teste de DNA que ajudou a reunir mãe e filha depois de quase 70 anos vivendo separadas por um segredo: depois de dar à luz, em 1949, Genevieve achava que a bebê recém-nascida tinha morrido, mas a menina tinha sido adotada por uma família no sul da Califórnia.

Tudo começou com um teste de DNA que Connie fez. O teste a levou a uma prima que, por sua vez, a levou à mãe biológica. A mulher de 69 anos revelou ter ficado “absolutamente chocada”, ao descobrir que a mãe biológica morava em Tampa, na Flórida. “Ela estava tão feliz em me conhecer”, disse Connie, que vive em Richmond, Vermont.

Genevieve ficou igualmente chocada, uma vez que achava que sua bebê tinha morrido. Estava sozinha quando deu à luz em 12 de maio de 1949, em um hospital de Gary, Indiana, a cerca de 48 quilômetros a sudeste de Chicago.

Quando se conheceram pela primeira vez, a ligação “foi quase instantânea”, revelou a filha. Segundo Connie, ver a mãe foi quase como olhar para um espelho.

I’ve just met my biological mother for the first time in my life!!!!! What a blessed and wonderful Christmas present!!!! It’s something I’ve dreamed of my whole life….literally.

Posted by Connie Moultroup on Monday, December 3, 2018

Além das semelhanças físicas, descobriram que ambas gostavam de cozinhar e de fazer crochê. Connie foi enfermeira durante 34 anos e Genevieve revelou que essa era a sua profissão de sonho, mas nunca chegou a estudar no Ensino Superior. A mãe percebeu que o homem, que seria o pai biológico de Connie, era, na realidade, casado. Quando a gravidez começou a ser visível, Genevieve deixou a escola secundária.

Ela nunca viu a bebê. “Disseram que era uma menina, mas que morreu”, disse, que não respondeu nem pediu para ver um atestado de óbito. “Quem, aos 18 anos, pensaria em algo assim?”, questionou.

Depois de dar à luz, cortou relações com os pais e se mudou para a Flórida em 1950. Lá, tornou-se chef e ajudou a criar um dos filhos da irmã. Uma histerectomia impediu que tivesse mais filhos.

Genevieve disse que não se lembra do nome do hospital onde deu à luz Connie. De acordo com a documentação de adoção, a bebê foi entregue ao Hospital St. Mary’s Mercy, um hospital católico em Gary que já não existe.

Os documentos de adoção, que Connie recuperou da unidade de adoção e abandono do Tribunal de Menores Edmund D. Edelman, em Los Angeles, comprovam que um médico do hospital facilitou a adoção.

Naquela época, havia um “enorme estigma” sobre as mulheres grávidas solteiras e as crianças nascidas fora do casamento, disse Ryan Hanlon, vice-presidente do Conselho Nacional de Adoção.

Entre 1945 e 1973, o ano em que foi legalizado o aborto nos EUA, centenas de milhares de mulheres jovens foram forçadas a abandonar seus filhos recém-nascidos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Nuvem monstruosa de poeira do Saara é observa da espaço vindo em direção a Amazônia

  Todo os anos o deserto do Saara, lá do lado oposto do Oceano Atlântico, sopra uma nuvem tão gigantesca de poeira em direção as Américas que foi apelidada de Godzilla. É a maior destas nuvens em …

Oi? Kanye West compara vacina para COVID-19 com "a marca da besta"

Em nova polêmica, o rapper norte-americano Kanye West fez uma série de revelações sobre como ele enxerga uma possível vacina contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2). Durante entrevista concedida para a revista Forbes, o cantor também comentou …

Comentarista da CNN Brasil insinua que gays são promíscuos e ‘têm chance muito maior de ter Aids’

A CNN Brasil convidou o comentarista Leandro Narloch para falar sobre ao vivo sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), de liberar a doação de sangue por parte de homens homossexuais e mulheres transsexuais, …

China detecta rastros de coronavírus em pacotes de alimentos do Equador

A China anunciou nesta sexta-feira (10/07) a suspensão das importações de alimentos do Equador após encontrar rastros do novo coronavírus em embalagens de camarão. Os vestígios foram encontrados em contêineres com pacotes de camarão branco do …

Pesquisadores se deparam com '1º colar' humano de 160.000 anos

Fósseis de conchas de amêijoas de 160 mil anos encontradas em cavernas de Israel são os primeiros exemplares de conchas usadas como adorno no corpo humano, defendem pesquisadores. Há cerca de 160 mil a 120 mil …

A China diz ter identificado uma nova doença muito mais mortal do que o Covid-19

A embaixada da China no Cazaquistão alertou sobre uma nova pneumonia desconhecida que seria ainda mais mortífera do que o coronavírus (Sars-CoV-2) causador Covid-19, de acordo com o South China Morning Post (SCMP). “A taxa de …

The Sims ganhará reality show para premiar jogadores em US$ 100 mil

A longeva franquia The Sims, onde gamers gerenciam todos os aspectos da vida de avatares virtuais, vai ganhar um reality show. Veiculado pela emissora norte-americana CBS, a atração se chamará “Spark’d” e deve ir ao ar …

Nudes de 100 anos encontrados dentro de parede são avaliados em milhares de dólares

O senso comum sugere que as gerações passadas eram mais conservadoras que as atuais, especialmente no que diz respeito à sexualidade. Basta escavarmos um pouco a memória – ou as paredes de nossas casas – para …

Presidente interina da Bolívia testa positivo para covid-19

A presidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, revelou nesta quinta-feira (09/07) que foi infectada pelo novo coronavírus e que iniciará um período de quarentena. "Junto com toda a minha equipe, temos trabalhado pelas famílias bolivianas durante …

Após Bolsonaro tirar máscara em entrevista, ABI entra com ação contra presidente no STF

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) apresentou nesta quinta-feira (9) uma queixa criminal ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro, depois que ele tirou a máscara em uma entrevista em que anunciou …