Talibãs chamam EUA para diálogo direto

Os talibãs chamaram nesta segunda-feira (26) os Estados Unidos para dialogar diretamente através de seu escritório político em Doha e pediu a Washington que aceite as reivindicações do povo afegão, em mensagem incomum e após reiteradas negativas de qualquer conversa com o governo de Cabul e com seus aliados internacionais.

“O escritório político do Emirado Islâmico do Afeganistão (como se autodenominam os talibãs) chama os oficiais americanos a falar diretamente sobre uma solução pacífica para o conflito afegão”, afirmou o departamento catariano do partido insurgente em comunicado difundido em Cabul.

“Os Estados Unidos aceitarem as demandas legítimas dos afegãos e envia suas próprias preocupações e pedidos para a discussão através de um canal pacífico ajudará a encontrar uma solução”, disseram na nota.

A formação não detalhou quais são as demandas dos afegãos, mas o seu principal pedido até a data foi a retirada das tropas internacionais e o fim da invasão americana iniciada em 2001, que derrocou o regime talibã.

Os talibãs fizeram a proposta em um comunicado em resposta direta a algumas declarações da responsável do Departamento de Estado dos EUA para o Sul e Centro da Ásia, Alice G. Wells, nas quais assegurava que seu país tinha mantido a porta aberta ao diálogo com os insurgentes.

O grupo afirma que “a questão afegã não pode ser resolvida militarmente” e os Estados Unidos devem buscar uma estratégia de paz no local de guerra.

“As estratégias militares que repetidamente foram provadas no Afeganistão nos últimos 17 anos só intensificará e prolongará a guerra. E este não é de interesse de ninguém”, agrega no texto.

Há algumas semanas, o Governo afegão revelou que iniciou um processo de aproximação com facções talibãs na Turquia com vistas a iniciar um processo de paz, uma opção que de novo o principal grupo talibã, liderado por Haibatullah, rechaçou.

Os talibãs fizeram um contato inicial com o governo afegão no Paquistão em julho de 2015, mas o processo ficou suspenso poucos dias depois ao ser revelada a morte do fundador do movimento insurgente, o mulá Omar, dois anos antes.

(dr) rferl.mobi

O ‘mullah’ Omar, líder supremo dos talibãs afegãos

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …