Astrofísicos captam sinal extraterrestre misterioso

pelosbriseno / Flickr

Radiotelescópios do Observatório Very Large Array (VLA) no Novo México, EUA

O telescópio CHIME captou uma misteriosa onda de rádio a uma frequência inferior a 700 MHz, emitida a partir de uma localização desconhecida do Universo. Trata-se da menor frequência já registrada.

A primeira onda de rádio foi registrada no ano 2007 e, a partir disso, os astrônomos registraram apenas duas dúzias de fenômenos semelhantes. A origem dessas ondas de rádio geraram diferentes hipóteses ao longo do tempo, incluindo explosões de buracos negros e atividades extraterrestres, algo investigado pelos especialistas.

No entanto, uma dessas “rajadas rápidas de rádio” (“fast radio bursts” ou FRB) intriga os cientistas. As FBRs são muito poderosas e duram apenas milissegundos, mas na manhã de 25 de julho, uma dessas explosões registrou um dos mais raros eventos já detectados.

O sinal misterioso, denominado FRB 180725A, foi transmitido em frequências de até 580 megahertz, quase 200 MHz abaixo de qualquer outro FRB detectado.

Os astrofísicos acreditam que o produtor da onda deve ser considerado extremamente potente, até porque esta é a primeira emissão de rádio detectada pelo telescópio do Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment (CHIME), no Canadá.

Patrick Boyle, autor de The Astronomer’s Telegram (um boletim de observações astronômicas publicadas por cientistas credenciados) e responsável do projeto CHIME, refere que FRBs ocorrem tanto de dia como de noite e que seus horários não estão correlacionados com qualquer atividade conhecida no local de origem, nem com outras fontes notórias.

A frequência rápida e baixa dos sinais sugere que as explosões são extremamente brilhantes e têm origem em uma fonte muito poderosa, em algum lugar do Cosmos. As hipóteses incluem supernovas, buracos negros supermaciços e algumas outras fontes de radiação eletromagnética poderosa, como pulsares.

No entanto, até agora, não foi possível identificar nenhuma fonte natural. É por esse motivo que os cientistas não descartam a possibilidade de uma “origem artificial” ou, em outras palavras, uma origem extraterrestre.

O certo é que os FRBs permanecem um mistério para os astrônomos e identificar uma fonte precisa não é uma tarefa fácil. Além disso, por menor que seja o número de FRBs registrados até o momento, Christopher Conselice indicou que há, provavelmente, diversos sinais semelhantes que alcançam a Terra diariamente.

O professor de astrofísica da Universidade de Nottingham, no Reino Unido, defende que os FRBs podem chegar ao nosso planeta até milhares de vezes por dia, mas podemos não ter ferramentas suficientes para detectar todos esses sinais.

O CHIME é um radiotelescópio de última geração, pensado especificamente para detectar ondas de rádio antigas enviadas quando o Universo era apenas uma “criança”. Apesar de estar em funções há apenas um ano, o instrumento já detectou vários FRBs, incluindo FRBs de baixa frequência que surgiram logo após o FRB 180725A.

Os cientistas estão esperançosos e acreditam que esse novo (e poderoso) dispositivo ajude finalmente a detectar a origem dessas misteriosas rajadas rápidas de rádio.

Ciberia // HypeScience / Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Revelada consequência grave da COVID-19 mais frequente do que se acreditava

Novo estudo revelou que os pacientes com COVID-19 que foram internados em unidades de terapia intensiva (UTI) têm mais possibilidade de desenvolver deficiências cognitivas contínuas. O estudo de quase 150 pacientes internados no início da pandemia …

Fundo de Bill Gates investe US$ 50 milhões em robôs agricultores que poupam água

A startup norte-americana Iron Ox recebeu um aporte de US$ 53 milhões (R$ 280,5 milhões) para melhorar sua tecnologia de robôs usados na agricultura e que consomem 90% menos água que plantações tradicionais. O dinheiro veio …

Bolsonaro pede à população que tome banho frio e evite elevador

O presidente Jair Bolsonaro pediu nesta quinta-feira (23/09) à população que tome banho frio e evite usar o elevador para economizar energia elétrica. "Aqui são três andares. Quando tem que descer, mesmo que o elevador esteja …

A incrível descoberta que indica presença humana nas Américas muito antes do que se pensava

Novas descobertas científicas apontam que humanos chegaram às Américas pelo menos 7 mil anos antes do que se estimava anteriormente. As pesquisas em torno do momento em que o continente americano passou a ser povoado a …

Mianmar: Justiça americana ordena quebra de sigilo do Facebook para investigar ameaças contra rohingyas

Um juiz americano ordenou ao Facebook que divulgue os arquivos de contas ligadas de membros do exército birmanês e de milícias budistas que perseguiram a minoria Rohingya em Mianmar. A decisão, que encontra resistência …

Eduardo Bolsonaro está com covid-19

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, está com covid-19. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (24/09) por vários sites brasileiros de notícias. O próprio Eduardo teria confirmado seu diagnóstico ao portal …

Covid: o que alta em internação de idosos revela sobre efetividade da vacina e 3ª dose

As últimas estatísticas de casos, internações e mortes por covid-19 no Brasil trazem uma conclusão importante: as vacinas funcionam e protegem contra as formas graves da doença, mas algumas pessoas mais vulneráveis realmente precisam tomar …

Líder separatista catalão Carles Puigdemont é detido na Itália

Carles Puigdemont, que foi presidente do governo regional catalão durante a declaração de independência frustrada de 2017, foi detido na ilha italiana da Sardenha (oeste) nesta quinta-feira (23) após quatro anos foragido da justiça …

Por que as drogas psicodélicas estão mais perto do mercado convencional

O aumento da permissão de uso de psicodélicos como terapia promete transformar a forma como vemos o extraordinário. Foi em 1971 que Rick Doblin usou LSD pela primeira vez. Era uma tarde de sábado na Flórida, em …

Covid-19: EUA autorizam 3ª dose da vacina da Pfizer para idosos e grupos de risco

Os Estados Unidos autorizaram nesta quarta-feira a aplicação de uma terceira dose da vacina contra a covid-19 da Pfizer para maiores de 65 anos, pessoas com alto risco de contrair uma forma grave da …